Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe proibitiva

rabiscado pela Gaffe, em 23.11.15

Shirley Temple.jpg

 

Temos de concordar. Há algumas particularidades, algumas migalhinhas, que nas mulheres monumentais ficam como jóias, mas que as baixotas não podem nem devem usar. A Gaffe enumera algumas, pois em solidariedade é muito alta.

 

Vestidinhos de noite com decotes profundos e rabonas
Nunca! Uma baixinha não pode usar uma coisa destas. Vai parecer que ainda o não vestiu por completo e que o pano que falta em cima está a arrastar em baixo. Se o vestido brilhar, então o perigo aumenta. Vão pensar que a frigideira dos ovos salpica óleo incandescente.

Penteados muito elaborados 
O sonho é ter uma bela cabeleira, muito Hayworth, muito Jessica Rabbit. Errado! Uma baixota com uma trunfa hollywoodesca parece que só começa a partir do rabo. Quanto maior for o caracol, maior vai parecer a anca.

Bijuteria espalhafatosa
Erro imperdoável. Umas rodelas nas orelhas e as baixinhas parecem um DJ já no fim de noite. Um colar mais maciço e são confundidas com degredados do século XIX a caminho das galeras. Uma carteira do tipo mala de viagem, por muito Prada que seja, faz dela servente de supermercado a arrastar batatas. Para além de fazer mal à coluna, uma baixinha tem de ser desencarcerada depois.

Tacões agulha de 12 cm
Os sapatos levam-nos a nós, nunca o contrário. Se cair, é certo, uma baixinha está mais próxima do chão, mas corre o risco de espetar o estilete na testa que fica nas imediações.

Casaquinhos de peles
Artificiais, porque as verdadeiras causam impressão - Jamais! a não ser num chá de caridade onde a baixinha se torna um bule felpudo e fofinho.

Saias rodadinhas
Inadmissíveis. Lembram-se das praias em dia de ventania? Os guarda-sóis espetam-se até ao tutano. Lembram-se dos piqueniques bucólicos de infância? Os cogumelos que por lá havia!
 
Risquinhas horizontais
A não que se queira parecer obesa ou aderir à liga anti-anorexia, estão desaconselhadas.
 
 
Em resumo, e para ficarmos por aqui de forma a não esgotar o espaço das proibições gordurosas, vestidinhos claros ou saias travadinhas, cabelo curto ou muito garçonne, discretas bugigangas, sapatinhos rasos, casaquinhos de malha fina sem xadrez ou riscas.

Uma pobreza!
 
Nota de rodapé - A Gaffe decidiu espetar diminutivos sempre que falar de trapos 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD