Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe de soslaio

rabiscado pela Gaffe, em 20.07.16
 

1.gif

Uma das situações mais constrangedoras vividas pela Gaffe é aquela que a enfia no elevador com um rapagão desconhecido, mas de fazer pecar a Madre enclausurada das Serviçais Ceguetas do Imaculado. A Gaffe fica com os nervos arrepanhados quando o homenzarrão olha de soslaio e a apanha a fazer o mesmo. Este catrapiscar quando se repete de forma suspeita faz com que a Gaffe se eleve até ao décimo andar, mesmo tendo de sair no terceiro.

 

É uma situação tenebrosa, mas mais frequente do que se imagina e pode acontecer em qualquer lugar onde somos obrigados a ficar paradas. Normalmente acaba num sorriso amarelo e simpático, mas há ocasiões em que nos apetece atacar e estraçalhar a roupa, como se fossemos cães raivosos, daqueles que se babam enquanto arreganham os dentes ou que têm blogs que se resumem a comentar o que se diz por aí, por ali e por aqui.

 

Estes olhares de soslaio são intrigantes e fazem a Gaffe desesperar de hesitação. Nunca sabe se o rapagão ao seu lado está tão inibido como ela ou se, pelo contrário, o que ele quer, já ela sabe, porque quer o mesmo que ele, só que nenhum sabe se coincidem na oportunidade do desejo.

 

Às vezes a Gaffe pensa que se não seria melhor termos uma sirene encastrada – UUUUIIIIIIIIIIIIIII ... ... -  que disparasse quando nos cheirasse a flirt. A Gaffe suspeita que andaria a apitar por tudo quanto era canto, mas, pelo menos, evitavam-se estas trocas de olhares embaraçosos que dão com a Gaffe em doida toda corada e constrangida, à espera que se rasguem as vestes no primeiro solavanco do elevador.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:





  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD