Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe apertada

rabiscado pela Gaffe, em 15.07.14

O nosso primeiro estúdio! Aquele que nos faz cantarolar Aznavour:

 

 Je vous parle d'un temps
Que les moins de vingt ans ne peuvent pas connaître
Montmartre en ce temps-là accrochait ses lilas
Jusque sous nos fenêtres et si l'humble garni
Qui nous servait de nid ne payait pas de mine
C'est là qu'on s'est connu
Moi qui criait famine et toi qui posais nue

La bohème, la bohème. Ça voulait dire on est heureux.

 

Lindo e apertado. A canção é maior.

No entanto, há pequenos truques que possibilitam a ilusão de vivermos num espaço maior com a mesma vontade de se ser feliz. Eis alguns:

Usemos todos os cantos da sala!

Há espaços escondidos, não importa onde. Encontre-os e use-os a seu favor.

Faça seu apartamento parecer maior e mais luminoso, usando espelhos e cores claras.

Pendure a sua roupa e coloque estantes nas paredes. Evite armários grandes. Poupa espaço e acaba por publicitar a novíssima t-shirt Chanel que lhe levou metade do ordenado.

Crie salas diferentes, colocando, por exemplo, um armário no meio.

Faça pequenos cantos relaxantes.

Se mesmo assim lhe parece que para abrir a porta do WC tem de afastar os móveis do vizinho, é tempo de procurar um nababo do Dubai com um visto doirado entregue em mão pelo Paulo Portas.

Em alternativa, pode aceitar as horas extras e passar menos tempo dentro do cubículo.   

 photo man_zps989a72a6.png





  Pesquisar no Blog

Gui