Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe numa questão de números

rabiscado pela Gaffe, em 14.02.17
 
.
- Nem sequer sabes o número do meu telemóvel - diz muito de mansinho o rapaz. Depois sai e leva a desloação debaixo do braço como se transportasse um pássaro preso. 

Arrasta uma tristeza tão suave e tímida que parece saída de um conto de fadas.

 

A Gaffe não sabe o número do telemóvel do rapagão e esquece-se de lhe dizer que ele tem 126 pestanas na pálpebra esquerda e 145 na pálpebra direita.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe num gesto

rabiscado pela Gaffe, em 14.02.15

dia dos namorados.jpgNinguém vos pede, rapazes, que este dia seja de diamantes e tulipas, embora a aliança entre carbono puro e lapidado e a cor de drama de veludo destas flores fosse das mais perfeitas.

Basta a gentileza de um beijo onde menos se espera.

Façam com que hoje a primeira rapariga desconhecida que se cruzar convosco se sinta a namorada do Universo.

Às vezes, basta-nos que um inesperado beijo vosso nos enfeite as mãos dos dias.  

É lamentável que nos ofereçam apenas gestos de pechisbeque que nunca podemos usar nas recepções!   

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe disfuncional

rabiscado pela Gaffe, em 13.02.15

fernando-vicente.jpgA Gaffe acha por bem recordar que no 14 de Fevereiro também se comemora o Dia Mundial da Disfunção Eréctil.

Anota no entanto que não é de bom-tom unir na mesma data duas estopadas antagónicas.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe e um petiz

rabiscado pela Gaffe, em 14.02.14

Às vezes o Amor é como um miúdo tonto que fica preso nas teias e telas do Império. Basta a ríspidez da vida para que desate a chorar e se desfaça. 
Mas torna-se admirável sempre que nos agarra a mão e nos entrega a sensação de eternidade em troca de nada e nos faz sentir que somos, desde o princípio, naturalmente capazes da indiferença, mas que amar exige uma árdua aprendizagem.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe namoradeira

rabiscado pela Gaffe, em 14.02.14

 photo alicebtoklastogertrudestein-1.jpg

Há na alma uma sala pasmada que se fecha com estrondo, connosco lá dentro, quando descobrimos que a única carta de Amor que queremos escrever não tem destinatário.


Entra! Senta-te comigo. Há um lugar vago mesmo junto a mim.

Hoje podemos fingir que somos o destino um do outro.

(Não faz mal. Ninguém se importa!)

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe e Cupido

rabiscado pela Gaffe, em 14.02.13

Tenho um amigo querido que me diz que Cupido é um débil mental pronto a disparar o que não controla, sem nenhum sentido de orientação, sem a mais pequena réstia de bom senso e sempre disposto a alçar a patinha nas nossas pobres almas atingidas.

Suponho que tem razão.

Acredito, no entanto, que esperamos sem interrupção que este doidivanas nos surja de repente e que nos faça sentir o que no mais perdido de nós desejamos sempre: as coisas mais simples, mais claras, mais límpidas, essenciais e únicas, como terra, água, ar, noite, dia, casa, árvore, pássaro, livro, um cão e, apertado num jeans, um rabo lindo de nos fazer cair para o lado comovidas.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


foto do autor








Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD