Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe e os vermelhos

rabiscado pela Gaffe, em 30.01.12

 

Iris Apfel tem estado ocupada.

Entre projectar sua própria linha de jóias HSN e tornar-se o tema do mais recente documentário de Albert Maysles, colabora com a MAC Cosmetics criando uma incrível coleção de maquiagem.

Depois de trabalhar ao lado do marido na decoração de interiores e em design têxtil, produzindo numerosos projectos de restauração, com uma lista de clientes onde consta alguns dos ocupantes da Casa Branca (Truman, Kennedy e Clinton), Iris Apfel vai fazendo participações especiais em "Bill Cunningham New York" e aparições regulares no blog do Ari Seth Cohen (membro ilustre da Rede StyleList).

Com a MAC Cosmetics, Iris Apfel divaga pelas cores, escarlates ou ensanguentadas, de uma das mais poderosa colecções de charme, capaz de produzir milagres no rosto das mulheres mais exigentes e rombos nas carteiras das menos abonadas.

Mesmo assim, vale a pena espreitar e experimentar!

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe e O Cabeleireiro

rabiscado pela Gaffe, em 28.01.12

Há lugares onde é impossível não nos sentirmos perfeitas.

São geralmente espaços onde a discrição, a harmonia, o gosto mais requintado, a simpatia e sobretudo o silêncio discreto se fazem acompanhar pela competência incontestável e pelo profissionalismo quase perfeccionista de quem o rege.

Miguel Viana é, no Porto, o encontro destas características raríssimas. Um acolhimento exemplar, uma atenção imensa ao conforto, à elegância e ao desejo de encontrar, juntas, a mestria incontestável de um dos grandes cabeleireiros do país e a inteligente modernidade do homem que nos faz sentir que trazemos poemas nos cabelos.

 

PS – ... e sim, minhas caras, o Miguel é um homem lindíssimo!

Miguel Viana

Avenida do Brasil 276, 4150-Porto

 226 109 945

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe extasiada

rabiscado pela Gaffe, em 26.01.12

(foto - Inês Marques)

Boulangerie de Paris é definitivamente o local onde deixamos de perceber se podemos morrer por excesso da mais doce das felicidades ou se o Paraíso está ao alcance da boca e perdemos a alma.

 

Boulangerie de Paris

Rua Mouzinho da Silveira - Porto

R. da Sra. da Luz 286 - Porto

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe e o pormenor

rabiscado pela Gaffe, em 20.01.12

Não descure os pormenores. Lembre-se que é nos pormenores que os deuses gostam de esconder a única elegância que vale a pena existir, aquela do colar de pérolas que se esquece debaixo da camisola de gola alta.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe com Valentim Quaresma

rabiscado pela Gaffe, em 16.01.12

Conheço o trabalho de Valentim Quaresma desde que inicia a colaboração com Ana Salazar. Uma paixão difícil de apagar, com características similares as que senti com Ana Silva e Sousa no início de carreira.

Valentim Quaresma é perito na conjugação de materiais aparentemente não simbióticos. As suas peças adquirem o estatuto de escultura e a subtileza com que trabalha, unindo mecanismos provenientes de espaços díspares e quase antagónicos, provam que o acessório se pode transformar no ponto de foco e no ponto fulcral de um conjunto em que a harmonia e o perfeito encaixe de linguagens múltiplas é, não só possível, mas um facto indiscutível.

Genial na construção de narrativas através dos elementos usados, Valentim Quaresma consegue a união do melhor dos dois mundos: o da arquitectura, onde se propõe obedecer às regras estritas da construção equilibrada, elegante e racional que objectiva a funcionalidade e o design, onde a forma, mesmo quando subjugada à função, permanece inovadora. Esta aliança difícil, rara, nos joalheiros, faz de Quaresma o criador mais original do paupérrimo panorama da joalharia portuguesa, internacionalizando-a e atestando, sem sombra de hesitação, o talento português nesta área.

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe de Luís Buchinho

rabiscado pela Gaffe, em 07.01.12

Luís Buchinho não é fisicamente majestoso e não arrasta a postura arrebitada e presunçosa de alguns dos seus congéneres. É uma personagem quase enigmática, com o allure dos grandes criativos com tendência para estados depressivos e eventualmente antipáticos e carrancudos.

Esta magnífica característica é coadjuvada pela inteligência.

Buchinho é um criador indiscutivelmente inteligente e, na área onde se move, esta premissa está demasiadas vezes ausente. A perícia de Buchinho pode estar relacionada com o facto de se ter ligado à indústria muito cedo, mas ultrapassa este facto sem qualquer sombra de pecado. É um criador de elegância inteligente, aquela que une a sobriedade à inovação e anula todo o tipo de ruído inútil e quase sempre de exuberância constante nos parceiros.

O talento surge da certeza de que a simplicidade é a complexidade estruturada.

Buchinho reconhece o fenomenal resultado da conjugação de texturas, padrões, jogos de sedução, assimetrias subtis, vagas ou declaradas, e a sua geometria é quase descritiva na elaboração de peças que resultam sempre na sobrevalorização de quem as usa.

Constante no rigor e no perfume quase ordeiro de todo o seu trabalho, Luís Buchinho consegue domar a elegância mais discreta, fazendo com que lhe obedeça e se deslumbre com a capacidade criativa e a inteligência do mestre.

Um criador a seguir e a revisitar sempre que nos sentimos de alma lavada.

 

(fotos - Portugal fashion)

Luís Buchinho
Rua José Falcão, 122
4050-315 Porto
telefone/ fax: 222 012 776

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe e as sacolas

rabiscado pela Gaffe, em 05.01.12

 Sacos gigantes nas mãos de quem quer que seja?

Claro que sim, se quisermos parecer que arrastamos a tralha acumulada durante o ano em que vivemos na rua, ao som de guitarradas de metro e sobrevivendo com apanha do tomate num qualquer país onde estes proliferam.

Claro que sim, se quisermos parecer anões saídas do Senhor dos Anéis, sem cenário a condizer e sem anéis, que se prendem nas asas das sacolas e nos rasgam as sedas de Verão e as peúgas dos rapazes encartados que custaram metade do ordenado mínimo (as peúgas, que os rapazes são sempre baratíssimos).

Sacos gigantescos são o princípio do fim. Dão a imediata sensação que ou desesperamos com medo de termos a casa assaltada ou que fomos recolher o trem de cozinha vendido pela Filipa Vacondeus.

Jamais!

Os sacos e carteiras gigantes, com alças desmesuradas, transformam um homem numa espécie qualquer, ambígua e amorfa, saída recentemente do armário e uma mulher numa marafona às compras no Pingo-Doce.

Basta-nos, minhas queridas, uma Kelly-Bag. Hermès é de divina graça tratando-se do transporte de bâton e, rapazes, se não quiserem passar por patéticas criaturas assexuadas (estou comedida) usem exemplos absolutamente irrepreensíveis como aquele que tenho o prazer de vos mostrar aqui.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe e a griffe

rabiscado pela Gaffe, em 02.01.12

Depois de imensa hesitação, decidi não haver melhor forma de fazer a transição entre estas duas minhas fases bloguistas do que usar o fantástico cartaz da excelente griffe que nos faz perder a cabeça há tanto tempo.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe e o novo editorial

rabiscado pela Gaffe, em 01.01.12

Chegou o momento de reformular a linha editorial deste blog. Este, portanto, é o post de ruptura.

Dos pequenos e queridos momentos de divertimento, marotos por vezes, passamos exclusivamente a debater o que de mais fútil e frívolo existe à superfície do planeta: a imagem dos outros, as suas pequenas idiossincrasias, os seus mais subtis erros e as suas mais deslumbrantes formas de estar, as mais inteligentes propostas de carregar a vida com o glamour que se exige.

Sem qualquer contrapartida, vasculharemos todos os armários e bisbilhotaremos o que considerarmos o mais elementar sintoma de elegância para vos entregar um manancial de informação imprescindível para os que se querem sedutores, perfeitos e sem margem de erro.

Cortamos relações com as banalidade e as bagatelas que até momento nos importunavam e decidimos veementemente dar importância àquelas que vos importunam.

Não esqueçam:

Nunca cheguem como querem, venham sempre melhor.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD