Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe mais coisa, menos coisa

rabiscado pela Gaffe, em 14.05.18

6a.jpg

Li algures uma tirada relacionada com o eurofestival que me deixou perplexa.

É da responsabilidade de Rodrigo Moita de Deus e tem - mais coisa, menos coisa - o título Em defesa das minorias e consiste nesta pérola:

 

- Vi um heterossexual no meio do eurofestival.

 

Mais coisa, menos coisa.

 

O difícil é tentar perceber se Rodrigo Moita de Deus se refere a si próprio, ou se avistou no evento mais um para além dele, pois que a terceira hipótese consubstanciaria a mais enviesada saída do armário que alguma vez existiu.

Não é de todo raro assistirmos aos refinadíssimos trocadilhos e floreados pretensamente humorísticos deste rapaz catapultado para o limbo dos opinion makers por erro de casting. Uma das suas antigas aventuras na área das gracinhas - potencialmente uma fabulosa admissão de culpa -, dá-nos conta da avaliação que faz da atracção sexual exercida pelos homens de direita que Rodrigo Moita de Deus considera muito mais poderosa do que a dos homens de esquerda, revelando desta forma que afinal é extremosamente marxista.

 

É evidente que não nos interessam as sexualidades do eurofestival. São todas divertidas - mais coisa, menos coisa.

O que causa alguma perturbação é termos de admitir que até nas mais tontas manifestações da tolice humana, há sempre um retorcido - e ainda por cima feio - capaz de encontrar forma de se mostrar engraçadinho atirando mijinhas pequeninas ao que não percebe, ou ao que percebe demasiado bem.

 

Mais coisa, menos coisa.  

 photo man_zps989a72a6.png



Por força maior, os V. comentários podem ficar sem resposta imediata. Grata pela Vossa presença.


  Pesquisar no Blog