Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe ajuda

rabiscado pela Gaffe, em 17.07.14

Há homens que lentamente nos ocupam. Alguns trazem palavras que sabem emudecer todas as nossas.

Há outros descartáveis. Ocupam-nos apenas os cantos das frases escritas pelo corpo ou a bainha dos vestidos que largamos.

São lantejoulas.  

 

Senta aqui, juntinho à Gaffe, rapazinho esperto e nu!

Responde à majestade daqueles que nos marcam:   

 ¿por qué no te callas?

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe aplicada

rabiscado pela Gaffe, em 17.07.14

De acordo com o que li, o ambiente de trabalho do nosso computador reflecte parte do que somos.

Preocupo-me!

Não olho para este monitor, pertença de um PC promíscuo, sem dono nem senhor, sem rei nem torre, capaz das maiores infidelidades, um D. Juan pervertido, com um passado decerto escabroso, mas lembro-me do miminho que, puro como noviça, descansa no aconchego do meu lar.

Se o ambiente de trabalho do meu computador pessoal reflecte parte do que sou, é fácil concluir que tenho um lado, no mínimo e para não me magoar muito, bastante histriónico.

Está repleto de aplicativos que uso e deixo de usar como quem atira confetis nas romarias da aldeia.

Passemos então a falar de mim:

 

Evernote - para organizar notas e capturar ideias;

Airmail - para gerir o correio electrónico;

Skype 

Fantastical - a melhor aplicação para agendamentos;

2D0 - uma aventura que me organiza todas as tarefas;

Dropbox – para partilhar lantejoulas;

 

Chrome com os seguintes plugins:

• Pocket - para armazenar artigos que quero ler mais tarde;

Evernote - para guardar artigos para futuras pesquisas;

Buffer App - raramente uso, mas é interessante para gerir as redes sociais;  

Spotify - quando estou a ouvir música com fones;

f.lux - uma mariquice fofinha. Reduz o bluelight que interfere com a produção de melatonina. Se tiver problemas de sono, este software não é uma panaceia, mas ajuda.

 

O meu smartphone é também bastante elucidativo:

 

SwiftKey - acelera o e-mail e a escrita de forma significativa;

Self-Control - a melhor aplicação para reduzir a dependência de smartphones. Podemos bloquear aplicativos em determinados momentos do dia. Em casa, por exemplo, só posso receber telefonemas e mensagens de texto - tudo o resto está bloqueado;

2Do - para gerir tarefas enquanto o dia se move;  

Kindle - para leitura durante os tempos mortos;

Evernote - para anotações rápidas;

Feedly - para seguir meus blogs favoritos;

Pocket - para ler o que salvo no bolso no meu smartphone;

BeyondPod - para gerir o que ouço;  

Lookout Security - para encontrar o meu telefone sempre que o perco. Tem alguns recursos de backup e de segurança. Se alguém tentar entrar, sem sucesso, com código de acesso errado três vezes seguidas o Lookout tira uma foto com a câmara frontal e envia-ma por mail.

 

É evidente que não uso constantemente todas estas miudezas!

Sou uma rapariga comedida e reservada e não aprecio que o ambiente de trabalho do meu computador revele a psicopata que sou nas horas vagas.

 

Depois, se não os podes vencer, confunde-os com uma avalanche de informação inútil. 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD