Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe nas campanhas

rabiscado pela Gaffe, em 06.11.13

Propor Bárbara Guimarães, se se ficar provado o crime público de Carrilho e depois de desmontado o circo, para rosto de uma campanha publicitária agressiva contra a violência doméstica, não é de todo uma sugestão descabida. Seria muito mais eficaz e impactante (esta palavra é medonha!) do que qualquer panfleto enfiado na caixa do correio do ultraje com um slogan estafado ou do que um cartaz colado nas paredes da mais aviltante das trevas femininas. Seria apenas necessária a coragem de uma mulher humilhada.


Propor Margarida Rebelo Pinto para uma impensável e criminosa campanha inversa, também não seria de espantar. Sabemos que a rapariga aceitaria de imediato a cegueira do holofote, desde que o cartaz ficasse repleto de laços e fitinhas e que a fotografassem com muita responsabilidade civil e sem interromper o trabalho parlamentar. Seria apenas necessário ofuscar-lhe o neurónio com o barulho das luzes.       

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


3 rabiscos

Imagem de perfil

De Calipso a 06.11.2013 às 23:18

Mesmo o neurónio que tem, deve ser cego, surdo e mudo! ImageQuanto à outra sugestão... coragem gera coragem e derruba muralhas e preconceitos... Que ela fosse a haste da bandeira de uma luta, que continua ainda a ser tão silenciada, e que vozes mil se erguessem como o estalar do estandarte ao vento. 
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.11.2013 às 09:28

Acredito que seria tornar útil a brutal peixarada que estourou entre o casal. 
:)
A Guida Rebelo Pinto não é uma rapariga esperta. Definitivamente.
Sem imagem de perfil

De C. a 07.11.2013 às 14:25

Eu concordo com a MRP,  sem perceber onde está, na campanha a favor da violência, desde que seja eu a bater-lhe. Pode ser?

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui