Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe quintinada

rabiscado pela Gaffe, em 04.07.17

1.gif

 

A Gaffe considera que retirar a possibilidade de ficar maravilhada ao ver as borboletas frágeis que batem asas nos comentários que vai lendo e ouvindo por aí, é uma barbaridade. Uma criatura tem o direito de se espantar de quando em vez com o lado negro da força e de se sentir uma deusa ao imaginar o cérebro dos que originam estes deslumbres que, embora macabros, não deixam de nos apontar a dimensão que pode atingir o buraco negro onde vastas vezes se enfia parte da humanidade.

 

Exactamente por tal, a Gaffe está solidária com Quintino Aires.     

 

Este menino é um ídolo. Um dos seus maiores fornecedores de embasbacamentos. Vai e vem, vem e vai, e neste ir e vir entrega ao povo uma surpresa.

 

Para além de considerar que andar atrás das galinhas e das cabras e das vacas com intuitos menos cavalheirescos, com intenções menos próprias, com impulsos mais libidinosos - sem sequer as levar primeiro a jantar e descartando a elegância de lhes telefonar depois a dizer como foi importante aquela noite à luz da lamparina campestre -, consubstancia uma comunhão com a natureza, Quintino Aires revela que são os ciganos, a esmagadora maioria da ciganagem, a traficar droga e a esbardalhar esquinas com as costas preguiçosas e manhosas.    

 

A Gaffe acredita que conhecer biblicamente uma galinha ou uma ovelha, não é de todo a imagem que se lhe depara de uma noite badalhoca no Hilton, mas já admite que uma vaca não é de estranhar nestas posições, tendo em consideração a quantidade de bovinos que por lá vão passando. Quintino Aires provavelmente referia experiências passadas que eventualmente lhe foram narradas por um ou outro paciente seu, muito ecológico e mentalmente em comunhão com a Mãe Natureza que tanta gente diz ser uma cabra.   

 

Tendo em conta a profissão do seu rapagão e tendo-o já apanhado com o braço enfiado até ao cotovelo no pipi de uma vaca, a Gaffe vai prestar mais atenção às mensagens e aos contactos no telemóvel do homem.

 

A Gaffe, como é sabido, é chique. Não se aproxima dos ciganos. Escolheu mesmo a plataforma SAPO para albergar as suas elegantes divagações exactamente pelas razões que se adivinham.

Como criatura elegantíssima que é, só trata da maquilhagem do nariz na Linha. Desconhece portanto os negócios do povo nómada que nem sequer sabe traçar um turbante em condições e que não distingue um tapete Balúchi de um Gabbeh, porque os rouba sem qualquer critério estético. Não lhe interessam os pobres que vivem em tendas cobertas por lonas, sem qualquer intervenção de Gracinha Viterbo, e que permitem que 75% da sua comandita engane as pessoas civilizadas com porcaria dos chineses.

É evidente que o pó da Comporta é muito mais fino e trabalhado.

 

No entanto, a Gaffe ficou desta vez muito assustada com Quintino Aires. O maravilhoso profissional de psicologia afirmou que quem fuma charros em demasia - ou coisa que o valha, porque nestes casos há fogos sem fumo -, sobretudo os vendidos pelos ciganos, mais cedo ou mais tarde acaba na cama com uma pessoa do mesmo sexo. Com grandes hipóteses de ser com o dealer - a Gaffe acrescenta, pois, tal como ela, toda a gente de bem conhece a tendência que estas criaturas têm para a vida fácil.

 

O susto ficou acoplado às dúvidas existenciais que a assolaram de imediato:

 - E o inverso?

- Será que uma rapariga que vai para a caminha com outra, caminha em direcção à droga? Será que cedo ou tarde ilustrará o título da obra de Miguel Sousa Tavares transformando-se numa Madrugada Suja?  

- Será que um rapaz que acaba na cama com outro numa Sexta-feira à noite vai na manhã seguinte injectar morfina na pila? Ou será que aproxima o rabo de uma linha de coca só para se esquecer como lhe dói a vida?

 

São questões pertinentes e deveras preocupantes que devem ser esclarecidas por Quintino Aires numa das suas próximas aparições no programa de Cristina Ferreira, já que Goucha provavelmente estará no camarim todo mocado.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 rabiscos

Imagem de perfil

De Fátima Bento a 04.07.2017 às 17:41

Fiquei sem palavras.

Jura que é tudo verdade, que o anormal disse essas barbaridades todas????

Ascendi a outro nivel, pessoal e intelectual.
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.07.2017 às 18:03

Custa acreditar, não é?
Mas é verdade. O homem disse realmente o que aponto e com uma convicção inabalável e com um público muito específico, nem sempre critico, a ouvir.

O homem continua a deter a carteira profissional. É ainda psicólogo. Ainda tem pacientes. É realmente assustador.

Há distorções que me custam muito tentar perceber.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 04.07.2017 às 23:37

Nem nos meus mais hilariantes devaneios pensei que me pudesse divertir tanto à conta do Dr. (boca de charroco) Quintino Aires.
Brilhante minha amiga, brilhante!
;)

E para terminar em beleza , aqui fica o próprio no seu melhor:

http://dioguinho.pt/wp-content/uploads/2015/08/n35345sdfs.jpg

Imagem de perfil

De Gaffe a 04.07.2017 às 23:52

O homem é tão estranho!
:)))
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 06.07.2017 às 23:13

Ahahah, boa imagem!
Não gosto deste homem, é irritante, tem a mania que é bom, e imagino que na intimidade deve ser um nojento.
Só de pensar na saliva que ele segrega...ou será que é tique da boca?

Comentar post



foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD