Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe ao pormenor

rabiscado pela Gaffe, em 25.10.16

David Vargas by York Carmona.jpgO momento mais simpático para observarmos um homem é enquanto ele dorme, mesmo quando o faz de pé.

 

Sossegado e indefeso, podemos analisar com minúcia a testa larga e ampla, as centenas de pestanas tombadas sobre os olhos que sabemos castanhos, levemente riscados por um verde que se torna seco quando lhes toca, as sobrancelhas espessas que desenham arcos perfeitos e atraentes, o nariz recto e poderoso em que as narinas tremem levemente à medida que respira, a boca carnuda com o lábio superior insolente, o queixo quadrado e viril, a barba densa e rude a romper a pele de cetim moreno, o pescoço forte e potente onde um pêlo encravado inflamado, aureolado, esbranquiçado, nos retira à força da contemplação.

 

São as mais insignificantes imperfeições, os mais irrisórios pecadilhos físicos, que fazem oscilar e recuar a atracção que uma mulher sente por um homem por quem não está apaixonada.

Podemos ter na frente Rubén Cortada que encontraremos pela certa, na sua nudez asfixiante, a mazela insignificante no joelho, o minúsculo sinal peludo na planta do pé, o espigão rente à unha ratada ou o pêlo do nariz que avança como uma pata de um grilo, que nos vão congelar a empatia física e desactivar o íman em que se tornariam se fossem isentos destas irrelevantes incorrecções.  

 

As mulheres - ao contrário dos homens que cegam atraídos pela globalidade da paisagem feminina, - estão atentas às flores mais miudinhas, aos mais ínfimos pormenores de cor e de textura, que fazem parte do chão do corpo de um homem. Basta uma pequena dissonância para que haja uma avalanche capaz de soterrar o que se avista.

Talvez seja por isso que resistimos com maior facilidade aos apelos da carne como diria o senhor abade que de paisagens físicas conhece os arredores. Somos muito mais susceptíveis aos desencantos das miudezas e muito mais depressa desencorajadas pelo sobressalto de um pequeno lapso.    

 

O facto é auxiliar precioso quando tentamos traduzir para uma linguagem perceptível as nossas emoções. Se perdoamos a borbulha no pescoço do rapaz adormecido e se a entendemos como a mais humana forma de se ser um deus, então é tão certo como simples. O homem que adormeceu ao nosso lado é o mesmo que nos acorda o coração.

 

Na foto - David Vargas por York Carmona

 photo man_zps989a72a6.png


19 rabiscos

Imagem de perfil

De Cecília a 25.10.2016 às 10:58

o sr abade perdoaria os apelos da carne se também ele visse as fotos que aqui são publicadas...



homens que se entregam ao sono porque nos têm a seu lado: eles, sim, são os verdadeiros ( porque imperfeitos) belos adormecidos sempre à espera de salvação.
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 11:09

Achas?!
Olha que nem todos os abades preferem os meninos que venho escolhendo a catequistas "boazonas".

Depois do teu comentário, apetece ser muito religiosa e rezar imenso.
Há qualquer coisa de místico, talvez.
Imagem de perfil

De Cecília a 25.10.2016 às 12:09

se me aproximo de Deus, talvez me torne mais humana.

se me aproximo da religião, desumana me torno - com toda a certeza.


felizmente que os meninos que vens escolhendo não preferem nem abades nem catequistas boazonas... preferem mulheres - que sejam muito elas.
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 13:18

Nunca fiando.
Há meninos destes que podem surpreender.
Imagem de perfil

De Quarentona a 25.10.2016 às 13:41

Tão verdade! Só quem nos conquista o coração nos inflige tamanha miopia ;))))
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 13:53

E é tão bom, nesse caso, quase cegar!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 25.10.2016 às 19:27

Eu, mulher cheia de imperfeições, reparo muito nas dos homens. E há duas que referiu que me põe de pé atrás:

" espigão rente à unha ratada ou o pêlo do nariz que avança como uma pata de um grilo".
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 20:10

Ou nas orelhas. Odeio pêlos nas orelhas. Não consigo parar de olhar. É constrangedor.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 25.10.2016 às 20:18

Sim! Também!
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 25.10.2016 às 19:49

Com estas imagens ainda te arriscas a provocar muito AVC por esta blogosfera.

(Um dia destes fico colada ao monitor ...a babar...sujeita a apanhar um choque provocado por um curto circuito )

A propósito de homens muito feios publiquei lá no antro um post sobre um vendedor de chá perdido no fim do mundo. Vai lá espreitar. Um chá quentinho já vai caindo bem.
; )
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 20:08

Valha-me Deus...
E eu que gosto tanto de chá destes ...
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 25.10.2016 às 21:18

Então para acompanhar o chá toma lá este biscoitinho que é made in Portugal.

http://www.independentmgmt.it/Models/0-4716/andre-costa.html


(quem é amiguinha , quem é?!)

; )
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 21:23

És tu!
Indiscutivelmente tu.
;)

Reparaste que o rapagão calça 44 ... ...
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 25.10.2016 às 21:31

Não sei se acreditas mas desta vez não olhei para os pés. Distraí - me com outros...pormenores.
Jazuzzzzzz...
:)
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 21:41

É tão LINDOOOOO!
Mas sabes que não seria desagradável que tivesse um ar um bocadinho mais velho?
Uma rugita na testa, um pé-de-galinha ao canto do olho. Entregava um allure menos plastificado. Assim, é dos que usamos e emprestamos depois ... todo desfeito.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 25.10.2016 às 22:46

Dá-lhe tempo que elas (as rugas) aparecem.
Também acho um homem grisalho bem mais ...interessante.

;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 25.10.2016 às 23:16

Bastava que o rapagão aparentasse estar posicionado num patamar ligeiramente mais elevado de maturidade.
:)
Imagem de perfil

De Filipa a 26.10.2016 às 23:05

As imperfeições são sempre perdoáveis, sempre que nos tornam os dias perfeitos :D
Imagem de perfil

De Gaffe a 26.10.2016 às 23:21

Então são perfeições mascaradas.
;)

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui