Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe gere comprimentos

rabiscado pela Gaffe, em 11.06.12

Todos vós, rapazes, fazeis escolhas diferentes, mas, numa questão de fato (não! Não obedeço ao acordo ortográfico), todos deveriam soar em uníssono e deixar as mangas da camisa saltar um pouco.

Quanto exactamente? É uma das mais interessantes e inúteis perguntas que se podem fazer a quem não é especialista nestas nuances e que não passa de uma atenta observadora ao que de melhor se atravessa no caminho.

Segundo os peritos, há que ter conta dois aspectos:

1 - O comprimento da manga da camisa;

2 - O comprimento da manga do casaco.
A manga, como me parece evidente, é algo que cobre o seu braço, mas não o seu braço e a sua mão. A partir deste princípio básico, podemos continuar a nossa pequena divagação.
Note-se que as mangas de uma camisa duas vezes abotoada no punho tendem a ficar mais longas do que uma camisa com um único botão. Em consequência, as mangas da camisa com abotoadura simples vão cair sobre o punho, enquanto que as mangas de punho com abotoadura dupla o cobrem um pouco mais, quase tocando o início da mão.

Qual é o comprimento da manga correcto para uma camisa? Eis uma questão shakesperiana.

De acordo com os mesmos peritos, a camisa de punho com botão único, deve surgir 1,3 cm por baixo do casaco. A de punho com botão duplo, cerca de 2 cm.
O segundo aspecto a ter em conta é o comprimento da manga do casaco que deve sempre terminar no punho, com o braço em repouso. Desta forma, a camisa terá comprimento suficiente para espreitar discretamente.

Por favor, meus queridos, nunca demonstrem que as mangas são curtas demais deixando furar os braços, mostrando-os em todo o seu esplendor pindérico. Jamais assumam esta situação, a menos que estejam a dirigir um carro e, recordem-se da evidência, não há permissão para usar casaco durante a condução, declaram solenemente os mesmos especialistas.

Quase indiferente a tudo isto, creio que o resultado da obediência a estas regras é mais notório quando a camisa é colorida e coadjuva a imagem global.

Dos botões de punho falaremos depois, porque nós, raparigas exigentes, jamais desbaratamos de uma vez só todos os truques que trazemos na manga.  

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe muy caliente

rabiscado pela Gaffe, em 11.06.12

Nós, raparigas espertas, sabemos que vós, rapazes marotos, meninos do Rio, calores que provocam arrepios, aumentaram já a carga horária dispensada ao ginásio e que suam desmesuradamente para corrigir os pecados do Inverno e acelerar a definição dos abdominais.

Antecipamo-nos e damos uma ajudinha preciosa para que não destruam por completo o esforço dispendido.

Recusem liminarmente aquelas coisas tenebrosas, atadas à cinta por um fio de algodão, espampanantemente estampadas (motivos florais gigantescos, papagaios coloridíssimos, riscas assimétricas fluorescentes, NY fora de horas ou um luminoso paraíso tropical) que vos tocam os tornozelos e vos deixam estranhamente bronzeados. Pertencem aos petizes, ultrapassados pelas ondas da actualidade veraneante.

Sejam homenzinhos.

Assumam a vossa perdida libido e façam-nos pasmar com as sempre insinuantes propostas de D&G ou com uma das sugestões bastante retrossexuais de Louis Vuitton.

Sejam másculos, sejam machos, sejam sedutores. Passem num doce balanço a caminho do mar, com abdominais definidos com empenho e, mesmo depilados, ousem enfrentar as ondas dos nossos olhares com a magnitude de um corpo aberto no espaço, de um coração de eterno flirt, que na nossa tensão flutuante, o nosso desejo será tudo o que sonhardes.

(Dolce & Gabbana fotografia de Will Davidson)

(Louis Vuitton fotografia de Will Davidson)

No caso de subsistirem dúvidas, e desapertando o primeiro botão, sejam escaldantemente retro

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD