Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe na Cartier

rabiscado pela Gaffe, em 28.04.14

Dizem que todos temos um preço. Não sei se é verdade.

Gosto de pessoas que se vendem depois de nos exibirem esforços agradáveis. Daquelas que nos fazem pisar chãos de madeira cuidada e sentar em cadeiras de época. Geralmente usam intermediários de fato irrepreensível e sorriso manso. Cumprimentam-nos inclinando a cabeça, apertam-nos a mão como quem toca um recém-nascido e indicam o lugar mais iluminado de modo a desfrutarmos todo o brilho do que queremos comprar. Depois tiram das vitrinas exemplos de faíscas e de glória que podemos reter nas mãos durante instantes. Falam-nos dos preços sempre com desdém e, dependendo do disposto a pagar, vão retirando ou acrescentando luz.

 

Compramos o que pudermos, por vezes ficamos com o empregado de borla, mas é sempre menor o prazer da compra do que o sentir a oferta.

 

Não compro muita coisa! Penso mesmo que apenas pago o afago das ofertas que me fazem.

 

Seria bom encontrar gente mais cara. 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)





  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD