Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe fantasmagórica

rabiscado pela Gaffe, em 25.09.17

Hitchcock’s underrated “Stagefright”.gif

 

É patética a existência de uma espécie de indigentes cujo único objectivo na vida é alcançar um pedaço, mesmo irrisório, de atenção. Esmolam sem qualquer tipo de pudor e sem dignidade, desavergonhadamente, deploravelmente, arranjam formas ínvias de acreditar que são capazes de desviar um olhar alheio para os trapos encharcados que batem uns nos outros acossados pelo vento e que produzem o som das palavras que tentam juntar.

 

Insistem e são cansativos, aborrecidos, entediantes, previsíveis e de uma inutilidade confrangedora.

 

Dir-se-ia que possuem um dispositivo no cérebro que é accionado demasiadas vezes sugando toda e qualquer capacidade de raciocínio. Absorve a massa encefálica como se de um buraco negro se tratasse. Fica o vácuo, o inexistente, o espaço oco onde a miserável súplica, o deplorável rogo, a coitada crença na possibilidade de se tornarem visíveis, bate contra as paredes ósseas do lugar onde se escapou a vida, como uma bolita de um ping-pong jogado por ninguém.

 

Quando se acredita que o Além é logo ali ao lado, acaba-se por indução a evocar fantasmas.   

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


12 rabiscos

Imagem de perfil

De j.campião a 25.09.2017 às 13:42

«...trapos encharcados que batem uns nos outros acossados pelo vento...».
Mesmo fora do contexto do teu post (ou não), aqui fica a minha admiração pela expressiva frase.
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.09.2017 às 14:19

Há gente que lhes chama outras coisas aos trapos mencionados.
Imagem de perfil

De Fleuma a 25.09.2017 às 16:19

Consigo sentir o inverno por estes lados.

Embora goste demasiado, creio que este não será um frio muito saudável para certos corpos. E está muito escuro, coisa pouco recomendável para quem gosta de ser visto.

Como a compreendo, cara Gaffe! Como.

Imagem de perfil

De Gaffe a 25.09.2017 às 16:30

É verdade, meu querido Fleuma.
É cíclico. Não há como evitar. O lodo e o escuro sujo e encardido voltam ciclicamente. Suponho que empurrados pelo desejo de luminosidade, mesmo a mais fria.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 25.09.2017 às 21:48

(mesmo quando estás triste és genial, sabias?)

:)*
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.09.2017 às 22:14

Não! Não estou triste, apenas um bocadinho enjoada.
(Não sou genial, graças ao Senhor, porque Ele é bom.)
:)
Imagem de perfil

De Corvo a 25.09.2017 às 21:03

Já eu fiquei às aranhas.
Que insondáveis mistérios a menina derrama sem que a obscuridade não os oculte.
Deve ser efeito da sessão outonal. Carência de Sol, logo, transparência insuficiente.
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.09.2017 às 22:15

Nao imagina do que se livra não entendendo, meu caro Corvo.
Sem imagem de perfil

De Isa a 26.09.2017 às 11:44

Gaffe, primeiro, para te dizer que me incomoda um bocado, que pessoas com este talento para a escrita não se atirem com unhas e dentes a mais público, para além do da blogoesfera. Este texto está _____________ ( a preencher por quem achar sinónimo nunca antes usado para "brilhante").

Depois e por fim, que, pelo amor de todas as alminhas, o escrito não se refira a quem, ou ao que, eu penso que se refere.
(Adoro estar enganada. Diz-me que estou. Plij).
Imagem de perfil

De Gaffe a 26.09.2017 às 14:30

Ah!
Não estás enganada. É a minha sina, o meu fado, o meu Karma.

Sinto-me muito bem só por aqui, desde que tu também estejas ao meu lado.
Sinto-me honrada e orgulhosa.
O espaço que deixaste em branco, uso-o e preencho-o nos teus escritos com os adjectivos que superam o "brilhante". É inacreditável o talento e arte de cavalgar em toda a sela, que demonstras ter e saber usar no teu "romance histórico"!
:)
Sem imagem de perfil

De Isa a 26.09.2017 às 14:42

Ohhh.. Tanta gentileza, bolas, estragas-me com mimos!
E exageros...
Mas agradeço, de coração, e ao teu lado. Sempre. Nunca duvides.


Quanto à minha dúvida... Epá.. a sério... o nosso sistema de saúde falha tanto em determinados diagnósticos, carago...
Por outro lado, sabe-se perfeitamente que para Grande como tu, há sempre, pelo menos, um minúsculo a reclamar da sombra. Né? É pois.

Imagem de perfil

De Gaffe a 26.09.2017 às 15:57

Não é gentileza. Penso exactamente o que digo.

O SNS não falhou assim tanto! o problema é que o(a) paciente - escolhes o género mais óbvio - entrou em negação e recusa qualquer medicação, porque são os outros todos os culpados e doentes.

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD