Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe de proximidade

rabiscado pela Gaffe, em 02.07.15

Saul Leiter.jpg

Há homens que nunca entenderemos de forma límpida. Perdemos sempre a claridade que existe no que dizem e no que sonham.

A proximidade faz-nos falta. Temos a certeza que os compreenderíamos se os olhássemos nos olhos com mais frequência.  
Creio que para vivermos o que quer que seja temos de passar por quatro etapas. 

 

1. - Saber que existe aquilo ou aqueles que desejamos viver;

2 - Conhecer - ou até vislumbrar apenas - os desejados;

3. - Tocar-lhes, falar-lhes, senti-los, ouvi-los;

4. - Ser e de uma maneira ou de outra transformarmo-nos naquilo ou naqueles que queremos nossos.

 

Sem uma destas fases, o outro é imperfeito.  


Mas há homens que basta saber que existem e há um Universo inteiro que se abre.  

Sabe-los é sentir que vale a pena tudo, mesmo o mais sonhado, o mais idiota, o impossível.

Ninguém é indiferente a uma montanha pousada subitamente no espaço e no entanto aproximarmo-nos do cume de dentro do seus peitos é tão difícil! 


(Há gigantes parecidos com a lua. Apagam-se as estrelas perto deles.) 


A proximidade faz-nos falta. Somos melhor do que nós quando os temos perto.  

 

Foto - Saul Leiter

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe escanhoada

rabiscado pela Gaffe, em 02.07.15

escanhoado.jpgA Gaffe sujeitou dez dos cavalheiros que a rodeiam - número exíguo que contrasta com a multidão que de admiradores que a sufocam - a um teste matinal.

Embora tenham os dez olhado de soslaio perante o início do enunciado, libidinosos e mal intencionados, concordaram em participar no desafio tendo em conta que seria a Gaffe a avaliar os resultados.

 

Durante uma semana cinco deles teriam de se escanhoar diariamente com uma espuma de barbear escolhida por esta rapariga exigente enquanto os restantes usariam a costumeira. No final, seriam analisados presencialmente os desfechos.

 

As conclusões são as esperadas.

 

Os que se barbearam usando a espuma a que estavam habituados revelam uma claríssima diferença de qualidade na textura da pele, na sua maciez, na sua doçura, e na perfeição do cinza metálico e suave que ornamenta o queixo mais viril. Os barbeados com a espuma escolhida pela Gaffe exibem um escanhoado perfeito, macio, sedoso, uniforme e absolutamente atraente e perfumado.

 

É evidente que a Gaffe não foi patrocinada pela marca que seleccionou e esteve tentada a omiti-la. No entanto, e em nome das raparigas com pele sensível que ficam todas esbardalhadas com beijos masculinos mal barbeados, decidiu anunciá-la.

 

Rapazes, por pouquíssimo mais que três euros – na loja da fábrica os preços são irreais – conseguem adquirir o milagre aveludado e, se forem ligeiramente mais gastadores, podem obter a gama completa dos produtos dedicados às vossas matinais e higiénicas tarefas diárias.

AchBrito.jpg

 Um trunfo português.

Ach_Brito_Lavanda.jpg

 

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD