Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe com roseiras

rabiscado pela Gaffe, em 07.12.16

Douro.jpg

No Douro é uso plantar roseiras perto das vides.

São vermelhos sinais de perigo e de maleitas. A morte agarra primeiro o veludo indefeso das pétalas e entrega aos homens, alertados, o tempo de salvaguardar as vinhas.

Nada há para troca. 

 

Lembro-me que ia pelo condenado ardor destas roseiras bravas ao mais alto dos socalcos.
Queria ver as nuvens como bandeiras mortas desabarem.
Queria encharcada de frio, de corpo líquido e de coração de enxurrada, ouvir os queixumes das folhas e a inquietude parada dos pardais. Queria ser maior do que eu e não ser nada. Queria ir de nuvem a escorrer-me pela boca, a entrar-me nos olhos para me secar a sede. Queria ver a minha terra de encardida lama. Terra que se lateja no coração das casas. Terra de abismos a cheirar a púrpura. Terra de socalcos prestes a parir. Terra que nos vem lamber as mãos e morde de repente a latir roseiras bravas.

 

Princesa fugida do inquebrável reino, queria ver a minha terra e na enxurrada dos socalcos via rosas bravas vermelhas mortas no peito da terra. Bocados de espuma a tombar na ara de lama.

Tinha ciúmes dos retorcidos e negros troncos das videiras, dos nodosos ramos grossos de silêncio protegidos pela ardência do sacrifício das rosas vigilantes. Via a impoluta indiferença rude e tosca das videiras perante a queda, que anunciava o perigo, das rosas bravas vermelhas, moribundas.

 

Demorei todos estes anos a perceber que há rosas bravias mesmo ao nosso lado. Ignoradas rosas que morrem para evitar o pedaço da dor que nos é destinado. Rosas que se calam e que nos escudam. 

 

Gente que não vemos.

 

Em 2017 vou cuidar das rosas.         

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 rabiscos

Imagem de perfil

De Cecília a 07.12.2016 às 11:00

não tem nada ver mas também

embora não seja um original deles é uma cover genial que dá um alento para o intento do roseiral 2017 (porque sempre somos rosas e espinho na vida de alguém)

devolvo um afonso cruz em pauta :)

https://www.youtube.com/watch?v=FCwlT5qwP7g

Imagem de perfil

De Gaffe a 07.12.2016 às 11:34

:)
Obrigada.

Afonso Cruz é um dos meus escritores de eleição. deslumbra-me com as palavras, mas não produz o mesmo efeito em mim com a sua música. Sou um bocadinho "surda".
Imagem de perfil

De Quarentona a 07.12.2016 às 11:19

Numa visita a uma quinta vinícola do Douro, foi-me explicada essa utilização das roseiras no topo de cada fiada de videiras, lembro-me de pensar exatamente o mesmo, para além de embelezarem ainda mais o vinhedo, eram mártires para o salvamento da colheitas :))))
P.S. A foto tem umas cores divinais :))))
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.12.2016 às 11:40

Nunca são tratadas e são apenas olhadas para comprovar a saúde das vinhas. São bravias.

Sempre as ignorei. Estavam ali. Sabia qual o objectivo. Nem sequer eram perfeitas e dignas de figurar nas jarras de cristal.

Percebi que olhar por elas e para elas é o mesmo que finalmente pousarmos os olhos em quem discretamente nos salva sem pedir rigorosamente nada em troca. Decidi cuidar das rosas. Destas rosas.
:)
2017 vai dar muito que fazer.
Imagem de perfil

De Fleuma a 07.12.2016 às 15:37

Recorda-me de um homem envelhecido que por hábito observo quando estou de visita a um certo pais nórdico. Também ele, no meio de muitas outras plantas cuida com especial dedicação das rosas. E sei que se trata cuidar de gente que ele já não vê.

Saúde,
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.12.2016 às 16:16

Eu li-o. Acabei a tentar timidamente compreender o velho senhor.
Comoveu-me.
Imagem de perfil

De Anaquegostade... a 12.12.2016 às 10:11

Gostei de ler. Gostei de saber.
Curioso como todos os dias aprendemos algo, só temos que estar disponíveis!
Obrigada
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.12.2016 às 10:33

Acredite que aqui não se aprende nada, mas obrigada.
:)
Imagem de perfil

De simplesmente avô a 12.12.2016 às 16:33


Adorei o teu esplêndido texto.
Tem para mim claras ressonâncias bíblicas:
"Eu sou a videira, vós sois as vides"...
Das rosas aparentemente Jesus Cristo não se terá lembrado.
Será que florescem rosas na Palestina?...
Será que o bom vinho do Dão também sabe a rosas?...
Cheirar a rosas, isso cheiro seguramente.
Já pensaste nas conversas que o vinhedo manterá com o silvado?...
Parabéns!

Imagem de perfil

De Gaffe a 12.12.2016 às 16:40

Obrigada.

O vinho do Dão, algum, tem um travo a rosas, mas só é apercebido por enólogos ou sommeliers muito experientes.
:)
Creio que vinhedo e rosas não conversam. o silêncio de um, apenas toca a fragilidade das outras.
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.12.2016 às 18:32

Por sua causa descobro de repente que uni vinho - cálice - e rosa.
Um ... misticismo pouco habitual em mim.
Apanhei um susto!

Comentar post



foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD