Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe em dose dupla

rabiscado pela Gaffe, em 14.01.16

Guedes.jpg

Conheci em Paris, em tempo que já lá vão, os manos Guedes.

Como imatura jovenzinha, fiquei entusiasmadíssima quando soube que partilharia a mesma festita com dois homens que povoavam os sonhos mais escabrosas das adolescentes que conhecia.

As expectativas justificavam-se e foram até ultrapassadas quando vi em duplicado o que todas as meninas desejam mesmo só no singular.  Os homens eram portentosos. Absolutamente lindos.

Poucos minutos depois de os conhecer, passaram a chamar-me Capuchinho Vermelho. Às razões óbvias, acrescentava-se o facto de se perceber que as deixas desta menina de cestinho encaixavam na perfeição naquela circunstância. Fazia todo o sentido exclamar - que olhos grandes tu tens! ou que mãos grandes tens tu! ou referir, numa abordagem mais abrangente, outras regiões anatómicas menos evidentes, pois que os tinha visto todos nus numa reportagem de revista.

 

Passados alguns minutos de cintilante banalidade, comecei a pedir aos deuses misericórdia ou um saco de vomitar de um Boeing 747. Os manos Guedes eram dois tolos imaturos cuja beleza era inversamente proporcional à sua capacidade cerebral. Partilhavam gracinhas de carácter privado, rindo escancarados delas sem que ninguém as entendesse; gesticulavam, hipercativos, como se tivessem sido injectados com adrenalina ou testosterona; gargalhavam às mulheres insinuações de fancaria que em cenário diferente passariam facilmente por assédio sexual e nada, absolutamente nada, do que diziam escapava ao lugar-comum histriónico. Estavam muito próximos da indigência mental.

Creio que foi por essa altura que as desilusões que a vida nos entrega, tomaram posse da minha.

 

Ontem vi-os, de barbas cuidadas e perfeitas, a apresentar um novo programa no Porto Canal.

A passos largos dos quarenta, os gémeos mantêm-se fiéis à imagem enfant terrible que arrastam há anos saturados. São cansativos – tão cansativos! - e torna-se penoso ver dois quarentões enredados na ilusão da intemporalidade, tentando acreditar e fazer acreditar que, por muito que o tempo os desdiga, a adolescência mental pode ser a eternidade.

 

Não crescem, mas aparecem lindos e muito jovens, custe o que custar.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


34 rabiscos

Imagem de perfil

De RAA a 14.01.2016 às 12:04

A minha cabeça complicada já antecipava a partilha das viandas (do cesto), e afinal tudo se resume a estas alimárias, diz você que lindas, e eu acredito-a, estas versões masculinas de loiras, mas em burro. Anticlímax!...)
Haverá ganhos na consideração dos feios e a cheirar a cavalo? Quem gasta, não se sente defraudada, dizem-me e reparo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 12:23

Sabe que eu gosto muito de "loiras burras"?!

Há ganhos evidentes na consideração dos feios, a cheirar a cavalo, que conseguem amadurecer com inteligência.

Mas não podemos exagerar! Os desodorizantes existem, mesmo os que são usados no cérebro.
Imagem de perfil

De M.J. a 14.01.2016 às 12:46

por mim podiam desfilar - mesmo em indigência mental - desde que sem camisa e com mordaça.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 13:24

E presos à cama...
(Não era deste desfile que falavas, pois não?)

já os viste nus?

Pois suspeito que escolherias um desfile na horizontal.
Imagem de perfil

De M.J. a 14.01.2016 às 17:18

para minha tristeza nunca os vi nus.
não creio que se quisessem despir à minha frente. mesmo com tamanha indigência mental.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 17:27

O que eu faço por ti!
Lá se vai a minha reputação. Consola-me que seja por BOAS causas.

http://fringefamily.typepad.com/.a/6a0105364a8fba970c0168eb220368970c-800wi
Imagem de perfil

De M.J. a 14.01.2016 às 17:30

é desta que seremos amarfanhadas em público.
culpa tua que sou eu uma mulher casadoira, com convites em distribuição.

(uma excelente, modelada e quase grega causa. ainda que não entenda o pormenor dos pezinhos em invólucro de bailarina.)
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 17:42

Ah! Não tinha reparado!!! Estava tão distraída.
Tendo em conta a capacidade intelectual aqui referida, é apenas mais um manifesto contra a SIDA.

A verdade, minha querida, é que TODAS já espreitamos ou vamos espreitar, mais cedo ou mais tarde, homens nus. É patético negar.
Imagem de perfil

De M.J. a 14.01.2016 às 17:46

oh... as coisas que se negam em função das aparências.
toda a gente já disse um palavrão mas há muita gente que recusa admitir dizê-lo. ou lê-lo.

Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 17:52

Daí que se nos amarfanharem, não seremos nós as enrugados.

Há pequenos alfinetes que se cravam nas unhas de quem os tenta espetar na bainha dos outros.
Imagem de perfil

De M.J. a 14.01.2016 às 17:54

ora aí está.
e esqueço-me tanto disso!
(às vezes, não digas a ninguém, também se espetam nas minhas próprias unhas. não fosse eu... eu.)
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 17:56

Talvez por isso eu tente desalmadamente evitar costurar.
Já o corte..
;)

Tinha tantas saudades de te sentir aqui!
Imagem de perfil

De M.J. a 14.01.2016 às 17:58

venho cá sempre.
nem sempre sei que dizer.
prefiro dizer-to, nesses dias, com palavras mais directas que entrem caixa de correio dentro. é quando me dói o que leio.

(e como gosto de cortar contigo :D )
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 18:03

Eu sei.
Faço o mesmo contigo, embora nem sempre consiga dizer o que gostava muito. Calo-me, muito quietinha e vou esconder-me num cantinto, como tu sabes que faço.
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 14:09

Se tinham beleza perderam-na com os anos, não são com certeza os melhores exemplares do sexo masculino de charme envelhecido.
Que são duas cabeças de vento isso é evidente, sintonizei algumas vezes por engano um programa de rádio que, salvo o erro, apresentam alternadamente e as observações, tentativas de piada que fazem são do mais desconcertante, inócuas e desprovidas que qualquer resquício de humor, se teria dúvidas da sua falta de ideias fiquei totalmente esclarecida.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 14:12

Francamente penso que continuam bonitos (perco-me por barbas).
O que é constrangedor é continuar a vê-los tão ... tão .. patetinhas.
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 14:30

A barba deles é bonita, já eles na minha opinião envelheceram mal, resultado de muitas noitadas provavelmente.
Patetas deve ser o nome do meio deles.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 14:40

Olha, minha querida,
Se todos os quarentões fossem como estes dois patetinhas, dedicava-me a gerontologia.

Basta uma mordaça e meia dúzias de cordas para lhes atar a hiperactividade deslocada.
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 14:44

Ahahahah
Eu sou muito esquisita, não é qualquer um que me cativa.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 14:52

Não estou a falar em cativar.
Para que quero eu que eles me cativem?!...

;)
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 14:56

Estava mesmo a referir-me a cativarem-me os olhinhos e não o intelecto.
Especialmente se as capacidades físicas não são acompanhadas de capacidades intelectuais equivalentes.
Aí só mesmo um que sirva de modelo a um deus grego.

Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 16:08

Eu percebi.
;)

E nós não temos nada contra os "deuses gregos"...
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 16:10

Pelo contrário tudo a favor
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 16:12

Temos todas, minha querida, temos todas tudo a favor.
Os deuses gregos é que não vão ter "mãos a medir"
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 16:14


Oferta escassa para tanta procura.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 16:16

Tens razão. Já não se fazem deuses gregos como antigamente.
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 16:21

Eu já encontrei a minha metade, mas pelo que vou vendo e falando com amigas e conhecidas, as coisas não estão fáceis.
A boa aparência é apenas um dos requisitos, mas vivemos numa altura de exageros e é vê-los ou demasiado arrumados ou demasiado desleixados, demasiado intelectuais e presunçosos ou demasiado liberais e anarquistas, demasiado machistas ou demasiado "feministas".
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 16:44

Oh! Alguns escapam com dignidade.
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 16:48

Sim, mal era se assim não fosse.
Mas homens daqueles à moda antiga, educados, polidos, cavalheiros, galanteadores mas respeitadores, esses são uma raridade.
Mas verdade seja dita, as mulheres também já não são o que eram
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 17:01

Não sei se deva dizer aqui "felizmente".
;)
Imagem de perfil

De Psicogata a 14.01.2016 às 17:05

Depende do contexto ;)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.01.2016 às 16:51

Se gostei do post, mais gostei dos comentários entre a Gaffe e a menina Língua Afiada.
Destes meninos, gosto dos corpos, tudo o mais não me ilude.
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.01.2016 às 17:00

Nestes casos, nada de ilusões.
;)

Comentar post



foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD