Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe nos tempos de cólera

rabiscado pela Gaffe, em 17.04.14

Un hombre sólo tiene derecho a mirar a otro hacia abajo, cuando ha de ayudarle a levantarse.

Gabriel García Marquez

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe à mesa literária

rabiscado pela Gaffe, em 17.04.14

Dinah Fried, enquanto estudante da Rhode Island School of Design, decidiu recriar um álbum de refeições mais memoráveis contidas na literatura. Fictitious Dishes: An Album of Literature’s Most Memorable Meals.

Das cinquenta obras escolhidas, retiro apenas uma pequena e deliciosa variedade de interpretações fotográficas de momentos culinários presentes na literatura clássica e contemporânea.

Apresentando fotografias de refeições famosas, desde o chá enlouquecido de Alice no País das Maravilhas à aguada refeição de Oliver Twist, Dinah Fried ajusta-se aos extractos dos livros que inspiraram as suas recriações e que vou manter sem tradução, porque acabam muito mais apetitosos.

Para além destas magníficas reproduções, o livro de Dinah Fried é acompanhado de factos interessantes e de anedotas divertidas sobre os autores, sobre os seus trabalhos e sobre as suas predilecções culinárias.

Um livro para despertar o apetite dos amantes da boa literatura e pratos deliciosos.

 

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS - Lewis Carroll 

Have some wine,’ the March Hare said in an encouraging tone. Alice looked all round the table, but there was nothing on it but tea.

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe esganiça

rabiscado pela Gaffe, em 17.04.14

Se a Gaffe avançar pelo quotidiano mais banal e repensar o modo como queremos que uma verdade, ou uma mentira que desejamos que passe por verdade, seja ouvida, verifica que depois de se arregalar os olhos, se esganiça.

É que esganiçamos! 
A Gaffe propõe que pensem nos momentos em que disseram a alguém no meio duma discussão, mesmo das pequeninas e com um travozito a mentira: 
Juro-te que é verdade. Mas é tudo verdade! 
Esganiçaram, podem ter esganiçado apenas um bocadinho, mas esganiçaram. A Gaffe aposta que disseram a frase a caminho do falsete ou então aproximaram-se do esganiço. Foi ou não foi? 
Este modo de dizer uma frase que pode ser dita na voz que deus nos deu, parece que fica mais credível se aflautarmos. Acontece apenas nestes casos. Como se a verdade, ou a mentira que queremos que passe por verdade, se tornasse de pedra e cal se tentássemos imitar o Nuno Guerreiro (esta linha de pensamento acaba por levar a Gaffe a pensar que o Nuno Guerreiro é uma verdadeira santa genuína quando desata a chiar. É de notar que esta é uma conclusão precipitada, consequência do mau discernimento e confusão mental que o homem provoca quando aparece desatado aos guinchos).

 

- Juro que é verdade! – Aflauta a Gaffe muito convencida. 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD