Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe e os conselhos suspeitos de amiga da onça

rabiscado pela Gaffe, em 17.04.09

Não condeno o adultério. É ele que mantém muitos casamentos vivos e tendo em conta que um homem é só fiel na maior parte dos casos por preguiça, tenhamos, nós raparigas espertas, como um dos lemas do nosso trajecto relacional a máxima que nos diz que apenas no caso de encontrarmos o homem da nossa vida, se deve pedir o divórcio ou quebrar a ligação que nos parece estável no momento.
Até lá, brindemos com a nossa aliança eterna, enquanto dura, e sejamos felizes, pelo menos até o nosso amante nos trocar ou, então, trocarmos nós de amante, caso a rotina nos estiver a dar cabo do casamento ou da interminável relação.
Convenhamos que faz imenso falta termos sempre alguém ao lado que nos mude os pneus ou nos compre as especiarias que esquecemos no hipermercado.
Depois, sejamos sinceras, apesar de tudo é bem mais agradável uma cama aquecida por um bichinho com pêlo que não se move a pilhas, do que esperar por um Godot qualquer num leito virginal cujas únicas bolinhas que alberga são as de naftalina.
Quando Godot chegar, e se chegar, encontra-nos quentinhas!

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD