Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe por entre os vidros

rabiscado pela Gaffe, em 23.03.17

396.jpg

Os sons da chuva entram pelo impossível laqueado das janelas.

Atravessam os vidros, as minhas pálpebras e entram no interior dos meus olhos. Sons visíveis.

Lembram flores. Flores que se abrem num espaço que dura apenas o tempo de assomo do meu espanto à janela.

 

Daqui vejo o mar. Parece um mimo. Mudo. A gesticular em modos de afogado.

Descubro que por entre as minhas janelas intransponíveis há intercepções de águas de línguas diferentes e é neste maravilhar que me emudece que pouso as minhas mãos e lavo os olhos.  

 

Fotografia - Sara Facio

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


19 rabiscos

Imagem de perfil

De Fleuma a 23.03.2017 às 15:40

Isto.

Este surrealismo embala. É perigoso. Porque obriga ao pestanejo e ao pensamento.

Pequena preciosidade.

Saúde,
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.03.2017 às 15:56

:)
Receio permanecer demasiado tempo de olhos fechados.
Imagem de perfil

De Fleuma a 23.03.2017 às 16:33

Não, não.

Trata-se de uma virtude. Fechar os olhos e ainda assim não ser cega.

E acredito, sinceramente, que só fechando os olhos se consegue esta escrita.

Tudo o resto escreve e escreve. De olhos abertos. Sem pestanejar. Restos.
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.03.2017 às 20:59

Tenho de ser vendada demasiadas vezes.
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 23.03.2017 às 16:12

Confesso que ainda estou a processar o texto... e a imagem...
Mas estão conseguidos e terão o seu significado...
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.03.2017 às 20:56

Não processe.
Nao tenho como o defender.
:)
Imagem de perfil

De Kalila a 23.03.2017 às 16:55

O mar a afogar-se?! Ah, deixou-o ler isto antes de publicar!!!...
(se é o da inveja vamos morrer todos)
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.03.2017 às 20:58

Às vezes deixo que o mar leia o que escrevo. Nem sempre aprova.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 23.03.2017 às 18:41

Tenho para mim que a capacidade que tu tens de ,em poucas linhas, dizer o que leva o resto do comum dos mortais horas a pensar é tão inata como a capacidade que tenho de ver coisas em que mais ninguém repara e fazer disso uma galhofa.

Só neste mundo é que duas criaturas tão diferentes como nós se poderiam cruzar e ficar...próximas.
Gosto,cada vez mais, destas...felizes coincidências.
;)*
Imagem de perfil

De Gaffe a 23.03.2017 às 21:00

É simples: reconhecemo-nos.
Imagem de perfil

De Corvo a 23.03.2017 às 22:43

Esta menina às vezes sai-se com cada uma.
Olhe, alguém que processe isto que eu não chego lá. Não vou dar cabo dos poucos neurónios que me restam.
Para não fazer fraca figura faz de conta que nem estive cá. Ou estive mas entrei mudo e saí calado.
Fui.
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.03.2017 às 00:29

Mas é tão fácil!
Imagem de perfil

De Corvo a 24.03.2017 às 09:45

Fácil para si. Eu só vejo o mar a afogar-se
Estou mesmo a ver daqui a nada o fogo a queimar-se.
:)))
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.03.2017 às 11:25

Mas não é raro o fogo arder.
Imagem de perfil

De Ametista a 23.03.2017 às 23:58

Muito bom!!!
Fiquei sem mais palavras...
Imagem de perfil

De Ametista a 24.03.2017 às 00:00

Não serás tu 'um pequeno caso sério'?
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.03.2017 às 00:29

Creio que não. Não sou sequer um caso.
:)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 24.03.2017 às 19:10

(peço desculpa pela intromissão )

A ser um caso sério, a Gaffe será sempre GIGANTE .
; )
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.03.2017 às 20:29

Não!
Depois não há tamanhos que me sirvam!
:)))

Comentar post






  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD