Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe a latejar

rabiscado pela Gaffe, em 30.06.17

1932.jpg

 

A Gaffe, de quando em vez, e lê os jornais e e vê os bonecos. A Gaffe, de vez em quando, está atenta ao latejar do seu país

 

É uma atitude que a maça imenso, mas que considera essencial para seu crescimento intelectual - coisa que, como é sabido, eleva qualquer um, apesar de ser mais interessante ver a chuva a cair e gatinhos a miar na rede.

 

Num destes batimentos auscultados, a Gaffe ouviu Passos Coelho a exigir sentido de Estado aos governantes, pouco tempo depois de ter anunciado suicídios em Pedrogão. É evidente, meus caros, que Passos Coelho se referia a ameaças de suicídio e não aqueles que só aconteceram porque um malandreco exagerado se lembrou de os inventar. Não se pode olvidar – a Gaffe estava ansiosa por usar um termo parlamentar! – que Passos Coelho sempre foi um visionário, um profeta disfarçado de estadista. Tendo em consideração a cinza que caiu nos móveis, que dá vastíssimo trabalho a limpar, uma paisagem toda cinzenta pela frente sem uma única piscina a funcionar no verde de uma espreguiçadeira, será bom de ver que depressa deprimimos. É evidente que o sentido de Estado pode e deve anunciar o que prevê após os factos ocorridos e que pode mesmo lembrar, caso ainda não seja projecto das vítimas, que o suicídio de uma criatura já calcinada por dentro pode ser mais uma belíssima oportunidade para arrasar a Constança. Se os suicídios não ocorreram e não existe previsão de tal, podemos sempre recorrer a um paspalho que nos mentiu e cravar no lombo do diabo um belíssimo e tão jeitoso foi ele que me disse, que pode ser usado também quando Passos Coelho de sorriso careca acarinha mimosamente o eucaliptal desgarrado, ilibando o pobre de incendiárias responsabilidades. Toda a gente sabe que o eucalipto é uma plantinha fofa, com características que não assustam nada e que só arde se a Mariana Mortágua a irritar muito. Passo Coelho sublinha o facto com veemência, ateando a botânica que lhe dizem.

 

Convém no entanto reter que este acreditar duro e puro naquilo que se ouve pode, não raras vezes, produzir benefícios.

A menina finalista que sabia de antemão, por fuga de informação de uma comuna sindicalista, que o seu exame contemplaria Alberto Caaaaaaaeiro, acabou possivelmente muito orgulhosa com a classificação que obteve, embora a Gaffe acredite que quem pronuncia Caaaaaaaeiro ao nomear um heterónimo do poeta, dificilmente lerá com rigor a pauta – ou a pôta? - onde se esbardalha a sua vigarice recompensada. Como será bom de ver, tornou ao mesmo tempo dificílima a localização da responsável pelo crime, tendo em conta que, para quem diz Caaaaaaeiro, todos os sindicalistas são comunas.

 

A Gaffe - para finalizar, que tudo isto é uma maçada -, sublinha que, contrabalançando estes extremos ocupados por um dito descompensado e um feito recompensado, podemos encontrar no meio Salvador Sobral. Foi lamentável o rapaz não ter dito e feito, colocando o microfone no rabo, gaseando as suas dúvidas, mas a verdade é que até esta pobre rapariga se debruçou estúpida, parva, imbecil, a cheirar uma mentirinha musical.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


17 rabiscos

Imagem de perfil

De Cecília a 30.06.2017 às 11:22

eucaliptos e flatos, coelhos e pautas, (...)

mas que jornal e café com cheirinho que para aqui vai ;)


só faltaram as bonecadas rosa sobre as mayas e deslandes e gemeos da bola
Imagem de perfil

De Gaffe a 30.06.2017 às 11:38

:)
É verdade.
Ainda não li essas últimas. Sou uma rapariga muito lenta.

(o que são deslandes?!)
Imagem de perfil

De Cecília a 30.06.2017 às 11:41

cantoras e mães que se fotografam ao espelho no período pós parto
Imagem de perfil

De Gaffe a 30.06.2017 às 11:44

Ah!
Não ligo a essas. Só aos gémeos do Ronaldo (sempre achei que o rapaz tinha boas pernas).
:)
Sem imagem de perfil

De Miguel a 30.06.2017 às 14:19

A esquerda caviar mete-me nojo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 30.06.2017 às 14:41

A mim também, caro Miguel. Um horror.
Todos os dias me enojo comigo. Um enjoo. Só não penso que estou grávida, porque não posso.

:))))
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 30.06.2017 às 23:16

AHAHAHAHAHAH

(acabei de dar uma gargalhada que foi ouvida pelos meus vizinhos do rés do chão... )

És impagável, mulher!

;)*
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.07.2017 às 09:34

:)))
Podes sempre dizer que a responsabilidade é minha.
:)))
Imagem de perfil

De Kalila a 30.06.2017 às 19:51

Assim que os incêndios foram apagados incendiaram-se susceptibilidades...
Imagem de perfil

De Gaffe a 30.06.2017 às 21:05

É verdade.
E eu tento tanto apagar a a minha tendência "eucaliptal"!
Imagem de perfil

De Corvo a 01.07.2017 às 17:45

Estou deveras impressionado, mas se calhar nem devia estar.
Extrema majestade elegante no cruzar de pernas da senhora, posição de uma rainha que sabe ser e estar.
Bom fim de semana.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.07.2017 às 09:33

Não imagina como a elegância é por vezes tão incómoda. Este cruzar de pernas é tão desconfortável!
Imagem de perfil

De Corvo a 03.07.2017 às 13:03

Por acaso e por conhecimento, imagino sim senhor.
Mas a elegância da postura de uma senhora que o sabe ser, paga-se muito caro. Ou melhor; é-lhes tributada por um alto preço
A não ser assim todas eram elegantes, era?
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.07.2017 às 14:47

Provavelmente tem razão.
Em relação aos homens? qual é o preço da elegância? de que elegância estamos a falar?
;)
Imagem de perfil

De Sr. Solitário a 03.07.2017 às 17:05

Querida Gaffe, não dá para comentar o teu post de hoje! Fizeste de propósito! Logo eu que já estava todo empolgadíssimo para participar!
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.07.2017 às 18:19

Oh! Mas tens de participar! O prémio é uma delícia, fica bem em cima de qualquer coisa e se não for propriamente do nosso agrado, podemos sempre oferecer a uma amiga.

:)

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD