Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe de corpo inteiro

rabiscado pela Gaffe, em 29.09.17

1.jpg

A minha irmã vive num apartamento amplo e luminoso que os mais ilustres podem, num vislumbre, considerar minimalista. No entanto, a ausência quase total de objectos não se relaciona com qualquer opção estética. A minha irmã compra, porque o escolhido se lhe afigura de importância capital para o seu conceito de conforto que inclui o inquieto, o que impede o desarmar da vontade ou o impulso criativo.

As paredes derrubadas deram primazia à luz branca, asséptica, metálica, que gela os corpos e entrega aos móveis, cuja existência se deve ao facto de nenhum poder ser movido, a geometria da perenidade. Há tarefas definidas para cada um dos objectos e porque a única preocupação na compra é a função que cada um tem de exercer, todos são limpos e puros como as obras-de-arte.

 

Parece frio, incomplacente e demasiado branco. Um espaço de racional inflexibilidade. Mais pragmático do que minimal. A minha irmã suporta mal a cor à sua volta. Admite breves tons de cinza, muitas vezes chumbo, muitas vezes quase nada, o preto, o metal, mas recusa frequentemente outras paletas.

 

Sempre me pareceu um apartamento vazio - provavelmente pelas ausências longas e frequentes da dona -, como se estivesse eternamente à espera do habitante, até ter encontrado ontem, numa moldura lisa e perfeita, uma fotografia minha, a chispar de cores e riso aberto, grande e de corpo inteiro.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


12 rabiscos

Imagem de perfil

De Corvo a 29.09.2017 às 11:04

Ora vê como nunca nos devemos levar pelas primeiras impressões?
Parecia-lhe uma casa vazia e afinal estava cheia.
A casa e o coração da mana
Um excelente fim de semana.
Imagem de perfil

De Gaffe a 29.09.2017 às 11:17

Eu sei.
Mas não deixou de ser surpreendente.
:)
Bom fim-de-semana!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 29.09.2017 às 12:36

Fantástico.
Uma irmã que tem o coração cheio de amor, mesmo que parece o contrário.
Imagem de perfil

De Gaffe a 29.09.2017 às 13:18

Bem ...
Cheio de amor, não será. Mas consegue surpreender.
:)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 29.09.2017 às 16:46

Desculpe, Gaffe, o erro.
Deveria ter escrito " mesmo que pareça o contrário".
Quanto ao "cheio de amor", penso que o tem, mas expressa-o da forma que sente.
Foi lindo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 29.09.2017 às 20:53

Raramente o expressa. Mas é certo que raramente expressa qualquer emoção.
É uma mulher admirável.
Amo-a desalmadamente. Sei que ela corresponde. Existem estes detalhes. Estou muito atenta aos detalhes.
:)
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 29.09.2017 às 20:07

Só tem importância o que é importante, certo?
Imagem de perfil

De Gaffe a 29.09.2017 às 20:55

Sim.
Difícil é negar ou recusar o acessório.
Foi isso que tentei que se percebesse neste post.
:)))
Imagem de perfil

De Gaffe a 29.09.2017 às 22:10

É bom.
:)
Às vezes confundo tudo e meto os pés pelas mãos.
:)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 29.09.2017 às 23:31

No outro dia reparei numa coisa que me fez... pensar.
No trajeto do estacionamento até à porta do trabalho , por entre as lajes cinzentas e frias colocadas no chão, cresceu uma flor amarela. Pequenina,quase invisível aos olhos da rotina. Linda, perfeitinha mas sobretudo, inesperada.

Penso que TU és "a flor" da vida da tua irmã. Uma flor com todas as cores do arco íris.

:)*

Imagem de perfil

De Gaffe a 30.09.2017 às 10:15

Olha que não sei.
:)
Sobretudo porque a maninha não apercia grandemente as flores.

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD