Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe do gmail

rabiscado pela Gaffe, em 26.10.14

MESSENGER2.jpgPara espanto da Gaffe, desde que se tornou mais visível com o inesperado destaque do SAPO - que prova desta forma e sem margem para dúvidas que é capaz de fazer um blog com uma facilidade estonteante - o seu email tem recebido algumas mensagens curiosas, algumas divinas, outras mais terrenas.

Divinas, porque só podem vir do céu as reprimendas e toda as repugnadas indignações expressas de forma mais ou menos anónima, ao abrigo de herméticos endereços electrónicos e salvaguardados pela ginástica do imaginário possível e permitido pela net que, sempre disponível, esconde a identificação do indivíduo atrás de jogos de palavras separadas por hífens minúsculos, pontos mirrados ou encriptadas aglutinações. Conveniente, mesmo até para a Gaffe.

Terrenas, porque acabam em convites mais ou menos íngremes ou apontam caminhos divertidos, demasiado carnais para que se possam considerar angélicos.

Esta rapariga não entendo os desvios que são feitos! Afinal todos os comentários, celestiais a tocar harpa ou vindos do Inferno a cheirar a enxofre, são acolhidos aqui sem réstia de censura.

Mas quem é a Gaffe para questionar as esconsas vias da mente e da demência humana?!

 

É forçada a admitir que todos lhe agradam.

 

O número não justifica uma qualquer classificação, mas se lhe juntarmos os que a Gaffe recebeu ao longo do tempo destas Avenidas, podemos com facilidade esboçar algumas interessantes linhas de força.

Recortemos os textos e com os excertos tentemos uma abordagem simplex.

 

1 - Mensagem SOS
Pertence a este grupo os desesperados apelos ressequidos, concisos, curtos, precisos:

 

- Telefona-me. O meu n.º é o 9*#&?"/@*
- Comia-te toda. Queres vir ter comigo? Espero por ti no Molhe.
- Tenho lido o que tu escreves e vi-te há uns tempos na Casa da Música. És boa como o "#%&(#"!#
- Por favor, responde-me a este mail. Sou teu fã incondicional.

 

 2 - Mensagem "MIX"
Mais longas e mais suaves, unem a poética aos aspectos rascas das missivas, resultando assim:

 

- Vi-te na Foz ontem à tarde. Tenho a certeza que eras tu porque não consegui deixar de olhar para ti. Não quero só o teu corpo, quero o teu talento e inteligência.
- És um sol sobre as sombras da vida. Tu brilhas por todo o lado e o teu corpo é uma praia abandonada onde gostava de passear. (Gosto particularmente deste!) 
- Leio sofregamente tudo o que escreves. És um óasis.

- Apaixonei-me por ti. Vou deixar o meu número. Telefona-me. Por favor. Só te vejo a ti. Até sonho contigo.

- Espero todas as manhãs poder ler-te. És o meu café com leite.

 

3 - Mensagem "PLUS"
Elaborada e repleta de referencias culturais:

 

- Não sei porque é que estou a escrever-te. Pareço Godot à espera do Nada.

- Descobri-te no SAPO e confesso que és tu que neste momento me preenche a minha biblioteca.

- A tua ironia é digna dos grandes. Às vezes fazes-me levar para a literatura francesa. Gostava muito de te conhecer pessoalmente.
- Se eu conseguisse transcrever o que sinto quando às vezes te leio! És uma Colette renovada.

 

4 - Mensagem "BEATUS"
Dos beatos e das beatas brevemente canonizados pelo Santo Padre:

 

- O teu modo de expressar sentimentos e sensações não são dignos de ser lidos e ferem as pessoas que prezam a dignidade, a Fé, o respeito e a verticalidade.
- Não gosto sobretudo do teu achincalhar tudo o que é respeitável. Aquilo que o homem tem de mais sagrado e humano.

- A sua frontalidade parece-me excessiva. Não deveria permitir-se falar de forma tão aberta sobre assuntos tão melindrosos. Devia ser mais contida naquilo que diz.

- É escandalosa a maneira como te referes aos outros como se os outros não fossem nada mais do que bonecos animados nas tuas mãos. Nem toda a gente quer-se ver assim despida. Há coisas sagradas que tu pareces desconhecer. Há gente que preserva a sua intimidade e tu não podes desembrulhar tudo assim ao léu.

 

5 - Mensagem "PIA"
Grupo a que pertencem as solidárias reprimendas:

-Nunca deverias andar à solta a brincar com os sentimentos das pessoas e com a lisura delas. Serás castigada pela vida, mais cedo ou mais tarde, mas é sempre tempo de retroceder. Estou ao teu dispor através do n.º !”%$#!?#*
- Nunca comentei nada no teu blog porque me sei superior àquilo e sei que és uma inocente. Tu sofreste. Entretanto deixo-te o meu n.º de telemóvel para caso desejares desabafar comigo. Estarei sempre a postos sempre que quiseres falar com alguém

 

A Gaffe está ponderar organizar um encontro destes seus queridos, preocupados, pios e sôfregos amigos. Todos juntinhos e em colaboração estreita e apertadinha, podem alterar a vida de pecado, deboche, desrespeito, falta de fé e de contenção, desta condenada rapariga, para além de lhes permitir rezar e combinar aconchegadinhos uma data de expiações escabrosas. 

 

Deslarguem-na, sim?

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD