Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe com gêmeos

rabiscado pela Gaffe, em 03.11.16

twins.jpg

Ao folhear uma revista, a Gaffe depare com uma fotografia de moda onde duas gémeas se abraçam e se acariciam sem propósitos nenhuns - diria a santa - perante o olhar esfomeado de um quarentão muito apelativo.


Se naquela fotografia fossem substituídas as gémeas esqueléticas por um par de gémeos observados por uma mulher, depressa haveria gente com ambições de beatificação que a consideraria uma porcaria escabrosa.


Uma rapariga esperta não dá valor a estes julgamentos precipitados.


A Gaffe admite, embora hesite, que uma das fantasias eróticas femininas mais protegidas e acarinhadas é aquela que nos coloca na frente - e atrás -  dois garbosos gémeos verdadeiros para depois obrigar a dupla a acariciar-se como se o amanhã não existisse.


Uma rapariga esperta sabe exigir o seu quinhão de felicidade em dose dupla ou os seus pares de quinhões, já que falamos de gémeos.

 

A Gaffe é acusada de promiscuidade em comentário esconso a que não será dada luz - pois que já é iluminado, - por publicar fotos de rapagões lindos de morrer, imbuídos de muito BOAS vontades e com uns paninhos exíguos a tapar as pilas. A confiar no dito, o leito da Gaffe é um apeadeiro, o mictório da estação de serviço, a camarata do 5.º Regimento dos sapadores bombeiros.        

Por muito que lhe custe, a Gaffe terá de assumir que não corresponde à verdade o paraíso descrito.

Salvaguardando, é evidente, o facto de não ser parva, esta rapariga é mesmo muito tímida, reservada e criteriosa em relação à escolha dos matulões que partilham as suas fantasias menos públicas. Admite que gosta mesmo muito, muito, muito, de homens e que não faz questão de ser canonizada ou sagrada protótipo do tipo de virtude que a faz ter um paupérrimo sexo infeliz - deixa esta miséria para comentadoras mais pudicas, - mas os segredos da sua alcova não são partilhados pelas multidões insinuadas no comentário sujo. A Gaffe ainda não sabe se deve lamentar o facto.

É evidente que o comentário recebido é a prova mais que evidente que a dona do dito sempre teve muitíssimo menos sexo do que a Gaffe - o que é dramático - e o pouco que tem é de qualidade esmagadoramente inferior - o que é frustrante.

 

É certo - e pobre - reconhecer o que é uso classificar um homem promíscuo como um D. Juan, um excelso conquistador potente, sedutor e sabido, um valente maroto que sabe da poda - embora possa não dominar as grafias mais ultrapassadas - e que uma mulher com as mesmas características é tida por um estafermo possuído por um demo libidinoso capaz de a fazer esbardalhar nos confins de uma sexualidade desenfreada e descontrolada, mal vislumbra um rabo de calças.

 

Atirar pedregulhos a um pobre e doce blog feminino que se vai divertindo publicando, de quando em vez, estampas onde a testosterona é um foguetório digno de se ver, é a mesma coisa que entrar em êxtase percorrendo fotos de mulheres de mamocas a furar o monitor e rabos que se empinam enquanto as donas olham como se tivessem um vibrador encastrado e a funcionar a todo o gás.

É imbecil.

 

À sua indignada comentadora a Gaffe aconselha uma noite libidinosa com os gémeos poderosos referidos no início desta sua perdição. Podem salvar-lhe o casamento que de tão harmonioso, reservado, beato, puro, sacro e belo já deixou crescer folhinhas de louro em redor da piloca do cônjuge e hera no pipi que se dedica agora a espreitar escandalizado os homens que por aqui lhe causam inundações cerebrais.  

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


32 rabiscos

Imagem de perfil

De M.J. a 03.11.2016 às 11:34

casamento beato mas procura, assídua, de orgasmo alheio.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 11:47

Que não conseguem a não ser a fingir.
Imagem de perfil

De Cecília a 03.11.2016 às 11:40

os post com rapagões lindos de morrer, imbuídos de muito BOAS vontades e com uns paninhos exíguos a tapar as pilas são dedicados às leitoras babadas (com as fotos e com a verve) e bem f&didas, não é?

(o palavrão foi para ofender as pudicas)

ainda bem que de vez em quando dedica um texto maravilhoso às outras, às tadinhas de plantão desta vida.








Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 11:46

às vezes requerem a nossa atenção. São tão sozinhas!
Sem imagem de perfil

De Isa a 03.11.2016 às 11:40

A Gaffe é gira. A Gaffe escreve muitíssimo bem, é inteligente, educada, a Gaffe representa um perigo para as Monas, Lisas de seja lá o que for que preste, desta blogoesfera. Irrita-as.

Isa gosta da Gaffe. Muito.




Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 11:45

A Gaffe gostar da Isa. Muito.
Logo ali a seguir ao Tarzan.
Sem imagem de perfil

De Isa a 03.11.2016 às 11:51

ahahahahahahahahaha!
Sem imagem de perfil

De Carla a 03.11.2016 às 12:09

Como leitora diária (ou quase) deste «pobre e doce blog feminino» peço (muito encarecidamente e só não digo isto fora dos parêntesis para não ser desconsiderada na minha virtude) que continue a Gaffe a publicar «estampas onde a testosterona é um foguetório digno de se ver».

A realidade já é demasiado deprimente.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 12:16

:)
Mas eles são reais!
Com uns bocadinhos de photoshop, mas uma rapariga perdoa o mal que faz pelo bem que sabem.
Imagem de perfil

De Quarentona a 03.11.2016 às 12:27

Aquela relação na máxima que diz que o Homem tem medo do que desconhece, serve também para as pudicas e o bom sexo!
Só nos resta ter pena... paz às suas "piriquitas" há muito falecidas!
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 13:13

E aproveitando o dia dos defuntos, empalar as ditas uma vez por todas nas grandes de uma campa vampírica. Elas apreciariam.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 18:36

* grades
Imagem de perfil

De Corvo a 03.11.2016 às 14:41

Enervada quer beber da fonte.
A Cigarra pela noite escura.
Destemida atravessa a ponte
Vai determinada e bem segura

Chove nela raiva tanta
Que dá ódio à aventura
Fogosidade c'até espanta
Às urtigas a compostura

Se de comentários se vale
Não compete a vós julgar
pois que a Bicha sabe
Seu gineceu, carece fertilizar.

Olhai os Lírios nos campos
pássaros famintos nos ramos
Formiguinhas diligentes
Periquitas bem contentes
borboletas voadoras
Joaninhas encantadoras

Onde está a admiração
Por um comentário postar
Ou não tendes coração?

Sabeis vós porventura
O horror de uma vida escura?
Tenebrosa, assombrosa!
De uma Cigarra à rasca
Para ser polinizada?
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 15:09

Meu caro Corvo,
Se não estou confusa - e acredite que confunde - vejo Camões a aflorar.
Olhe que o Poeta não merece!
;)
Imagem de perfil

De Corvo a 03.11.2016 às 15:58

Claro que sim. Chama-se na literatura "glosa"
Descalça vai para a fonte. (Camões)

A sua admiradora seguramente não veio descalçada
Mas veio armada
:)
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 16:09

Normalmente este tipo de gente chega de chinelos.
Imagem de perfil

De Cecília a 03.11.2016 às 18:31

a arrastar fico doente
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 18:38

Evidentemente que a arrastar. Não há outra hipótese.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 03.11.2016 às 18:31

Eu dizia - te o que responder a essa comentadora tão......ciosa da tua escrita mas agora não tenho tempo.
Estou ocupada a observar os gémeos que estão ali em cima tão subnutridos, coitadinhos, que eu,ao contrário dessa senhora , não tenho hera ao redor do pipi nem deixo que o meu companheiro crie folhinhas de louro em redor da piloca .

Por mim podes (e deves) continuar a publicar estas...distrações porque não queremos cá "botaniquices".

;)

Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 18:37

Subscrevo.
De quando em vez, é bom "lavar os olhos".
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 03.11.2016 às 18:44

Sempre minha amiga,sempre.

Olhar para o lado nunca fez mal a ninguém e TODA a gente o faz. O problema é que nem toda a gente admite.
Olhar para o lado não faz de nós pessoas menos fiéis. Apenas comprova que ainda estamos vivas.


Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 19:22

A infidelidade não tem nada a ver com isto.

Um rapagão que passa por nós e nos deixa sem respiração é apenas um deus que se passeia pela brisa das nossas tardes.

O resto das estações sabemos a quem pertence.
:)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 03.11.2016 às 19:25

Eu sei disso.
Já essa tua comentadora indignada...

;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 19:29

A comentadora indigna-se ao ver os outros viver.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 03.11.2016 às 19:38

Nada que uma boa...poda (na hera ou no louro) não resolva.

;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 19:43

O problema é que nunca há nestes casos jardineiros disponíveis.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 03.11.2016 às 20:57

Ó gentinha cruel e invejosa que não a deixa em paz!
Sou uma madura que gosta de admirar as coisas boas da vida e entre elas, por exemplo, os dois gémeos da giríssima imagem que publicou, sobretudo porque aquele nó dos cordões que os une dá asas à minha imaginação...
E gosto que os rapagões que passam por estas avenidas deixem os seus sedutores rastos.



Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 21:55

Não causam dano.
Uma gota de vinagre é sempre agradável na salada.
Imagem de perfil

De Dária a 03.11.2016 às 21:03

A conversa está óptima mas eu vim só ver as vistas. Desde que descobri esta varanda foram-se-me as palavras. Ah, mas fica um beijo, um abraço ou então .
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.11.2016 às 21:53

E fez a menina muito bem.
Beijinho.
:)*
Imagem de perfil

De Pandora a 03.11.2016 às 23:57

Quem se mete com a Gaffe sai agaffado.
Brilhante, como sempre, na resposta, na postura e nas ilustrações.
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.11.2016 às 07:32

Temos de ser "umas pás outras".
;)

Comentar post






  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD