Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe assustadíssima

rabiscado pela Gaffe, em 16.10.15

gaffe.jpg

 

A Gaffe recebeu uma inusitada visita de anónimos que acharam por bem deixar por estas Avenidas palavras sábias de aconselhamento.

Destaca dois, porque os pseudónimos que escolheram albergam um je ne sais quoi de poético, remetendo-nos para impérios bizantinos ou recambiando-nos para a decadência de Leste.   

 

O Teodoro, comentador esporádico de alto gabarito, declarou saber o que nós - A Gaffe supõe que o plural é majestático - precisamos. A necessidade apontada poderia claramente ser suprida pelo Teodoro - que deve já ter o que sabe que nós precisamos cravado no rabinho há algum tempo - não fossem as nossas exigências de qualidade, a nossa capacidade de resistir à náusea, o prazo de validade e a urgência de microscópio para avaliarmos o estado de conservação.

Caríssimo Teodoro, o menino jamais conseguirá vislumbrar aquilo que uma mulher precisa. Há homenzinhos, elegantíssimo Teodoro, mui nobre e valente comentador, que nem com o advento do sonoro são capazes de participar no filme de uma mulher.

A impotência torna-se ainda mais amolecida quando supõe que aos outros faz falta o que não se consegue dar.

 

A Ivana afirma que os portugueses não estão interessados na verborreia da Gaffe.

Uma verdade. Uma cósmica verdade.

A Ivana considera interessante vir dizer à Gaffe que os portugueses não têm interesse no que a Gaffe diz. A Ivana, como anteriormente se insinuou, nasceu no estrangeiro.

Aconselha, a Ivana, como paliativo, que a Gaffe arranje uma vida, já que não tem que fazer.

A Gaffe sempre sentiu que o verbo arranjar lhe soa a trabalho, a suor e a lágrimas. Prefere continuar a não ter que fazer e sugere à Ivana que siga este trilho. Deve ser desgastante, sábia seleccionadora, ter de pensar todo o instante em dizer apenas o que os portugueses estão interessados em ouvir, como patrioticamente provou que faz.

 

A Gaffe previne os seus comentadores incógnitos que comprou um cãozinho. Não é propriamente uma fera a temer, mas adequa-se à conjuntura presente, aos interesse de Portugal - dos pequeninos -  e a estatura dos interlocutores anónimos desta rapariga necessitada e sem nada para fazer.

 

Béu-béu-béu.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


56 rabiscos

Imagem de perfil

De Cinisga a 16.10.2015 às 15:44

A Gaffe a dar importância aos anónimos, é isso que eles querem, importância!
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 15:49

Não, minha querida amiga.
Dou importância ao que me diverte e tinha de arranjar forma de vos mostrar o cãozinho.
:)
Imagem de perfil

De Cinisga a 16.10.2015 às 15:55

Sim é sem dúvida um post divertido, aliás como quase todos. É esse o problema dos anónimos, não sabem lidar com o sucesso dos outros! ;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 15:57

Estas Avenidas não são um sucesso. Teríamos de arranjar outras razões. Não o façamos.
Imagem de perfil

De Cinisga a 16.10.2015 às 15:58

Fazem sucesso que a Gaffe quer, porque ela sabe que poderiam ter muito mais se assim o quisesse ;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 16:05

Tão gentil!

Mas não é de todo acertado. O sucesso é "coisa que não me assiste".
;)
Imagem de perfil

De Cinisga a 16.10.2015 às 16:28

É uma coisa que se nota, porque de outra forma não manteria o anonimato! ;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 16:56

Não sei se percebi, mas, seja como for, és de uma amabilidade tocante.
Imagem de perfil

De Cinisga a 16.10.2015 às 17:36

Queria dizer que se a Gaffe quisesse sucesso não usaria um pseudónimo!;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:43

Não sei.
Se usasse o meu nome era capaz de não dizer tantas tolices.
O meu sucesso é ter-vos a passear nestas Avenidas.
Imagem de perfil

De Cinisga a 16.10.2015 às 17:47

Compreendo talvez não te sentisses tão à vontade... mas sim, para mim és um sucesso, adoro andar por aqui!;)
Imagem de perfil

De Ana a 16.10.2015 às 15:48

Como é que alguém diz ao autor de um blog que este não tem mais nada que fazer do que dar opiniões no SEU blog (repito, SEU) e depois vai ele(a) próprio(a) gastar o seu tempo a ser desagradável nos blogs dos outros? Eu diria que ele(a) também deveria arranjar o que fazer. Há cá gente fascinante pá...
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 15:53

Não tem importância. São apenas ... coisas que acontecem.
Imagem de perfil

De Jhonny M. a 16.10.2015 às 15:51

É caso para dizer: Há gente estranha, não há?
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 15:54

Há, meu querido, há gente muito estranha.

(O menino é tão interessante no erguer de sobrancelhas!)
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 16.10.2015 às 16:29

Minha querida amiga, como dizia uma tia-avó, "o que vem de baixo, não me atinge!", e essa gentinha, por muito que se esforce, não te chega aos calcanhares.
A única imagem que tenho deles, é aquele "boneco" da pessoa indolente, gorda, em roupa interior, sentada num sofá, de portátil ao colo, que se esconde por detrás de um anonimato tão sujo como a camisola de alças branca com nódoas do hamburger de há 15 dias!
Um nojo de gente!
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 16:55

Valha-me Deus! Tu és tão gráfica. A imagem que criaste é tenebrosa.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 16.10.2015 às 17:11

é tenebrosa como essa gentinha. a cobardia é tenebrosa.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:12

É um abismo. Tropeçando nela ou caímos ou arranjamos asas.
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 16.10.2015 às 17:15

Mas sabes que esses anónimos se julgam uns heróis, uns justiceiros. Só é pena não fazerem isso cara-a-cara, porque desses confrontos eles fogem. Tenho aqui uns "protótipos" desses...falam nas costas mas evitam confrontos. Juro-te que me diverte o medo que têm de mim.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:34

Sabes que eu penso que não há maior nudez do que o anonimato deste tipo?!
Imagem de perfil

De Neurótika Webb a 16.10.2015 às 17:52

Acredito que sim. Essas pessoas ao agirem assim, expõem o vazio de que são feitos.
Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 16.10.2015 às 16:39

O Teodoro e a Ivana fizeram-me rir. Ou terão sido vocês (as Gaffes)?
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 16:54

Fomos nós. O Teodoro e a Ivana são deprimentes.
Sem imagem de perfil

De Paula a 16.10.2015 às 16:45

Toca a promover um encontro entre o Teodoro e a Ivana! No fim do mesmo decidem casar-se num impulso, bizarro, como só eles!
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 16:53

Excelente ideia!
Pena será o sofrimento de duas casas estragadas.
Sem imagem de perfil

De Paula a 16.10.2015 às 16:55

Nada disso! Só se estragará uma casinha!
Sem imagem de perfil

De Paula a 16.10.2015 às 17:00

Peço só cuidado especial com o (magnífico) cão! Não me esqueço de ter visto num filme (ai, o cinema) a possibilidade de uma pessoa se sentar num sofá, sem querer, em cima do dito por ser pequenito (a Kristin Scott Thomas nunca mais recuperou da perda!)!
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:07

Há uma senhora obesa que esmagou o pincher ao sentar-se no sofá onde o pobre dormia. A senhora não consegue parar de chorar por não saber do paradeiro do bicho. Não percebe que o traz colado ao traseiro.
:)))


(É mentira)
Sem imagem de perfil

De Paula a 16.10.2015 às 17:09

Que classe! :-)))
Imagem de perfil

De Varufakis a 16.10.2015 às 16:56

béu-béu-béu! És uma fera!

Vou deixar de vir aqui, não começar a sofre de uma qualquer amolecimento estranho!
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:02

Não arranje desculpas para não me vir visitar.
Esta menina aguenta com um desgosto.
Imagem de perfil

De Varufakis a 16.10.2015 às 17:03

Eu até aceito que tu saibas lidar com o desgosto, eu é que não sei se conseguirei lidar com um amolecimento fatal!
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:09

Não acredito que, em si, seja fatal.
Imagem de perfil

De Varufakis a 16.10.2015 às 17:11

Também eu faço votos que a menina tenha razão e qua existir algum amolecimento, que esse não seja de todo definitivo e dessa forma não se torne fatal.

Mas a menina terá de prometer que segurará a fera de modo a que não me assuste o bicho!
temos acordo?
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:14

Prometo que não permito que o bichinho estique muito a trela...
Imagem de perfil

De Varufakis a 16.10.2015 às 17:17

Temos portanto um acordo, farei todos os possíveis para que também o meu bichinho não se espalhe e com isso possa vir a sofrer de um tal amolecimento fatal.

Há que prevenir todas e quaisquer fatalidades.
Imagem de perfil

De M.J. a 16.10.2015 às 17:29

promete que me ensinas a fazê-lo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:33

Um piano nas trombas. Resulta no início. Depois é manutenção.
Imagem de perfil

De M.J. a 16.10.2015 às 17:34

fantástico.
vou usar isso.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:39

Só tens de ter cuidado com as teclas. Do piano e do domado.
Imagem de perfil

De Corvo a 16.10.2015 às 17:03

Eh eh...
O Fascinante mundo da Net.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 17:08

Não é fascinante, meu querido Corvo.
É apenas a parte suja.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.10.2015 às 18:34

é sempre interessante ver alguém dizer para outro ir trabalhar quando o próprio nada faz... Leia-se no primeiro alguém as duas personagens que deram azo a este magnifico texto.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 19:59

Paradoxos fofinhos.
Sem imagem de perfil

De me a 16.10.2015 às 18:38

Oh diacho. Tb tu brutos. Mas o q se passa? É a revolta dos anónimos mauzoes.
Eu gosto mto de ter, mm com textos grandes, q sao uma "canseira" de se ler no telemóvel (é q isto n é assim tao grande e a minha vista já n vai p nova :p)
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2015 às 19:58

Eles andam por aí...
:)*
Sem imagem de perfil

De me a 17.10.2015 às 02:30

Era te ler, sim.
P alem de dar luta a ler, parece q tb nem sp a escrita corre às mil maravilhas no tele... :)
Imagem de perfil

De Gaffe a 17.10.2015 às 18:03

Eu entendi.
;)

Comentar post


Pág. 1/2






  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD