Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe de farda

rabiscado pela Gaffe, em 14.12.16

1.jpg

 

Temos de assumir, raparigas. Nós babamo-nos.

 

Babamo-nos quando vislumbramos desprevenidas uma farda ou uniforme capaz de nos fazer crer que o rabinho do dono saiu de um expositor do MET; quando adivinhamos dois peitorais de aço a rebentar a camisa; quando deparamos com duas colunas musculadas enfiadas em botas de couro polido; quando sofremos por não poder fazer deslizar os dedos pelo cabelo rente de quem nos faz parar o carro ou de quem nos mostra a arma inacessível e quando imaginamos cenários de guerra e de guerrilha, internas e aconchegadas, protagonizados por um destes rabinhos fardados, que fazem ruborizar Belzebu, já que os outros e celestiais arcanjos tremem de pavor perante estas quedas iminentes.  

Babamo-nos e só não esbugalhamos os olhos porque, em tempo de crise e não sendo o rímel YSL, receamos que as pestanas se nos colem à testa.

 

Dizem as más-línguas que o apelo erótico que nos abrasa quando vislumbramos um uniforme bem vestido, equivale ao que a visão de Irina Shaik em lingerie provoca no masculino olhar.

Não subscrevo.

Uma farda bem vestida inflaciona a reserva erótica do portador e, no caso dos soutiens, é geralmente o seu conteúdo que favorece o rendilhado.

 

O facto de salivarmos perante estas visões enfarpeladas, não pode implicar descuidos no terreno.

O episódio estrelado pela Gaffe ilustra cabalmente o que foi dito.

Perante o deslumbrante polícia de trânsito, a Gaffe decide sair do carro para solicitar a informação, pormenorizada em papel couché, que traz na carteira ao lado do bâton - há estratégias de abordagem que se tornaram clássicas.

Vai babada e não segura.

O fabuloso animal fardado de quem se aproxima sorve-lhe toda a atenção e povoa-lhe os mais esconsos pensamentos, toldando-lhe o raciocínio com imagens pouco dignas de uma menina de boas famílias. A Gaffe usa todas as artimanhas que possui - e possui várias -, retiradas do arquivo Seduzir Fardamentos, lamentando, mais uma vez a porcaria da chuva que a impede de ter uma brutal cabeleira estonteante, repleta de caracóis possíveis de espargir pelo espaço e capazes de enredar a resistência.

Vai de sorriso armado e ondulante, pestana a saltitar e pezinho leve.

 

Tropeça.

 

Tropeça miseravelmente.

Esbraceja estropiada de tacão partido, esvoaça deformada, estrebucha já estragada e esbardalha-se toda aos pés da cobiçada figura bem fardada. Nem sequer fica de joelhos, posição mais aceitável e compreensível, dado o contexto de uniforme. Estatela-se com as pestanas cravadas na biqueira da bota do portento, absolutamente humilhada por não ter sido premeditado o tombo - com destino aos braços do rapaz -, mas apenas produto do encontro deplorável com a porcaria de uma pedra solta no meio caminho.

 

É evidente que depois de uma catástrofe destas, uma rapariga deseja somente e com a ardência dos joelhos esfolados, a cela de um convento.

 

Há, como fica demonstrado, a urgência de aliar a baba a uma atenção acrescida às agruras de um pedaço de mau caminho.

 

Nota - O homenzarrão consumiu imenso tempo a apanhar o conteúdo da minha carteira espalhado por todo o lado e perdeu toda a carga erótica quando comparou a dispersão dos meus parcos haveres a um desastre de avião.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


29 rabiscos

Imagem de perfil

De Quarentona a 14.12.2016 às 11:24

Ahahahahahah :D
Essa cena podia perfeitamente ter-se passado comigo, sou perita em cenas tristes quando menos convém. Espero ao menos que te tenha dado uma mãozinha para te ajudar a levantar, antes da apanha dos destroços do avião :))))
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.12.2016 às 11:29

Sempre tive queda para as quedas!!!
É muito embaraçoso para os outros. Eu já me habituei.

Deu! Deu uma mão que nunca mais acabava, um "braçanhão" para me apoiar e outro a rodear-me a cinta.

Abençoado tombo.
Imagem de perfil

De Me, myself and I a 14.12.2016 às 11:28

Aiai...adoro ver um homem fardado...por isso (entre outras razões, claro está!) casei com um militar!
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.12.2016 às 11:43

Já rabisquei acerca do assunto algures.
Uma bela farda é sempre muito apelativa ...
Imagem de perfil

De Cecília a 14.12.2016 às 12:02

o não planeado por vezes é o melhor: assim pôs-se um homem de farda preocupado com a integridade física de outrem ( eles adoram ser o super salvador de alguma coisa), a ajudar a apanhar os destroços - e o facto de comparar os despojos a um desastre de avião só prova que sabe o quão importante é o conteúdo de uma mala para uma senhora.

diga-se de passagem que revelou sentido de humor, o que é ótimo.

(no que aos srs do transito diz respeito é sempre importante mencionar as botas...)

por acaso gosto bastante de ver a irina. funciona bem em fotos. e de repente não vejo ninguém a ser fotografada com um ursinho ao pé e manter tanta chama.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.12.2016 às 13:19

Antes de mais devo dizer-lhe que gosto de ter um "urso" ao pé e por acaso até fico muito bem...

No que respeita aos senhores do trânsito, mais importante do que as botas é o rabo! Não entendo como conseguem ter um rabiosque tão perfeito! Chego a pensar que é do corte das calças.

A preocupação do senhor não me preocupou muito. Outros valores mais altos se "alevantaram".

Imagem de perfil

De Cecília a 14.12.2016 às 13:32

continuo a dizer que as botas ajudam muito...

quem é que não gosta de um bom urso?
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.12.2016 às 13:38

Ajudam. Sobretudo quando estão calçadas por um rapagão só de cuecas e de olhar inocente - quase, quase, quase a tocar a idiotice -, mas continuo a fixar-me nos rabos destes GNR!
É uma desgraça.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.12.2016 às 22:57


Que post!

Gaffe, o rapagão fardado da imagem é alguém das passerelles?
A Gaffe sabe que tenho especial admiração por homens fardados e o rabo jeitoso não me escapa ( ai como eu adoro rabos e se puder dar-lhes uma palmadinha carinhosa)
Adiante. A Gaffe é uma mulher de acção, jamais me passaria pela cabeça que fosse sair do carro para " cortejar" o espécimen.
Será que posso dizer que esta acção é mostrar disponibilidade, como comentei algures nestas avenidas?
Muito aprendo com esta jovem mulher.
Boa noite.

Imagem de perfil

De Gaffe a 14.12.2016 às 23:21

Não! É espantoso, mas e apenas um apanhado. Este existe mesmo!!!
:)))

E, minha querida amiga, "wath Lola wants, Lola gets".
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.12.2016 às 23:25

Ahahahaha!
Sabe que para a família e amigos sou Lola?
Há um senão: o que eu quero nem sempre tenho...porque não arrisco.
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.12.2016 às 00:13

:)))
Mas deve arriscar. Sobretudo quando quer. Quando não quer, deixe o risco para outros.
;)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 15.12.2016 às 00:35

Proponho que no Natal me ofereças um pacote XXL de fraldas Lindor.
Esta coisa de me...pingar a rir com as coisas que escreves tem de acabar.
Fica uma 'ssoa descomposta e isso nem sempre abona a favor duma rapariga...semi esperta, vá.

Já te perguntaste porque é que o rapagão levou assim tanto tempo a apanhar o conteúdo da tua carteira? Parece-me que a ideia de ter uma ruiva esbardalhada e babada aos seus pés lhe agradou muitíssimo.
O desastre de avião deve ter sido um "convite" mal esboçado onde ele era o piloto e tu a montanha onde o ...avião embatia.

;)))

P.S- Porque é que nunca apanho guardas como o da foto, hummm?
Fico chateada, claro que fico chateada!
(Carabinieri , certo?)
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.12.2016 às 09:35

Carabenieri.

Os italianos são uma perdição.
Sabias, que ao contrário do que se pensa, existe uma quantidade enorme de olhos verdes e azuis cravados naquela pele italiana?!
Apesar de preferir olhos pretos, reconheço que uma rapariga corre imenso riscos.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 15.12.2016 às 23:29

Ia jurar que era carabInieri ...mas com "e" ou com "i" pude constatar ao vivo e a cores tudo o que dizes sobre os italianos: uma vez em Roma e outra em Veneza.

Em Roma fiquei ...fascinada com os padres.(jazzuzzzzz)
Em Veneza com alguns gondolieri.

Já nos anos '80 Madonna ostentava uma t-shirt que se tornou célebre com a frase "Italians do it better". Madonna sabe das coisas.

;)

Imagem de perfil

De Gaffe a 16.12.2016 às 00:57

É claro que é com "i". Fiquei confusa.
Passei férias em Veneza. Se procurares, e se não te aborrecer muito, a tag Veneza, verás como esta cidade me impressionou.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 19.12.2016 às 19:00

Li tudinho.
Tenho duas teorias para a cidade te ter marcado assim tanto:

1- qualquer ser humano normal que visite Veneza fica impressionado. É impossível ficar indiferente a tanta diferença. Desde a cor da cidade , aos labirintos das ruas nos quais estranhamente nunca te perdes de verdade.Mesmo que te queiras perder parece que a cidade não deixa. Quanto mais te perdes, curiosamente, mais te encontras.

2- Pelo que percebi Veneza apanhou - te num período... menos bom. É normal que tenhas tentado amenizar a tua dor (se é que isso é possível ) dando atenção a pormenores que de outra forma não darias com tanta intensidade. Quando estamos apaixonados ficamos cegos para tudo o que nos rodeia.

Creio que aprendeste uma das grandes lições de vida com a tal Senhora da esplanada : só a indiferença consegue fazer de nós seres passíveis de voltarem a ser amados. Verdadeiramente amados.
Creio que já atingiste esse...estádio.
Está na hora de seguires em frente.
Pelo que de ti vou conhecendo, mereces .
; )
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.12.2016 às 19:22

Não sei se mereço. Não me preocupa grande coisa esse exacto mérito.

Mereci Veneza. Já foi extraordinário.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 19.12.2016 às 19:42

Claro que mereces .
A questão que se coloca é apenas uma :
Será que deixas?
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.12.2016 às 20:34

Aqui está uma pergunta a que não sei responder.
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.12.2016 às 22:11

Mas nem às paredes confesso?
Sem imagem de perfil

De AC a 15.12.2016 às 16:27

Julgo que sei do que falas. Tenho um especimén de farda em casa, para despir e descalçar as botas. Giraço... depois de tanto tempo juntos ainda quando o vejo fardado faz-me suspirar. Ele fica ainda mais giro, tem um je ne sais quoi que me deixa de olhos vidrados.
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.12.2016 às 16:30

Está comprovado:
Somos doidas por fardas.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 15.12.2016 às 19:28

Adoro ver os pilotos de farda...o pior é quando se espera um homem interessante, sai-me um desenxabido e antipático.
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.12.2016 às 20:00

Já não há pilotos como os do nosso imaginário. Se bem que os franceses ...
Sem imagem de perfil

De Cuca, a Pirata a 18.12.2016 às 16:56

Não subscrevo isso das fardas.
(Já para não falar no perigo de, nas suas próprias roupinhas, ser um trengo, imprestável para se levar onde quer que seja...)
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.12.2016 às 11:20

Mas onde queremos nós levar um fardado vestido com as suas próprias roupinhas?!

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD