Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe nas premissas

rabiscado pela Gaffe, em 21.06.14

Um homem deve criar o seu guarda-roupa com inteligência, organizá-lo com cuidado e em seguida esquecer que existe.

Sir Hardy Amies

 

Amies, independente e arrojado, foi um dos iniciadores do pronto-a-vestir para homem, o primeiro criador a encenar um desfile de moda masculina no Savoy Hotel, em 1960 e o primeiro que fez descer a altura das calças masculinas.

O seu icónico ABC de Moda Masculina, em 1954, escrito com humor e aprumo durante um período que revolucionou o estilo masculino, torna-se referência para a moda masculina sessenta anos depois. Nele anoto:

 

É fácil pensar em moda como um fenómeno frívolo. As roupas são no entanto uma parte muito importante das nossas vidas e devem ser usadas de modo a  facilitar viver.

 

E sublinho as dez considerações que parecem tão actuais como no momento em que foram escritas:

 

1 - Contraste

Para alcançar a aparente indiferença, absolutamente necessária a um homem, em relação ao vestuário, uma das peças, no mínimo, não deve conjugar.

Se usa um fato azul-escuro, gravata com listas regimentais no mesmo tom, uma camisa azul clara e meias azuis marinho, deve, então, escolher um lenço de seda estampado em vermelho escuro com cornucópias em tons castanhos.

 

2 - Luz

Um boné só é usado correctamente se tiver um padrão claro e limpo. Se desobedecer a esta premissa apenas adiciona uma pitada de sombrio ao rosto de um homem.

 

3 -  Alternância

Em primeiro lugar, deixe que as suas roupas descansem. Não use um fato ou os mesmo sapatos dois dias consecutivos. Ambos, tecido e couro, precisam de tempo para respirar.

 

4 -  Aroma

Não acho que exista uma mulher que não goste de um perfume de homem, mas certifique-se que a sua escolha vai para um aroma tão distante quanto possível do tipo de perfume que ela usa. Não necessita obrigatoriamente de algo limpo e floral.

 

5 - Italian Style

Os italianos têm um ar de superioridade masculina matizada por uma graça quase feminina, muito bem sucedido no jogo da atracção sexual.

 

6 -  Roxo

Não vejo utilidade nesta cor, excepto nas gravatas, meias e lenços. Se sabe como usá-la, então preciso de ajuda. Se desconhece o modo certeiro de usar o roxo, então desista.

 

7 - Preço

É claro que paga a etiqueta, mas não há nenhuma outra forma de a criar se não a pagar!

 

8 - Fumar

Não fume! Fumar tornou-se como uma questão privada, como assoar o nariz. Há modas nos gestos como as há nas roupas.

 

9 - Estilo

Para alcançar o estilo, deve sentir-se perfeitamente feliz e relaxado dentro do que veste. O que vestir deve fazer parte de si e não parecer um aglomerado de peças que vestiu.

 

10 -  Roupa interior

Deve ser tão limpo e tão minimal como divertida.

 

A casa Amies apresentou a sua colecção Primavera/Verão 2015 no Savile Row HQ e fez desfilar um allure retro de listras cítricas, estampados e alfaiataria Inglesa clássica que revisita o criador de 1970. Jaquetas de inspiração militar e casacos de vela em tons pastel, blusões e parkas de bolsos de chapa em verde pistacho e azul cambraia.

 

Creio que as premissas que nos são dadas ver foram respeitadas. 

Fotografia de Rosaline Shahnavaz

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 rabiscos

Sem imagem de perfil

De louco de lisboa a 21.06.2014 às 10:20

Bem... vou-me vestir!
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.06.2014 às 13:54

Hum...
Nem sempre essa decisão é a melhor.

Comentar post






  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD