Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe num clássico

rabiscado pela Gaffe, em 05.01.17

 

Enviado à Gaffe por um menino com um belíssimo gosto, a Burberry prova que a elegância mais perene usa as suas cores.

As da Gaffe e as da marca.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe Marlboro

rabiscado pela Gaffe, em 11.12.16

MARK.jpg

 Não há nada como o homem Marlboro dos catálogos antigos.

Bem sei que o público-alvo era constituído por rapagões deste calibre ou que dele se tentavam aproximar, mas valha a verdade, os publicitários da Marlboro sabiam o que faziam. Os antigos catálogos estão cheios de homens que parecem a sério. Nada de frágeis andróginos e hermafroditas. Era só passar os olhos pelas páginas para que nos sentíssemos satisfeitas e prontas a correr para uma loja onde, quem sabe, talvez encontrássemos à porta um exemplar encostado ao carrito de calças amarrotadas, casaco de couro com um ar vintage e com uma alma de lenhador toda bonita que adivinhávamos com facilidade. Não era provável, as hipóteses eram quase nulas, mas havia uma esperança secreta e sempre alimentada por quem era bom a fazer publicidade.


Neste momento, os meninos que fazem as delícias das passerelles não são mais do que bonecos de plástico depenado, com olhinhos de cão ou de gatinho e corpo reluzente, sem um pêlo. Não alimentam. Não são capazes de povoar um sonho mais encorpado. Uma pobreza toda igual. Não adubam ninguém.


Sou uma rapariga muito sensível a estas nuances publicitárias.

 

A velha Marlboro, pelo menos, cheirava a macho. Podiam perfeitamente estar todos a usar - no interior oculto do nosso desejo -, lingerie de renda vermelha com ligueiros cor-de-rosa que uma rapariga perdoava e agradecia o exterior.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe com Shiseido

rabiscado pela Gaffe, em 19.06.16

 

Não consegue ultrapassar a imagem de Marilyn a dormir nua, tocada apenas pelo n.º 5, da Chanel, mas prova que com Shiseido qualquer um pode ser bonita.

 

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe paradisíaca

rabiscado pela Gaffe, em 05.03.16

 

Chega até mim, pela mão daquele que em segredo me agrada ousar pensar ser o meu secreto admirador, uma espécie de fim-de-semana repleto de paraísos.
Tenho de verificar se todos usam as jóias certas, que não sendo as britânicas, me ficam bem se as colocar no corpo.


Não é fácil pesquisar nos relances destes corpos, pecados comprometidos com o paraíso, mas há sempre indícios e pistas e rastos de um suor estranho, de um discreto arranhão, de um olhar suspeito e de um perfume a pousar no corpo errado.
Sou perspicaz e muito atenta a todos os sinais de brilhos escondidos e, confesso, agradam-me sempre estas procuras, porque são morosas, meticulosas, lentas e sobretudo porque me dão prazer. Um prazer medonho que alaga as velas e desfaz as ondas.
Procuro. Merece sempre a pena sermos aprendizes.
Há ensinamentos que são como a maçã: trazem a serpente como cúmplice e um paraíso que se oferece ao nosso.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe litigiosa

rabiscado pela Gaffe, em 30.01.15

GIVENCHY.jpgApós Cláudio Ramos ter abalado irrecuperavelmente a Tiffany’s acusando-a de o ter plagiado - revelação que levou à demissão e ao suicídio de uma significativa parte dos criativos da joalharia, retirada do mercado toda a colecção de alianças para meninos que gostam de meninos e à apresentação de desculpas formais unidas à promessa de nunca mais se dirigir a este querido - as moçoilas de Viana ponderam processar a Givenchy pela mesma razão.

Ou há respeitinho, ou comem todos. 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe arrebatada

rabiscado pela Gaffe, em 16.01.15

dolce-gabbana-spring-2015-backstage-makeup.jpgÉ um erro colossal ficarmos desatentas à colecção Primavera/Verão 2015 de D&G.

O deslumbre é imediato. Nada é descurado na perfeição que invade um cenário espanhol.

A cor escarlate trespasse o palco e o calor das terras de Espanha espalha-se pelos corpos quase num desafio de arena e de touros, de flamenco e de flores de carne rubra.

É impossível ficar indiferente, porque a opulência é uma mulher fatal que se apossou do mistério do ondular das capas dos toureiros.

Belíssima! Para render Hemingway.

Dolce+Gabbana+Spring+2015+Details+7PrR9vDtnDfx.jpg

Ver mais )

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe despachada

rabiscado pela Gaffe, em 03.12.14

Moschino.jpgUma rapariga esperta sabe sempre desenvencilhar-se quando o seu guarda-fatos lhe mostra os dentes, rugindo e impedindo as decisões matinais, fulcrais para encher de glamour os dias mais hesitantes.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe autorizada

rabiscado pela Gaffe, em 03.12.14

Casa Cartier.jpgSe a Maison Cartier já nos aparece neste estado, podemos então esbardalhar por todos os lados todas as luzinhas de Natal que nos aprouver sem deixarmos de ser BCBJ.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe beringela

rabiscado pela Gaffe, em 20.11.14

Burberry cashemira.jpgA Gaffe admite que o bege da Burberry se torna maçador escancarado por tudo quanto é peça. A marca não agrada a esta rapariga esperta, mesmo reconhecendo que as carteiras, as gabardinas e os guarda-chuvas são realmente muito bonitos.

Uma ruiva embrulhada em Burberry, toda bege às risquinhas cruzadas, parece sempre uma cenoura anã que se enfiou num cone de um sorvete de baunilha.

No entanto, a proposta maravilhosa da grife para o Inverno 2014 é também beringela!

Linda de morrer!

A amplitude das peças maiores contrasta com a reserva das de pormenores texturados e de cor complementar. O ruído largo dos casacos é atenuado com o silêncio elegante das calças ou das saias e a junção de peças interiores com um allure quase primaveril faz que a proposta conquiste definitivamente uma rapariga esperta.

Depois, no meio destas cores e destas formas, quem se atreve a declarar que destoa uma cabeleira ruiva e aos caracóis?!

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe Dvine

rabiscado pela Gaffe, em 07.10.14

O ideal é deixar falar esta equipa d’ouro sem intervir com considerações que acabam por se tornar desnecessárias.

São seis raparigas espertas as que controlam a Douro Skincare com o apoio da Universidade do Porto, nomeadamente com o Departamento de Engenharia Química da Faculdade de Engenharia,  centrando-se na pesquisa do potencial antioxidante de compostos flavonóides bioactivos, naturalmente presentes em uvas de castas nativas do Douro, que não tendo ainda aplicação em cosméticos possuem um perfil bioquímico que permite antever potenciais aplicações biológicas benéficas no combate ao envelhecimento da pele.

Actuam portanto na área da Cosmética Biológica Selectiva, através da criação, desenvolvimento e produção de linhas de produtos que se baseiam em matérias-primas emblemáticas da Região Demarcada do Douro e que sugerem uma Cosméticos de Fusão, uma nova geração de cuidados de pele, que concilia a pureza da cosmética biológica, com a performance e a eficácia da cosmética clássica, culminando numa filosofia de Luxo Sustentável, onde a ciência e a natureza privilegiam sempre o respeito pela pele e pelo ambiente.

 

Extracto de uva biológico certificado, óleo de uva biológico certificado, resveratrol de uva em elevadas concentrações, ouro de 24 quilates, água floral de uva, ácido hialurónico, coenzima Q10, vitaminas A e C são alguns dos ingredientes que nos levam a uma total bebedeira de prazer.

 

Vamos perder esta excelente prova de beleza servida ao som dolente das canções dos socalcos vindimados?

 

Douro Skincare - UPTEC BIO - Parque da Ciência e da Tecnologia da Universidade do Porto

Rua Alfredo Allen, 455-461 - 4200-135 Paranhos - Porto 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe desiludida

rabiscado pela Gaffe, em 01.08.14

A Primavera-Verão 2015 de Saint-Laurent é uma desilusão.

Uma mistura de Midnight Cowboy e de Bee Gees, com um travo a hippie debruado a John Lennon.

Absolutamente deprimente.

Caso Yves Saint-Laurent assistisse ao desfile acabrunhante da sua grife (e espero que não o encontrar no meio dos espectadores, porque tenho algum receio de múmias) creio que se sentiria humilhado e desalentado perante uma colecção pouco inteligente, confusa, de certo modo fácil, vivendo apenas de cores soturnas e de tecidos elaborados e claramente excessivos e pesados.

 

Pelo menos faz com que sintamos saudades da Deneuve.

Ver mais )

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe essencial

rabiscado pela Gaffe, em 31.07.14

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe na alta-costura

rabiscado pela Gaffe, em 03.06.14

A Casa Chanel informou que iria dispensar cerca de 10% do seu pessoal. O número é oficial e está evidentemente falseado, porque é maior. Os despedimentos atingem, como é lógico, o pessoal menor, ou seja, as meninas e os meninos das diferentes lojas espalhadas por aí. 
Tenho de admitir que apesar de não serem dos piores (as pretensiosas da Casa Cartier só nos atendem depois de nos avaliarem por uma janelinha), não lamento estas criaturas. 
São todas pedantes e acham-se todas encarnações da fundadora da Casa. Olham para nós, mortais, como se estivessem com luvas cirúrgicas enfiadas nos olhos e há algumas que se atrevem a recusar mostrar aquela tralha toda chic porque consideram (e dizem-nos descaradamente) que o preço nos transcende.
Quando comprei o presente de aniversário para a C. tive de me enfiar na Hermès. Esperei uma data de tempo que um rapazinho todo aperaltado e maneirinho se dignasse olhar para mim. Depois de me ter avaliado pelo canto do olho, decidiu que me devia ignorar durante cerca de dez minutos. Andou de lado para lado a arranjar coisinhas nos escaparates e a dobrar uns lencinhos minúsculos que juntos valem mais do que aquilo que ele ganha numa década e só quando comecei a mexer e a desarrumar tudo o que estava alinhadinho é que se dispôs a perguntar-me se podia ajudar. 
- Podias, seu patego, há dez minutos atrás, mas agora quero que enfies as tampas dos perfumes onde te doer menos. Vai dobrar paninhos, seu maricas afectado. 
Isto fui eu a pensar, porque me limitei a dizer o que queria com uma cara de quem tem dinheiro, ou seja, com cara de moreia presunçosa.  
O rapaz convidou-me a sentar numa poltrona e começou a abrir uma data de lenços na minha frente como se fosse uma odalisca ensandecida. Disse-lhe o que estava disposta a gastar e o imbecil mandou-me levantar e dirigir-me à menina ao lado. A mulher atendia os pobres.  
Vi-me doida para a fazer entender o que queria porque a sofisticada parola insistia em me mostrar apenas o que era equivalente a uma parte substancial do meu ordenado. Acabei por largar um terço do dito. A C.merece (e lembro que eu também faço anos...).
Por estas, e por outras, é que me me estou nas tintas para estes despedimentos e para dizer a verdade, gostava imenso de apanhar o rapazinho que me fez levantar o rabo da poltrona Hermès para o convidar a pousar o dele nos banquinhos dos jardins onde se sentam os outros desgraçados, esses muito mais trágicos, que estão desempregados e não arranjam coragem para voltar para casa, nem meia dúzia de euros para comprar lenços de papel.

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe nos desfiles

rabiscado pela Gaffe, em 07.03.14

De Paris a Jacarta, há sempre por todo o lado desfiles onde a beleza, o bizarro ou o divertido se juntam a oos outros adjectivos que povoam a criatividade dos que comandam ou tentam controlar o nosso desejo.

Se a Gaffe conseguísse passear à velocidade da luz, escolheria estes:

Lina Sandberg nos bastidores de Lena Hoschek – Outono/Inverno 2014 durante a  Mercedes Benz Fashion Week, Berlim, Jan/14/2014. (foto de Markus Schreiber)

Lentes azuis para o desfile de Patrick Mohr – Outono/Inverno ,2014. Mercedes Benz Fashion Week, Berlim, Jan/14/2014. (foto de Markus Schreiber)

Ver mais )

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe e a estrelinha

rabiscado pela Gaffe, em 21.02.14

Aila Wang, sobrinha de Alexander Wang, uma vedeta de três anos, absolutamente fabulosa, capaz de diluir num instante qualquer rapariga esperta que se atreva a desfilar perante o charme da nova estrela guia de toda a fashion victim.

ver mais )

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


foto do autor




  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
JIFR-J5MR-Y1XR-YACD