Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe petraficada

rabiscado pela Gaffe, em 01.08.16

borbol..gif

A Gaffe prepara-se para dentro de poucos dias encetar as suas férias, hesitando no destino que lhe deram os que tratam da maçada que é marcar hotéis e dominar papelada.

A verdade é que Petra deixou de ter o atractivo que brilhou aquando da eleição.

A Gaffe receia escavacar e esburacar aquilo tudo com os tacões agulha dos seus Manolo Blahnik e ficou desiludida quando soube que os templos ainda não tinham sido transformados em hotéis de charme. Acresce que teme que logo após a sua visitinha, desabe sobre as pedras a catástrofe. A Gaffe recorda ainda a tragédia que tombou sobre a Madeira poucos dias de a ter abandonado, quando o deputado José Manuel Coelho escaqueirou o hemiciclo com as suas cuecas parlamentares.   

 

Há contudo um pormenor que a cativa.

 

Petra é propensa a meditações.

A Gaffe há já algum tempo que decidiu voltar-se para si, para o seu interior, para o seu Eu mais profundo, para a descoberta do sentido da vida e da morte, para o transcendente e para o Altíssimo.

Esta rapariga quer voltar mais intimista, mais altruísta, mais meia-maratona cheia de laços, mas voltada para as causas humanitárias, mais a olhar para os pobrezinhos, mais doce, mais purificada, mais caseira, com mais fotos da sobrinha, com mais fotos de piqueniques e de chás a fumegar de caridade, com mais descrições da felicidade que todos merecemos, repleta de borboletas e com muitos mais apelos à solidariedade humana.

 

A Gaffe coloca mesmo a hipótese de abandonar estas Avenidas e criar um novo, amoroso e delicado blog onde se espalhará esta sua inovadora faceta de mulher-dádiva, de mulher-família abençoada, de mulher-solidariedade, de mulher voltada para exterior dorido, capaz de se tornar lenitivo para as agruras do quotidiano dos mais infelizes com a sua visão positiva e energética, capaz de se esbardalhar a correr por causas justas e cãezinhos abandonados.

 

A sua equipa de apoio forneceu já algumas sugestões para o nome deste seu renovado alojamento. Embora tenha tido de correr à paulada alguns dos seus criativos – a Gaffe ainda não está mergulhada no pacifismo que se requer, - esta rapariga reconhece que a boa vontade começa já a brotar do chão alcatroado destas secas Avenidas. Cáca na Dodot ou O Puto Borrou-se são alvitres a considerar, pese embora o primeiro caso traga dentro uma indirecta publicitária que não é apropriada sem retorno financeiro.

 

Petra será sem dúvida o lugar de renovação e certa epifania. O local de onde a Gaffe ressurgirá avessa a qualquer quezília de somenos importância e capaz de acolher sem sombra de irritação uma Coimbra de capa negra e anónima que num comentário enigmático e minimalista lhe chamou puta.

A Gaffe reconhece que perante a chafurdice inimaginável que acontece no blog Jugular - a Gaffe não faz um link porque receia ter depois de apanhar com os Artigos da Constituição da República e os do Código Penal, a par de um manancial de impropérios do tamanho e força dos crocodilos do Nilo - envolvendo Fernanda Câncio à estalada a outros jornalistas de reconhecido nome e créditos firmados como opinion makers - e o vice-versa nunca foi tão respeitado, - o epíteto com que a brindaram não passa de um miminho de criança fofinha cuja foto se publicará no blog a incubar.

 

Volta Maria José Portugal Portugal! Voltem todas as psicóticas até agora perseguidas por esta rapariga maquiavélica e usurpadora de talentos!

 

Desde que não petrafique, a Gaffe tornar-se-á a dona-de-casa das meias-maratonas solidárias.

 

* Post escrito em parceria com o o Instituto de Entomologia de Glasgow

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD