Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe e o Ken

rabiscado pela Gaffe, em 20.04.16

 A Gaffe não simpatiza com os metrossexuais.

 

Não é de todo agradável perceber que o rapaz que lhe prometeu no dia anterior viagens alucinantes pelo universo da masculinidade mais renhida e empedernida, lhe surge na manhã seguinte usando os cremes que lhe surripiou, escancarando as portas do armário onde se escondiam da demanda sorrateira do patife.

 

Uma rapariga fica sempre amorosa enfiada numa banheira de espuma, el cuerpo caliente, um dolce farniente sem culpa nenhum, com duas rodelas de pepino cravadas nas olheiras e a cobri-lhe a face uma pasta esverdeada que a torna, ainda que temporariamente, o Fantasma da Ópera.

Ao som de Vivaldi, a Primavera dos unguentos, das pastas, dos óleos, dos cremes, das essências, das loções, dos hidratantes, dos esfoliantes, dos depiladores, dos amaciadores, dos condicionadores, dos rejuvenescedores e de todas as outras dores que nos arrancam o tempo a pinças e tiras de cera quente, é sagrada. Jamais abdicaremos do nosso estético intervalo masoquista.

 

Não é contudo muito agradável apanhar logo pela manhã desprevenida  - em que é suposto o pequeno-almoço ser servido na cama por um matulão com a barba por fazer, de calças de pijama e tronco nu, que não se esqueceu de lavar os dentes antes de acordarmos e depararmos com esta cerimónia com um travo cliché - o susto tenebroso de termos ao lado a rígida, hirta, tesa, petrificada e esquálida face de um homem que se lembrou de estucar a cara com os cremes que usamos no aconchego da nossa mais esconsa intimidade e de vazar os olhos com as rodelas de algodão embebidas em essências que prometem a aniquilação de todas as rugazinhas que trazem pés.

Não é nada encantador, sobretudo se pensarmos que, de acordo com a Lei das compensações, se rígida está a cara do rapaz, solidificados os cremes hidratantes, é limpo que outras miudezas ficam frouxas.

 

Depois, é um desalento insípido uma rapariga ir de encontro aos peitorais de um rapagão sem que o embate seja amortecido por uma discreta e subtil almofada de pêlo ou pensar, no abrigo de um sono adivinhado, que as pernas masculinas onde se enrosca estão melhor depiladas do que as dela. A destruição do delicioso atrito causado pelos pêlos masculinos no veludo da nossa pele macia e depilada deveria ser excomungada ou exorcizada pelo Papa, repudiada pelo Dalai Lama e condenada publicamente pela Isilda Pegado - e a barba crescida não conta como atenuante.  

 

A Gaffe lamenta a ensandecida fúria, a cruzada destruidora, a guerra aberta travada nos campos de batalha de azulejo e mármore - de Carrara ou daqui perto - dos WC das suites masculinas, contra toda a pilosidade que subsiste. Perdoa aos pecadores o desertificar, o desbravar, o arrotear, o desmoitar, das costas - não vá pensar-se que gosta de peluches, - mas não absolve os homens que a fazem pensar que acordou com o Ken XL enfiado na cama.    

 

Na foto - Juan Betancourt - Tom Ford for men

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe atrapalhada

rabiscado pela Gaffe, em 20.04.16

19456755_qsymV.png

A Helena propôs-me um desafio que dá um trabalhão monumental!

Para além de ter de esbardalhar a imagem que encarna a provocação, há que referir 11 factos relacionados comigo, responder a 10 questões e apontar os canhões para uma data de blogs que responderão caso aceitem - e o convite não é de todo um ultimato - a 10 perguntas feitas por mim, perpetuando esta maldade.

 

Por muita boa vontade que tenha - e não é assim tanta - enumerar os malditos 11 factos acaba por ser repetir pormenores que estão espalhados por estas avenidas. Toda a gente sabe que sou ruiva, que morro de amor pela cozinha tradicional do Norte de Portugal, que não consigo engordar um grama mesma que passa o dia a saciar a gula, que as minhas costelas não são oriundas do mesmo país, que a minha página no Facebook durou dois meses e morreu por inanição ou que sou a irmã mais nova de dois portentos talentosos que não nos fazem sentir amor à primeira vista.

 

Torna-se  portanto mais engraçado responder de imediato às questões que me couberam em sorte.

1 - Primavera ou Outono?

Disseram-me um dia que existem pessoas noctívagas que contrastam, ou completam, as que são luminosamente diurnas e dentro deste último grupo, vivem as que se acomodam apenas à manhã e as que pertencem à tarde. Provavelmente as estações dividem de igual forma.

Seja como for, sou claramente do Outono e, contrariando o poeta que quer fazer comigo o que a Primavera faz às cerejeiras, escolho frutos secos.

 

2 - Qual é o teu passatempo favorito?

Creio que não tenho tempo para passar! O tempo passa por mim sempre a correr.

Se tivesse de escolher um passatempo, passava o tempo a admirar a pressa com que o tempo passa.

 

3 - O que fazes quando ninguém te vê?

Cometo crimes! Bocejo sem colocar a mão na boca, arranjo as copas do soutien e tiro as cuecas do rabo. Às vezes aproveito e canto como uma tresloucada ao som do primeiro chuveiro que encontrar.

 

4 - Uma memória feliz.

O meu avô.

 

5 - Um sonho ainda por cumprir.

Aquele que sei que não se cumprirá jamais. Não tem importância se continua um sonho.

 

6 - O que farias se soubesses que de certeza corria bem?

Atirava a Joana Vasconcelos para cima da Margarida Rebelo Pinto e esperava que depois o resto corresse mal. 

 

7 - Quem te põe um sorriso nos lábios só de pensar (nessa pessoa)?        

Apenas duas criaturas conseguem que abra sorrisos na alma dessa forma: o meu rapagão e o meu Gigante. Os sorrisos são diferentes… o primeiro, normalmente acaba num suspiro ou numa pequena morte abençoada, o segundo principia na saudade.

 

8 - filme ou música que te tenha marcado.

Não sou muito propensa a ser marcada pela música e nunca fui de fitas.

 

9 - Qual seria o próximo destino de férias ideal?

Férias?! Onde?! Em Petra!

Já retirei da mochila o meu Iphone e o meu Ipad, não vá passar por refugiada.

 

10 - O que tens sempre contigo?

A vontade de viver.

              

É chegada a altura de imolar algumas das minhas companheiras de infortúnio - os meninos desta vez ficam de fora. Sublinho que estas nomeações não vinculam ninguém, mas seria muito interessante ouvir a Filipa, a Catarina, a MJ, a Maria Araújo, a Fatia, a Magda, a Neurótika, a Mula, a Azulmar, a Miss X e a Sara a responder a isto!

 

1 - Quais são, segundo os teus critérios mais íntimos, as três palavras mais belas da Língua Portuguesa? 

2 - Quem escolherias tu para Presidente do Mundo?

3 - Dos teus cinco sentido, qual o mais e o menos importante para ti? Porquê?

4 - Qual (e justifica a escolha) o blog que levarias contigo para uma ilha deserta?

5 - O que farias se fosses invisível durante 24 horas?

6 - Qual seria primeiro Decreto que assinarias se fosses uma Ditadora implacável e impune?

7 - O que defendes com paixão, mas que na realidade nunca te preocupou grande coisa?

8 - Escolhe um(a) amigo(a). O que dizes quando falas nele(a)?

9 - Escolhe UM dos teus blogs favoritos. Qual seria o presente ideal que lhe oferecerias?

10 - Qual foi o primeiro pensamento - sério - que tiveste hoje ao acordar?

 

Minhas queridas, resta-me desejar-vos trambolhões de paciência.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD