Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe plana

rabiscado pela Gaffe, em 27.09.17

denis sarazhin.jpg

Tédio despropositado.

Os lençóis agarram o meu perfume e a minha nudez espalhada é indiferente ao espelho.

A minha cama sempre pareceu um ninho de um bicho espalhafatoso e exuberante. Nunca consegui dormir de forma calma. Envolvo-me e rebolo no sono e no sonho e destruo a primorosa obra das manhãs tardias em que os lençóis se dobram, se alisam, se amaciam, se distendem, se prendem e engomados dispersam o perfume lavado dos amanheceres mais claros.

 

Mas hoje acordei e tudo era perfeito. Como se ninguém tivesse dormido na véspera. Como se fosse dia de amante noutro lugar. Nenhum vestígio de ruga, nenhum cataclismo surdo e mudo e inconsciente. Nenhum tumulto, nenhuma multidão amorfa de panos misturados e confusos.

 

Em mim o tédio invade até as noites e faz aquietar as ondas do meu sono.

Durmo na planura da indiferença e na suspensão apática daqueles que desprezo.

 

Imagem - Denis Sarazhin

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


13 rabiscos

Imagem de perfil

De Fleuma a 27.09.2017 às 16:21

Pequeno, pequeno pedaço de escuridão.

Daqueles pequenos pedaços de escuro que apenas habitam na alma dos que não conseguem dormir sossegados.

Vou sempre preferir esta sua arte de escrita marginal e de sombras; tão diferente de outras palavras que habitam neste local.

Sem desprimor, claro. Apenas tem a ver com estados de alma. E este é o meu preferido.

Gosto deste tédio ...

Imagem de perfil

De Gaffe a 27.09.2017 às 16:36

Mas a escrita é feita de sombras. Mesmo a que aparentemente tem chispa de cor. Há sempre um lado obscuro que trespassa o que dizemos e escrevemos. É aquele que tentamos esconder com risos e vulgaridades.

Eu sei, meu querido Fleuma, que é este o meu lado lunar que mais o esconde.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 27.09.2017 às 19:08

Sou uma ' ssoa coerente. Até quando durmo.

Estás a ver um casulo de bicho da seda que tem lá dentro a lagarta em processo de metamorfose? Pois bem. É o exemplo mais aproximado do que se passa na minha cama enquanto durmo.
Eu ensino:

1- dou voltas e mais voltas até que me viro de barriga para baixo que é a única posição que adormeço.

2- começo a tecer o casulo com o lençol enrolado ao corpo , dando várias voltas na cama.

3- o processo fica concluído quando o marido fica sem nada com que se cobrir (e eu mumificada).

Agora imagina este cabelinho de manhã...
Pois.
: /

Imagem de perfil

De Gaffe a 27.09.2017 às 20:15

:)))
Tão bom!
Tens de dedicar um post a esta aventura!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 27.09.2017 às 20:46

Não é aventura. É rotina.
:))))

(Vou pensar na tua dica para o post)
Imagem de perfil

De Gaffe a 27.09.2017 às 21:41

Então transformas a rotina em aventura.
:)))
O teu comentário é um post.
:)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 27.09.2017 às 22:12


As minhas palavras não são nada, comparadas com as suas, para confirmar as voltas que dou na cama e as noites mal dormidas.
Sou um pouco como a 'ssoa, com a diferença que não deixo o marido sem roupa.
Imagem de perfil

De Gaffe a 28.09.2017 às 09:29

Há noites assim.
Eu deixo sempre o rapagão sem roupa ... ... ...
;)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 28.09.2017 às 12:39

Os rapagões costumam ser quentes, não precisam de roupa.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 28.09.2017 às 14:36


Gosto de ser marota.

Imagem de perfil

De David Marinho a 28.09.2017 às 01:59

maravilhoso!
Imagem de perfil

De Gaffe a 28.09.2017 às 09:30

Merci!
:)*

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD