Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe da gaja do Norte

rabiscado pela Gaffe, em 13.03.15

walter baumhofer.jpgÉ impressionante ver a quantidade de gente que se empolga e se descabela tantas vezes de uma forma patética com os mais pequenos acontecimentos ocorridos no universo dos blogs!

A Gaffe deu por si a apreciar a avalanche de tolices que foram escritas acerca de um artigo que faz a apologia de determinado tipo de mulheres circunscrito a um grupo específico, as gajas do Norte, erguendo-as à categoria de divas ou de deusas passeando pela brisa dos heroísmos utópicos.  

Não é credível que a autora do post o tenha escrito com o intuito de provocar uma catástrofe, tendo em conta que o artigo é mimoso e emite apenas uma opinião de carácter pessoal, limitando-se certamente a falar das experiências vividas pela própria.

Não é de todo justificado o terramoto de comentários e de posts de faca na liga, alguns tenebrosos e insultuosos, que foram surgindo e reduzindo a senhora responsável pelo crime – que não é brilhante - à condição de demente.

Causa um desconforto acrescido verificar que os incitamentos ao linchamento chegam também de criaturas que se horrorizaram perante o massacre dos jornalistas de Charlie Hebdo e choraram lágrimas de sangue, assoando o nariz de valores que mais alto se levantam aos cartazes onde proclamavam ser Charlie.

É evidente que a ameaça de bofetadas e de murros traz colada um manancial de insultos que vão desde os mais simplórios e totós – é uma tia -, até aos mais elaborados que não urge, por indizíveis, exemplificar. Esta vertente mais prosaica não interessa vistoriar, pois que sabemos o quanto é fácil atirar a pedrinha e esconder a mão cibernética.

O que intriga no lixo que foi produzido nos remoques ao artigo de opinião é perceber que alguns dos agressores são exactamente os mesmo que se insurgiram e se desnudaram perante o ataque ao semanário francês, empunhando o slogan que os identificava com os massacrados.

 

A Gaffe não acredita na vacuidade histérica das acções daqueles que condenam os actos que restringem a capacidade, a qualidade e liberdade de expressão, erguendo a bandeira imensa da indignação e da mais sofrida solidariedade com os amordaçados, mas que no aconchego do teclado vão espancando ou promovendo o linchamento dos que não sendo Charlie, vão dizendo coisas.

 

A Gaffe considera que a melhor opção, no meio das balbúrdias, é a de abrir a caixinha do pó (de arroz) e retocar a maquilhagem.   

 

Ilustração - Walter Baumhofer

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe de bata & batom

rabiscado pela Gaffe, em 13.03.15

BB.JPGA Gaffe foi desafiada a dedicar algumas palavras à BB, do blog bata & batom, no dia do seu aniversário.

Embora considere uma maçada uma rapariga ter de envelhecer, a Gaffe não pode, nem quer, esquecer de mimar esta tão especial cidadã da blogosfera que merece que a aplaudam de pé e que lhe digam que se os deuses fizessem um catálogo ela estaria com certeza na primeira página (na capa está a Gaffe, sim?).

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD