Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe da STASI

rabiscado pela Gaffe, em 27.03.18

shit.jpg

 

Mais misteriosa e de proporções gigantescas - mas desta feita compreensíveis - do que a tese de mestrado do senhor deputado que se demitiu e que já entrou no túnel negro do esquecimento, é a recorrente situação em que me vejo a perguntar o nome a alguém que está na minha frente.

Tendo em conta que não está acompanhado por vivalma, torna-se extraordinária a resposta dada pelo meu único interlocutor de ocasião que escancara os olhos e parece recear um inquérito conduzido pela STASI.

 

- Como se chama?

 

Esta é a questão dúbia, capaz de acordar suspeitas e tremores.

A resposta é sempre intrigante.

 

- EU?!

 

Chego à conclusão que o meu interlocutor acredita que o que realmente quero saber, desesperada, é o nome do intervalinho pequenino de tempo entre o seu espanto expresso num EU esbugalhado e o balbuciar do seu nome.

Tenho a certeza que existe.

 photo man_zps989a72a6.png




  Pesquisar no Blog