Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe e os ódios sexuais

rabiscado pela Gaffe, em 23.04.09
Odeio mulheres que quando sorriem para os homens conseguem simultaneamente repercutir esse sorriso nas braguilhas dos contemplados e aquelas que, como diria Collette, quando levantam as pálpebras é como se se despissem por completo. Odeio-as!
Temos de admitir que mulheres banais, baixinhas, despenteadas, com eyeliner mal traçado, repletas de preocupações e dedicadas até à exaustão a carreiras que só evoluem à força de intelecto, têm o sexo no cérebro que não é de todo um lugar conveniente para o ter e não ajuda em nada as promoções.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe e as cores 2009

rabiscado pela Gaffe, em 23.04.09
Dizem à boca cheia que as cores do Verão 2009 são “definitivamente” e “de todo” o amarelo mostarda e o lilás dramático.
Com o amarelo mostarda posso eu bem. É fácil identificar a cor comparando-a com as nódoas que os meus sobrinhos trazem do McDonald's. Agora o lilás dramático é já qualquer coisa que me faz alguma confusão. Não sei exactamente ao que nos conduz o “dramático” que vem colado ao lilás.
Não é a primeira vez que leio nas revistas da especialidade referências a cores que seriam identificáveis de imediato se não viessem com apêndices que as limitam a determinadas emoções ou estados ou qualquer outra coisa parecida.
Já me encantei com a saia vermelho ópera, com o casaco azul emotivo e já tropecei com a carteira preto nostalgia.
Temos de admitir que desta forma uma rapariga fica alterada e acaba por fazer figura de imbecil (sofisticada, mas imbecil) quando entra numa loja “do melhor”, na Baixa, e declara a meio do atendimento que adora aquele fabuloso soutien de renda, mas que o prefere em branco entusiasmado ou, em alternativa, em azul melancólico.
Estas pequenas armadilhas podem fazer todo o sentido no linguarejar dos grandes costureiros, mas não são, de todo, práticas e arruínam a reputação de qualquer rapariga esperta que acaba por ser vista como uma totó oxigenada (ou loiro açucareiro) com a mania que é íntima do Dior.
Basta!
O mundo seria tão mais simples se não houvesse guerra e a única cor com prolongamento fosse o esverdedo caganeira!

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD