Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe em fuga

rabiscado pela Gaffe, em 20.08.15

3a.jpgA Gaffe abandona toda a sua gelada sofisticação e fleumática indiferença quando depara com aquilo a que decidiu chamar solidariedade do pechisbeque

Nessas alturas apetece-lhe apenas agarrar numa tábua com um prego na ponta e desancar as senhoras com ar de freiras à paisana que nos átrios das instituições públicas montam uma mesinha, cobrem o tampo com um paninho engomado e espalham em cima uma caterva de pechisbeques que tentam impingir em nome de uma associação de solidariedade social que ninguém conhece, com um nome habitualmente irritante – a Lacinhos, a Brinquinhos, a Miminhos, ou os Cominhos.

 

São porta-chaves, pingentes, bolinhas, postais, esferográficas, caixinhas, livrinhos, bonequinhos, pins, mascotes e tudo o que for pequenino, irritante, inútil, feio e de plástico.

 

Arregaçam um sorriso que não faz franzir os olhos e desabam sobre nós com a insistência do mosquito nocturno que nos enferma o sono, agindo em nome dos desfavorecidos que aparentemente lhes passaram uma procuração de plenos poderes ou do planeta das crianças disléxicas, cada mais povoado por miúdos que tropeçam três vezes na bola no mesmo jogo ou que, para além de dizerem treuze, o escrevem - se os Estados Unidos produzem crianças obesas a um ritmo alucinante o sistema de ensino português vomita com a mesma velocidade crianças disléxicas. É o seu new black.

 

A Gaffe desconhece o circuito, posterior à mesinha dos pechisbeques, do parco pecúlio que esta espécie de catequista anzoneira consegue angariar. Ninguém a informa. Pode ser perfeitamente usado na compra de santinhos para oferecer durante a procissão de beneficência ou na aquisição de um vibrador para beneficio da acólita, mas, tendo em conta o ar de coruja com que a senhora fica quando vê a Gaffe esconder a carteira, descalçar os sapatos, arregaçar a saia e desatar a fugir, desconfia que é usado na compra de adubo para abastecer os obesos mentais que continuam a engolir esta dislexia social.

 photo man_zps989a72a6.png


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui