Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe confusa

rabiscado pela Gaffe, em 06.06.12

 

(Thom Browne)

Não perguntem! Creio que nenhuma de nós saberá responder com lucidez á pergunta que terá de morrer sem resposta clara e esclarecedora que nos interpela e nos constrange quando coloca em causa o extraordinário apelo erótico que trespassa este amontoado de pormenores fabulosos.   

Não se consegue racionalizar! Não vale a pena.

Não sabemos, nós, raparigas cultíssimas, se é a rispidez das tatuagens, a nudez dos pés aparentemente torturados pela combatividade dos sapatos, a leveza dos pequenos e inesperados apontamentos de cor que tornam bastante parisiense a aspereza do conjunto ou se apenas enlouquecemos perante a saudável e robusta imagem de um flaneur, romanticamente vadio, que nos atira, com a brutalidade que existe no que é frágil, a possibilidade de imaginarmos o que queremos.

 photo man_zps989a72a6.png


2 rabiscos

Sem imagem de perfil

De Vic a 06.06.2012 às 12:32

Ou quem sabe, se não estamos em presença de um flaneur caído em desgraça, a meio caminho de se tornar homeless...
Imagem de perfil

De Gaffe a 06.06.2012 às 13:22

Não me parece, meu querido Vic. O relógio compra, no mínimo, um T0 de luxo.

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui