Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe digital

rabiscado pela Gaffe, em 09.05.15

layers.jpg- Seleccionas a camada, layer, onde tens a tua foto e usas linear light em blending options.

 
E o meu corpo funde-se em milésimos de segundo com o fundo negro do rectângulo onde pairam já palavras misturadas à toa, sem objectivo maior do que o de emparelhar com o mais banal dos slogans, sem a nitidez rigorosa do perfeito, sem me preocupar se ao meu lado crescem definições, aforismos ou provérbios, sem a exigência do recorte rigoroso do que é nítido, sem a evidente ou subliminar simbiose entre a minha carne e os ossos do texto. 
O meu corpo foi ali colocado em luz linear que apenas o mistura com o fundo onde, palavras e corpo, se oferecem independentes e separados pela minha inépcia informática.  
Pode o meu corpo unir-se, fundir-se com palavras, sem que nada exista como ponte, ou sem que haja o conhecimento do ponto de fusão e simultaneamente ficar externo a elas?  
Posso diluir-me no meu fundo e mesmo assim permanecer intacta?

 

Dúvidas extintas por uma dupla camada de bâton. 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)





  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD