Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe vai à luta

rabiscado pela Gaffe, em 12.09.12

Debrucemo-nos com algum cuidado sobre o desporto nacional turco.

Com raízes na luta da Ásia antiga (que originou o que é hoje conhecido como Yağlı Gures - luta livre de óleo ou turca) consiste numa variante oleosa e com um sabor ainda mais alegre do que aquele que é apresentado pelo wrestling que conhecemos.

Relacionado com o Kurash Uzbeki, Khuresh Tuvan e o Koras tártaro (uma rapariga esperta sabe impressionar, mesmo recorrendo a serviços de espionagem e informação), esta modalidade faz com que os lutadores, conhecidos como pehlivan (herói ou campeão) usem um tipo de calças de couro grosso, costuradas à mão, o kisbet (ou kispet), tradicionalmente feito em pele de búfalo, e, mais recentemente, em pele de bezerro. O azeite ou óleo de oliva puro, que lhes cobre o corpo dificulta muitíssimo qualquer tipo de golpe, restando os locais onde, com alguma sorte, o óleo não penetrou, embora seja derramado também no interior apelativo do equipamento.

 

.

 

 Ao contrário do wrestling olímpico, este jogo oleado pode ser ganho através de uma retenção eficaz do kispet do adversário. Assim, o pehlivan, coberto de acordo com a lei islâmica (entre o umbigo e os joelhos), visa controlar a luta, enfiando o braço nas calças do oponente ou colocando e tentando manter as mãos dentro do kispet do outro guerreiro agarrando-lhe as algemas, logo abaixo dos joelhos. Vencerá de imediato se conseguir realizar o movimento Kazik (manguito tolo – neste caso, as calças podem ser puxadas para baixo ou rasgadas). – O que anula a minha perplexidade ao deparar com estes divinais matulões com as mãos ferozmente enfiadas nas calças dos oponentes: É regra do jogo. Não são libidos recalcadas que explodem de modo encapotado.

Confesso que me agrada! O Kispet é fantástico e uma rapariga tem de se entreter com qualquer coisa vagamente similar à feminina luta na lama tão apreciada pelos motoqueiros.

 photo man_zps989a72a6.png



Por força maior, os V. comentários podem ficar sem resposta imediata. Grata pela Vossa presença.


  Pesquisar no Blog