Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe intérprete

rabiscado pela Gaffe, em 12.04.17

A Gaffe descobriu há um tempo - tem andado sem ele - que existem cavalheiros pagos regiamente que afirmam dominar a leitura da linguagem corporal das gentes que vão observando, sendo capazes em consequência de interpretar o que realmente as vítimas incautas querem dizer ou fazer. São peritos na ciência dos maneirismos e tiques de todos os que tentam esquivar-se do escrutínio das massas, manipulando o que declaram, esquecendo que são atraiçoados pelo cotovelo mal colocado, pelo erguer da sobrancelha esquerda, pelo cruzar dos braços, ou pelo espreitar o parceiro através do erguer da pupila acima das lentes.

Uns mágicos capazes de afirmar que o sisudo gestor do potentado está a fugir ao fisco, porque olha com placidez as unhas quando nega o facto e - porque arranha os pecadilhos com muita subtileza -, tem escondida uma fortuna nas Caimão.

 

A Gaffe decidiu experimentar este tão interessante universo e concluiu que a verdade é como Deus. Está nos detalhes.

 

Após registos vários em Excel e cálculo estatístico demoníaco, a Gaffe encontra-se apta a fornecer, através da leitura de duas expressões faciais dos rapagões, o modo como desvendar as masculinas asneiras que pretendem ocultar da nossa linha de acção correctiva.

 

I

1a.jpg

 

Partiu a jarra da dinastia Ming que nos ofereceram no aniversário e tentou colá-la com UHU, ou Super Cola 3; escondeu-nos o comando da televisão, porque vai ser transmitido o jogo Benfica-Sporting e sabe que escolhemos sempre a Paula Moura Pinheiro e as séries escandinavas do canal 2; usou todo o nosso creme depilatório nas axilas e deixou-o sem tampinha, tombado ao fundo do armário com o bocadinho que sobrou a manchar a superfície, e espera que acreditemos que foi lapso nosso colocá-lo ali sem estar fechado, ou esbardalhou a cerveja no sofá e sentou ali o gato para que pensemos que a culpa é nossa por não abrimos a porta ao bicho - eu bem dizia que um gato não era boa ideia - para o bicho fazer xixi.  

 

II

2a.jpg

 

Foi descoberto.

E temos sempre razão.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 rabiscos

Imagem de perfil

De Corvo a 12.04.2017 às 15:37

Ná ná não! Este não conta.
E mais! A culpa é toda sua!
Ficou traumatizado com o espécime de baixo e perdeu o tino.
Até eu fiquei, que sou um gajo ponderado e de juízo a toda a prova.
:)))
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.04.2017 às 15:55

Não fiquei traumatizada com o menino de baixo!
Até gostei bastante ... ... "dentro do género".
Imagem de perfil

De Corvo a 12.04.2017 às 16:07

Pois não! Tudo indica que não ficou traumatizada.
...Mas ficou ele! Pobre rapaz que vai ser difícil acordar do pesadelo.
Olhe! Vá contando com mais coisas dessas, cerveja, cremes e afins porque limpar a cabeça do coelhinho de baixo não vai ser tarefa fácil, não!
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.04.2017 às 19:47

Estão mais do que habituados a usar tolices.
:)
Imagem de perfil

De Kalila a 12.04.2017 às 17:56

Ahahahahahahahah!
Cuidado que essa ciência não é exata...! E o gato mijão é uma versão deliciosa do mordomo culpado, até pode partir jarras de toda e qualquer dinastia! Os gatos são sempre boa ideia, até os que usam depilatório! :)))))
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.04.2017 às 19:44

Não sei sequer se é considerada ciência.
:)
Gatos, escolho os mais peluditos.
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.04.2017 às 19:39

Confesso-te que estou um bocado cansada destas expressões de "se me apanhas, comes tudo", que ainda por cima têm uma versão feminina mais que publicitada.
:)
O rapagão é muito parecido - mas para o fracote - com um actor espanhol que estava incluído na série "Príncipe". Esqueci-me do nome, mas está contemplado no "animatógrafo".
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 12.04.2017 às 20:36

Ruben Cortada de sua graça.

Mas deixa - me que te diga que não acho que o Nyle di Marco lhe fique aquém. Quanto a mim até tem um encanto extra : é mudo.
(e eu que sempre achei que não saber linguagem gestual era uma grande falha minha. Finalmente percebi porquê. )

; )
Imagem de perfil

De P.P. a 13.04.2017 às 03:24

As imagens e o texto estão hilariantes. Adorei!
Contudo, nessa ciência abordada (não concordo com o termo "ciência") tenho encontrado algumas verdades. Algumas!
Imagem de perfil

De Gaffe a 13.04.2017 às 09:43

Sim.
Mas os casos em que se verifica alguma razão, partem de um ramo específico e especializado da Psicologia. O que produz "profilers" e não se baseiam em denominadores comuns.
Os outros são intuições - quando muito conhecimento empírico - contextualizadas. Corar, por exemplo, normalmente significa que se está embaraçado. Se contextualizarmos a ocorrência, temos muitas hipóteses de acertar.
Há também o caso que recorre ao provérbio, na sua versão africana, "tantas vezes vai o cântaro ao rio, que tem dias em que traz a água".
;)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 17.04.2017 às 22:42

Só consigo rir-me com o ar de espanto do descoberto.
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.04.2017 às 09:58

É comum a todos.
;)

Comentar post






  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD