Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe é uma menina má

rabiscado pela Gaffe, em 20.01.10
Sou uma menina má, muito má e muito feia. Não tenho actualizado este meu cantinho que fica assim despovoado e triste. O despovoamento e a tristeza, como diria a minha santa avó, são sempre consequências do desleixo.
Ando portanto desleixada. Acresce a este estado bastante desagradável um dulcíssimo sentimento de descontracção e relaxamento. O somatório é igual a namorado novo!
Uma nova relação nas nossas vidas traz por arrasto duas situações que devemos precaver:
1 – A excitação provocada pela novidade e pela descoberta pode exigir de nós um controlo demasiado complexo dos nossos ímpetos e impulsos menos angélicos, com recurso à ingestão de substâncias pouco recomendáveis a quem tem de conduzir os destinos de um coração;
2 – A mesmíssima excitação pode ser sinónimo de uma atenção focalizada no objecto da nossa paixão e convencer-nos que ao sonho feito realidade que acorda agora connosco, nada mais interessa a não a nossa nudez pura e crua e muito pouco maquilhada.
As duas hipóteses fazem de uma rapariga, não tão esperta como seria de desejar, um desleixo aborrecido.
Perco sempre a compostura e o aprumo quando aos meus pés tenho um moreno encaracolado, com ar de marinheiro naufragado e desejoso de me transformar na única ilha pequenina, mas habitável, no oceano onde se perdeu.
Não é, de forma nenhuma, uma atitude responsável e não abona a favor do meu intelecto, mas uma rapariga esperta sabe quando tem de abdicar da razão para que um outro valor maior se possa levantar sem discussões académicas.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD