Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe com o pai

rabiscado pela Gaffe, em 15.10.16

Há um banco de madeira pintado de vermelho na Praça no centro da Avenida e um homem desprovido de ruas sentado a ver o mar. As gotas de ausência nos rebuços do casaco e um alfinete redondo de madrepérola preso na lapela.

O homem tem barba grisalha e nos olhos a lonjura que vem de vela panda encher de névoa a Praça nua.

Vou de encontro ao homem que se levanta e, já de pé, ocupa o espaço inteiro.

Nada é mais do que um homem numa Praça, erguido a prumo, com névoa no olhar.

Abraça-me e no abraço as ruas apagam-se.

 

Deslumbrante é a capacidade que a alma tem de escapar pelos olhos e abruptamente ocupar uma Avenida que de súbito se transforma num monograma de um alfinete minúsculo na lapela.

 

Foto - René Maltête

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


8 rabiscos

Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 15.10.2016 às 11:49

Os abraços têm sempre essa capacidade de nos isolar no meio da multidão.
De traduzir com a força dos braços a saudade que se sente no corpo todo.
De conseguir derrubar a mais forte das criaturas.
De nos tornar apenas nós.

Deve ser por isto tudo que gosto tanto de abraços.
: )

P.S - ainda que virtualmente , abraço - te depois do que acabei de ler.
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.10.2016 às 12:23

E há abraços tão perfeitos!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 15.10.2016 às 13:52


Perder-me no aconchego de um abraço, o abraço que não é qualquer que dá e/ou recebe.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2016 às 10:08

Saber abraçar é também uma aprendizagem.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 16.10.2016 às 19:16


Os que não recebi dos meus pais e que adoro dar, a quem merece.
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2016 às 19:47

Ah, são extraordinários esses!
Imagem de perfil

De Cecília a 15.10.2016 às 13:53

e depois temos os pais que não sabem abraçar e por isso nos provemos (tanto) de ruas e avenidas que nos dão vida e enredam de ternura...
Imagem de perfil

De Gaffe a 16.10.2016 às 10:07

Para suprir os abraços que foram terramotos.

Comentar post






  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD