Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe anónima

rabiscado pela Gaffe, em 30.06.14

Estava eu muito descansadinha a mordiscar o meu croissant da manhã quando uma rapariga esperta que trabalha comigo, de quem sou muito amiga e que me pediu para manter o anonimato logo que lhe disse que ia esbardalhar tudo aqui (ai! não digas que sou eu. Parece que fico nua!) me confidenciou que não andava nada, mas mesmo nada, virada para o sexo.
Fiquei intrigada. Então a mulher tinha alguma vez andado virada para ali?! Se sim, compreendia-se as dores no pescoço que diz que a atormentam.
- Francamente! Eu quero dizer que não ando com disposição para ter sexo todos os dias. É só.
Ainda mais intrigada fiquei. Então a rapariga tem tido sexo todos, repito, TODOS os dias?! Mas isso é possível sem a gente ficar com umas olheiras sinistras e com uma canseira descomunal?!
- Às vezes, são três...
- Três?!
- Três da manhã e o homem não larga! Mas também serve para referir o que pensaste. Juro-te que já ando fartinha. Às vezes só me apetece tomar um banhinho e adormecer descansadinha. Ainda por cima não tenho coragem para lhe dizer que só tive orgasmos nestes meses todos com muito esforço meu.
- Devias.
- Devia o quê?
- Dizer-lhe. Se voltas a confidenciar-me coisas dessas, digo-lhe eu.
- E fazias-me esse favor?
- Não! ‘tás parva?!
- Não custou nada tentar.
- Devias procurar chegar a um consenso. Fazias sexo às segundas, quartas e sextas e ele às terças e quintas e sábados. Ao domingo faziam os dois.
- Olha! Não é má ideia. Achas que ele vai nessa treta?
- Se for inteligente, vai ficar muito espantado contigo e com a tua proposta e tu ficas logo livre dele.
- Enfim, não é totó de todo, mas também não é nada brilhante.
- Então vai aceitar.
- Sabes que mais? Ainda um dia te enfio o sarcasmo pela garganta abaixo.

Porquê?! Pergunto eu. Então não é uma proposta a considerar?! Um homem que faz sexo TODOS os dias, várias vezes ao dia, e que ainda não percebeu que a pobre da mulher só teve orgasmos com esforço próprio, não merece que o tratem como gente.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe no autocarro

rabiscado pela Gaffe, em 30.06.14

e a vida é bela!

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe jardineira

rabiscado pela Gaffe, em 30.06.14

Temos plantas no cérebro – diz um jardineiro de palavras.

A chegada do sol aos jardins faz com que nos apeteça criar os nossos próprios paraísos perfumadas em casa.

As estrelas internacionais da jardinagem, Tony Howard da De Plot to Pot e Benjamin Ranyard da Higgledy Jardim, juntamente com Nik Sul da Grace & Thorn, oferecem algumas pequenas sugestões ao aspirante a jardineiro de cidade. Desde os melhores legumes para crescer num ambiente urbano a um uso kitsch para as garrafas que vamos descartar, passando por um terrário fácil de executar, os nossos especialistas de jardinagem orientam os primeiros passos para o oásis urbano com que sempre sonhamos. 

É reconfortante e gratificante em ver algo natural crescer perto de nós. O jasmim cresce muito facilmente e tem um perfume absolutamente inebriante. Crie um pequeno espaço cheio de plantas em vasos de terracota. São de baixa manutenção, de todos os tamanhos e cores e conseguem viver em qualquer coisa - copos de ovos, rolhas, garrafas velhas, frascos de conservas (…). Pode até mesmo fazer um jardim vertical, usando caixilhos antigos e alguns arames. Os terrários são uma excelente forma de se ligar a natureza dentro de casa. Encha uma redoma de vidro ou frasco de pedreiro com plantas apropriadas, musgos, cascalho e casca - as combinações são infinitas. 

Às vezes, o único espaço para jardim é dentro de casa. Mesmo num pequeno apartamento as plantas são imprescindíveis. Tudo o que precisa é de um pouco de luz e de plantas certas. A jardinagem vertical é uma excelente maneira de utilizar ao máximo o espaço exterior. As paredes podem ser perfeitamente coloridas com vasos entregando ao espaço um toque exuberante. Samambaias, bromélias, cactos, ervas e até legumes, criam facilmente um jardim vertical. 

 As flores sazonais! São as estrelas rock do universo floral. Calêndulas, rúcula ou zinias, vivem pouco e morrem jovens, mas abrem um belo trilho de cor e de formas gloriosas. Na cidade, pode fazer crescer facilmente flores sazonais em pequenos recipientes, porque as raízes são geralmente apenas de seis centímetros de profundidade.

As sementes não são de todo caras, por isso pode valer a pena espalhar algumas num terreno baldio e ver o que acontece.

As cidades são óptimas para o cultivo de hortaliças! Normalmente as temperaturas são ligeiramente mais elevadas o que significa um jardim a florir mais cedo. Podemos fazer crescer um monte de salada, ervas e tomates no Verão e nos meses de Inverno folhas chinesas como pak choi, salada de milho ou rabanete espanhol. Algumas das frutas mais exóticas e vegetais como açafrão, limão, batata-doce e gengibre são fáceis de cultivar.

Olhe ao seu redor e veja o que cresce bem na sua área. Escolha as plantas que gosta e comece por aí. Pode experimentar as mais complexas mais tarde. 

Lembre-se sempre que o cultivo de flores não é de gratificação instantânea. É uma viagem cíclica a partir de sementes e flor, de flor em semente. É necessário aprender a obter prazer em preparar terreno na Primavera e semear na estação certa. Nunca compre sementes antigas e não se esqueça de um bom chapéu.

Se não tiver ficado fascinada com a proposta ou encontrar muitas pedrinhas no caminho, não desanime! Há sempre a possibilidade de suplicar ajuda ao valentão solteiro, musculado e bronzeado que passa o tempo a aparar o jardinzinho em frente.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD