Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe alentejana

rabiscado pela Gaffe, em 08.01.13

Numa traição sem consequências ao meu gentil SAPO, decido hoje escolher um blog alojado fora do alcance do meu querido batráquio.

O beijo, breve e leve pertence a um alentejano, aldeão e rude, que me apetece ouvir, como rapariguinha amainada, com a cabeça pousada no peito deste homem, calada e quieta, amornada e balanceada pelo som do que me lê, com os braços como ninhos a acolher-me, ruiva, no loiro da planície.

Às vezes a Gaffe é tão menina!

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


4 rabiscos

Sem imagem de perfil

De Salvador a 08.01.2013 às 14:58

Porra (Interjeição que está para o Campo como o 'Ui' está para a Cidade)! Por esta é que eu não esperava, Moça.  Embaraçado, agradeço a gentileza do (imerecido) destaque. Já disse que é uma exagerada do caraças, não disse? rsrsr


(E venha, sim. O Alentejo, dentro de um abraço, pode ser o melhor local do Mundo. Como primeira leitura, sugiro o que estou a ler neste momento: O Eterno Efémero, do Urbano Tavares Rodrigues. Parece-lhe bem?) ))
Imagem de perfil

De Gaffe a 08.01.2013 às 15:15

Quero primeiro acabar "A História do Amor" de Nicole Krauss.
Depois falaremos do Éfemero.
Sem imagem de perfil

De Salvador a 08.01.2013 às 19:12

Vou, como bom alentejano, esperar deitado. Histórias em que o Amor é escrito com 'A' maiúsculo arriscam a ser leitura eterna...)) 
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.01.2013 às 09:37

Como diz um bom amigo meu:
"Só o passado é eterno"

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui