Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe envelhecida

rabiscado pela Gaffe, em 02.08.16

2.jpg

A Gaffe às vezes sente-se velha.

Tem trinta e pouqíssimos anos e, às vezes, sente-se amarga como um daqueles trapos que se depositam nos lares para serem pendurados no esquecimento mais ou menos descansado.

 

Há uma espécie de velhice fora do tempo, como um Verão de S. Martinho ou como um dia de tempestade no que se espera ser o Verão de S. Martinho.

 

A Gaffe acredita que à sua volta sempre teve velhos. Mesmo quando era mais nova, os novos, os da sua idade, também pareciam velhos. A velhice deles, uma espécie de velhice sacana e matreira, estava, não no modo como o reumatismo os curvava ou nas dores dos rins e nas alterações da próstata, mas na capacidade que tinham - mantida sempre jovem - de captar com atenção e de conservar com humildade o que acreditavam ser o conhecimento.

O conhecimento - ou se quisermos a sabedoria, - já se sabe, faz frequentemente apodrecer a vontade de sorrir e extingue-nos a sensação de felicidade que mantemos pertinho do coração para enganar as tripas, mesmo sabendo que pode ser feita de pão que o diabo amassou. A felicidade, ou a ilusão dela, funciona como um creme rejuvenescedor, com a vantagem de o podermos fabricar sozinhos. Às vezes é também botox, mas a Gaffe deixa as máscaras para outra altura.

 

Sendo o espaço do conhecimento possivelmente incompatível com a arquitectura da felicidade e sendo a felicidade um factor essencial para manter a juventude em forma, resulta que os sábios são todos criaturas infelizes com o coração encarquilhado.

 

Não sendo sábia, a Gaffe é portanto uma rapariga feliz. Não devia sentir-se velha, às vezes. Não devia sequer achincalhar a felicidade como coisa que se inventa para se enganar as tripas.

Sempre lhe disseram que a velhice é uma construção mental, que a idade que conta é a do espírito.

Mas o que é isto do espírito? Que construção mental faz a velhice?

A Gaffe às vezes sente-se velha, sem construções mentais ou espíritos que contam.

 

Apetece-lhe ser feliz.

Pensa em ser feliz frequentemente, mas não sabe se há velhice para isso.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


28 rabiscos

Sem imagem de perfil

De josef a 02.08.2016 às 10:01

daqui a muitos anos, quando a gaffe começar, de facto, a ficar velha, a matemática dos porquês vai começar a fazer sentido. e a felicidade será, aos poucos, substituída pela harmonia. (e há quem diga que, com mais vantagens que desvantagens)
entretanto, uma gaffe tão "emotiva", só deve ser muito feliz.
;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 10:09

A emotividade raramente se apensa à felicidade.
:)
Mas vou esperar que ambas se harmonizem.
Imagem de perfil

De Cecília a 02.08.2016 às 10:11

constatação:
encontrei hoje, ao espelho, somente hoje dei por ela, duas linhinhas que estão, lenta e ainda muito disfarçadamente, a tornar-se definitivas.

análise:
não uso nem nunca usei nada: tenho uma aversão quase surreal a grande parte do mundo da cosmética. completo 35 em setembro. e franzo muito a testa quando me aborreço (o que é uma constante).

resultado: sorri muito. nem sei se mais por fora do que por dentro.

os ignorantes e a estupidez é que nos maçam, entulham e envelhecem, porque nos fazem questionar o caminho que fazemos acontecer (enquanto eles permanecem estáticos e - aparentemente - frescos e inocentes); fora isso, somos intemporais. e as minhas linhinhas fizeram-me sentir isso de forma bastante objetiva.

Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 10:17

AS ruivas demoram muito a envelhecer. As rugas esquecem-se de surgir por entre as sardas.
:)

Sou muito bem humorada. Olha a vida com algum desprezo, daí o meu bom humor, mas não sei se a ignorância e a estupidez me acompanham por dentro. Às vezes creio que sim e que a minha leveza e a minha inocência - e o meu humor - não são mais do que isso.
Imagem de perfil

De Cecília a 02.08.2016 às 10:55

Tenho facilidade em desprezar - quando corto, não há ressurreição possível - mas também tenho uma paixão enorme pelo que a humanidade poderia ser, doí-me (literalmente) ver a capacidade que se tem para SER e não FAZER NADA por isso! assim, o desprezo, em mim, surge como solução final e não como solução preventiva... dizem por aí (óraculos patético-virtuais) que é por ter olhos avelã (hazel eyes); somos afáveis mas fervemos em pouca água, o nosso cérebro é tão rápido como uma chita mas explode sobre pressão (sempre a franzir a testa - mesmo quando rio).

as sardas são das pinturas mais bonitas que encontro; a minha tela ficou em branco.

Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 14:01

É tao importante ter-te aqui! É muito importante ler os comentários que fazes.
Imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2016 às 13:14

"As ruivas demoram muito a envelhecer"

As coisas que uma pessoa diz para se convencer que o tempo passa diferente por ela.

Mulheres!!
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 13:59

Desta vez é verdade. Geneticamente é assim, mas acredito que estejas cheia de razão. Envelhecer é um aborrecimento se não treinarmos muito.
:)
Imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2016 às 14:02

Sim, está bem.

És tu e as morenas.

Ai que temos a pele mais resistente mimimi, e quando olham para o espelho, pumba, tudo por ali abaixo.

Não te ponhas fina e fia-te na genética.
Quando deres por ti, andas aos tropeços nos pés de galinha.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 14:07

Sempre optimista.
Sempre animadora
Sempre politicamente correcta. Sempre suave como uma açucena, esta minha grandiosa Filipa!
Imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2016 às 14:10

Desculpa lá se te magoei na perninha que decidi agarrar para te puxar até cá baixo, à realidade.
Para a próxima digo que sim, que as ruivas estão sempre esticadinhas.
Mesmo aos 100.
Não quero ver ninguém triste.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 14:14

Agarraste muito bem.
Felizmente que ainda tenho perninha para agarrar e ser puxada para terra.
Imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2016 às 14:15

Gostei, contudo, da imagem.

Açucena vai lindamente com a minha personalidade.
Obrigada pelo elogio.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 14:19

Nem imaginas o trabalho que tive a procurar uma flor adequada.
Foram resmas de botânica.
Imagem de perfil

De Filipa a 02.08.2016 às 14:23

Não percebo porquê.

Podia ser muito bem um brinco-de-princesa, um lírio branco, uma rosa azul, um cravo, uma girassol, enfim, tanta flor que podias simplesmente ter dito que eu era uma.

És uma beca complicada, não és?
Credo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 16:58

É verdade. Qualquer uma destas flores é indicada, mas só a que escolhi tem a subtileza e a maravilhosa doçura quase digna de beatificação que te caracterizam.
Tu mereces uma açucena. Mereces, sim senhora.

(Por favor tenta não a esbardalhar nas trombas de quem se atreve a revelar um niquinho de patetice na tua frente, sim?)
Imagem de perfil

De Psicogata a 02.08.2016 às 11:35

O sorriso espontâneo que devolvo todos os dias a quem encontro é um reflexo da felicidade que procuro e desejo, não é uma máscara é uma construção da felicidade que busco, por dentro as constatações da vida próprias da sabedoria que se vai adquirindo com a idade não me deixam ser inocente, mas não me impedem de ter leveza e bom humor.
Há momentos mais taciturnos, mas o otimismo acaba sempre por ganhar porque pesando os pós e os contras a balança pesa mais do lado positivo.
A partir de uma certa idade é impossível ser-se totalmente feliz a menos que se seja ignorante ou alheado, não é preciso ser-se sábio, basta estar atento ao mundo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 14:04

E há sempre tempo para chorar depois.
:)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.08.2016 às 12:39

Trinta e poucos são tão poucos, ainda.
Porém, considero-os de crescimento e amadurecimento do eu, que nem todas aceitam, daí que, por vezes, sintam esse envelhecer.
E porque há muita felicidade ilusória na sociedade, assumamos quem somos, aceitemos a idade que temos, sejamos felizes à nossa maneira.

Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 14:02

Vou treinando o envelhecimento. É preciso começar muito cedo o exercício.
:)
Imagem de perfil

De Corvo a 02.08.2016 às 14:33

Não?! Já trintas e tal?
Deixe lá que eu vou visitá-la todos os dias ao asilo e levo-lhe as novidades fresquinhas da Bloga
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 16:51

Novidades, novidades, só as que relacionarem com o fofinho Quintino Aires.
Uma velhinha tem de ter algum estímulo e nada melhor do que a imbecilidade alheia para acicatar os nervos já tão adormecidos na idade dos lares.
Imagem de perfil

De Corvo a 02.08.2016 às 20:33

Oh Diabo. Isso é que é pior.
Uma visita por dia não é o mesmo de visita de hora a hora tal a fofice que o criaturo debita.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 22:57

O Quintino Aires é tão fofo, não é?
Vai merecer a minha atenção dentro em breve.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 02.08.2016 às 22:56

Peço adiantadas desculpas pelo palavreado mas o meu "french " está no auge.
Envelhecer é uma merda.
Ver o corpo, o cabelo e tudo que mais temos a perder a vivacidade é de facto uma merda.
Usar toda uma parafernália de coisas absolutamente inúteis dá - nos a ilusão de que a coisa está controlada. Guess what ?! Não está.
Única vantagem disto tudo : com o tempo vamos aprendendo a relativizar e lá vamos aceitando a coisa. Uns dias melhor , outros pior.
Para os dias em que nos sentimos mesmo mal com os sinais que vão chegando, o melhor é rir. Rir muito.
Então mas rir não faz mais rugas?
Faz pois .
As rugas que se f______am !
;)

Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 23:02

Promete-me que vamos ser duas velhas insuportáveis, más, rabugentas, a azucrinar, a massacrar a vida e a paciência de toda a gente e a adorar todos os momentos!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 02.08.2016 às 23:08

As promessas são coisas muito sérias mas pela parte que nos toca penso que já vamos no bom caminho !
;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.08.2016 às 23:20

E faltar às promessas da nossa juventude mais totó pode ser uma via para uma velhice bem divertida.
Concordo. Vamos no bom caminho.

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD