Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe florista

rabiscado pela Gaffe, em 01.09.15

flor.jpg

A Gaffe raramente se cansa das tolices dos meninos, mas a mimosa ideia masculina de cravar florinhas nas barbas respeitáveis, para além de ultrapassada, nunca foi de ganhar Óscares.

Umas barbas longas, se querem convencer que estão bem tratadas, não podem sugerir que têm estrume a permitir a floração primaveril dos pêlos.

Depois, não é de todo prático. É difícil um arranjo fazer pendant com a gravata e subsiste a dúvida se o miosótis condiz com a orquídea ou se a cor da margarida é complacente com a púrpura do Cairo.

A Gaffe sugere que os rapazes se deixem de florinhas ou então que lavrem os pêlos de modo a que os possam dedicar a uma agricultura biológica. Tomates cherry, por exemplo, perto da boca, podem constituir uma alternativa muito ecológica.

Uma outra das opções, a preferida da Gaffe, é a que desloca a floreira e - a Gaffe acredita -, é, sem dúvida, a que mais se identifica com estes meninos tão floristas.

b.jpg

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe paciente

rabiscado pela Gaffe, em 01.09.15

pac..jpgA minha paciência é uma mulher de sorriso imóvel e mudo. Usa avental branco e saias rudes de fazenda espessa, compridas e rodadas. Tem um rosto redondo e pequenas rugas fixas nos cantos dos olhos poucas vezes fixos nos que a olham e unhas sujas de terra e de descascar batatas. É ligeiramente curva e traz um xaile cinzento esburacado a cobrir-lhe a indiferença.

Cheira a sabonete.

A minha paciência faz trabalhos de casa. Cose, remenda, emenda, cozinha, esfrega os soalhos, engoma e asseia os quartos, serve o pequeno-almoço nas camas e estende a roupa depois de a lavar nos tanques com sabão antigo, cuida da louça e está atenta ao brilho das peças de prata.

É silenciosa.

A minha paciência faz as camas onde se deitam os outros. Aconchega-lhes os lençóis, murmura-lhes histórias até que adormeçam. Apaga as luzes e encosta as portas. Depois, por entre a noite, a minha paciência sobe as escadas, entra nos quartos descalça e, em bicos de pés, começa a estrangulá-los.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD