Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe estrangeirada

rabiscado pela Gaffe, em 07.12.14

Jantar em casa.jpg- Mas tu tens o olhar de uma estrangeirada. - Conclui o meu pai enquanto corta a carne em pequenos pedacinhos. Abandonará a faca e, com o garfo na mão direita, debicará a refeição sem jamais a usar. Este hábito, quase um ritual, é mantido desde sempre e precede o desfazer do origami do guardanapo branco e do rodar do cristal do copo batido contra a luz.

A minha indignação absoluta e absoluto nojo frente à eventual corrupção de um político do meu país governado pelos irmãos Metralha, irritaram o almoço que deveria ser pacífico e, por exigência da minha mãe, apenas com fait-divers tontos e leves sobre os pratos.

- Exactamente, minha filha. A menina usa um olhar treinado pelo Cavaleiro de Oliveira. - Finaliza a minha mãe, molhando os lábios rosa pálido Dior em água fresca, enquanto faz rodar a aliança grossa com o polegar e deixa escapar o mais maroto dos sorrisos.  

Sempre usou este modo vaporoso e inteligente de alterar o rumo das conversas que considera inoportunas ou perturbadoras.

Faz esvoaçar nos olhos azuis uma personagem e solta-a na já desperta curiosidade dos que a ouvem, fazendo com que a procuremos situar nas páginas da obra donde foram subtraídas.

Resulta sempre.

 

A minha irmã desconhece a personagem.

 

Esconde a impaciência com o borboletear das pestanas e repentina sede. Não sabe donde surge o Cavaleiro! Se o soubesse, tinha erguido a sobrancelha e num desafio esperto de quem tem a chave do armário do triunfo, tinha disparado a pedra da funda do olhar sobre esta pobre ruiva ao lado sentada.

 

Mas eu sei!

 

Procuro na memória todos os cavaleiros que por mim passaram, todos os cavalos, todas as mulas e potros suados. Levará seu tempo, pois que cavaleiros já tenho de sobra e de cavalariças o Inferno está cheio (o meu, pelo menos, que cavalgo imenso).

- Dramático é que O Judeu partilhe igual destino, ontem como hoje. – Tinha acertado.

A minha mãe sorri, pousa a mão sobre a minha e, numa carícia cúmplice, remata:
- Sossegue... Haverá sempre Santarenos.

 

Almoçar com a minha mãe é sempre uma obra-prima.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe de papel

rabiscado pela Gaffe, em 07.12.14

 

A Gaffe de papel.gifTalvez a derradeira forma de acreditarmos que a palavra escrita no papel jamais dará lugar a um universo digital, seja a de experimentarmos o abrigo das páginas de um livro.  

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:





  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD