Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe de suspensórios

rabiscado pela Gaffe, em 04.06.12

Se tiverem a altura de Marques Mendes, rapazes, evitem este acessório, porque vai parecer que estão a usar os ligueiros da amante ranhosa que conseguem manter num T1 de província. Se forem crescidinhos, não os coloquem de lado, ou melhor, não os recusem sem experimentar primeiro, que de lado são eles usados.

São acessórios belíssimos e, mesmo renovados, não perdem o ar vintage que tanto encanto lhes entrega. De couro trabalhado e elásticos de torção complexa, presos a botões estrategicamente colocados, os suspensórios são peças que deviam figurar por Decreto-Lei no guarda-roupa de um homem.

São discretos, reservados, quase conservadores e, mesmo usados com a ambiguidade de uma camisa de floreado romântico, entregam uma segurança, velha e paternal, às raparigas que procuram, mesmo que inconscientemente, a figura máscula do primeiro homem das suas vidas, o pai.

É evidente que o objectivo desta demanda não é o mesmo que as faz recordar a primeira barba que lhes arranhou as bochechas, mas, meus caros, há sempre variantes mais explícitas e muito mais sugestivas e perversas (embora mais rebuscadas) que dizem o que há para dizer sem consultar ou procurar o papá.

 photo man_zps989a72a6.png


1 rabisco

Sem imagem de perfil

De Vic a 04.06.2012 às 15:06

Aí está um acessório muito do meu agrado, embora não o use com a assiduidade que gostaria. Contudo, completamente fora de causa a colocação dos botões na parte exterior das calças, perdoe-se-me o conservadorismo :)

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui