Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe despropositada

rabiscado pela Gaffe, em 16.05.16

manhã.jpg

Tédio despropositado.

Os meus lençóis agarram o meu cheiro e a minha nudez espalhada é indiferente ao espelho.

 

A minha cama sempre pareceu um ninho de um bicho espalhafatoso e exuberante! Nunca consegui dormir de forma calma. Envolvo-me e rebolo no sono e no sonho e destruo a primorosa obra das manhãs tardias em que os lençóis se dobram, se alisam, se amaciam, se distendem, se prendem e engomados dispersam o perfume lavado dos amanheceres mais claros.

 

Mas hoje acordei e tudo era perfeito. Como se ninguém tivesse dormido na véspera. Como se fosse dia de amante noutro lugar amado. Nenhum vestígio de inferno, nenhum cataclismo surdo e mudo e inconsciente. Nenhum tumulto, nenhuma multidão amorfa de panos misturados e confusos.

 

Em mim o tédio invade até as noites e faz morrer as ondas do meu sono. Durmo na planura da indiferença e na quietude apática dos tristes.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe com passado

rabiscado pela Gaffe, em 16.05.16

g.gifSegundo Oscar Wilde, o ideal provém da simbiose de mulheres com passado e homens com futuro.

 

A Gaffe, embora inclinada a concordar, não pode deixar de anotar a incongruência. O futuro de ambos está sempre nas mãos de uma mulher com passado. Mulheres que oferecem apenas o presente, normalmente deixam que o futuro seja moldado por homens.

 

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD