Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe criminosa

rabiscado pela Gaffe, em 23.12.14

Calvin and Hobbes.jpgA Gaffe decidiu ontem escapar-se num instantinho para a FNAC para desatar a procurar o livro que o mano lhe tida dito que gostaria de ler. Encontrou um único exemplar ao mesmo tempo que descobriu que as fugas precipitadas dos locais onde se tem de permanecer obrigatoriamente deixam algumas mazelas na tranquilidade e fazem com que nos esqueçamos sempre de qualquer coisa essencial ao cumprimento do objectivo da transgressão.

A Gaffe não tinha levado a carteira!

Decidiu esconder Prosa Completa de Woody Allen na estante dedicada à Literatura Francesa, mesmo atrás dos cinco volumes da obra completa de Balzac. Um esconderijo impenetrável, como é bom de ver.

Admite que não foi educada e não mostrou uma pontinha de respeito pelos outros, coisas que deviam estar ao rubro nesta época, mas depois de ter visto uma senhora pronta a cravar as velinhas de Natal decoradas com azevinho e anjinhos ternurentos nas costas dos que faziam fila na caixa da Zara Home, relativiza imenso estas incandescências.

Com o crime cometido, a Gaffe saiu discretamente da loja e já pronta a acalmar o rubor da culpa que sentia, encontrou nos corredores um pequeno estaminé onde um senhor muito simpático prometia reproduções nossas em 3D. Existia num espaço onde um scanner nos lia e enviava a informação para uma aplicação informática. Uma semana depois tínhamos um boneco igualzinho a nós em três tamanhos à escolha.

Três orgasmos de diferentes dimensões para os narcisistas.

A Gaffe ficou a pensar se não seria mais simples encomendar a este senhor simpático a estátua de Cristiano Ronaldo. Se fossem reproduzidos milhares de exemplares, todos assinados pelo herói e comercializados pelas manas, os fãs teriam a possibilidade de o comprar e de sentir o orgulho de ter Ronaldo na mesinha de cabeceira com a velinha da senhora da Zara Home a iluminar o altar. Sempre eram mais uns trocos.

Apesar de um mastodonte de três metros não ser fácil de montar, a Gaffe considera que a pose do herói facilitou o trabalho do escultor e pensa mesmo que o artista, para além de ter captado a atitude do jogador antes do livre, se preocupou também em apanhar a atitude de Ronaldo perante Irina, tendo em conta o que esculpiu no meio campo. Receia, no entanto, que a ilha se incline com o peso do paspalho e a parte que o sustenta se enfie e mergulhe, ainda mais do que o habitual, no oceano das tontices, fazendo com que Jardim escorregue borda fora ou que o outro lado da ilha, que se ergueu neste desastre, catapulte o offshore madeirense e atinja o ponto cego da visão dos senhores da Troika que os impediu de detectar o naufrágio do BES.

  

A Gaffe acaba por se sentir apaziguada com a sua consciência. Esconder um pequeno livro numa estante, é bem menos grave do que tentar esconder a mediocridade parola atrás de penedos de três metros.  

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD