Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe beijoqueira

rabiscado pela Gaffe, em 18.10.18

Tony Armstrong Jones - 1957.jpg

A Gaffe está exaurida.

Por todo o lado, em cada esquina, ou nos degraus das catacumbas de todas as redes sociais, brotam psicólogos, estudiosos, cientistas, investigadores, sociólogos, peritos em BDSM, taxistas, pais em pânico, professores que deixam mesmo de contar os tempos de serviço, educadores de vestes rasgadas, enfermeiros de cartaz, marias leais poliamorosas, manequins de pau para toda a obra, comentadores e comendadeiras e toda a fauna que reside em blogs, a opinar sobre se é violência, ou não, aquelas coisas pequenas beijarem os avós.

 

Meus caros, só os papás e as mamás, os nossos queridos idosos e os pedófilos gostam de beijocar a porcaria das bochechas dos miúdos. O resto da população está completamente de férias naquelas ocasiões em que se coloca a hipótese de ter um beijinho dos mais minúsculos daquela gente pequena. Se o recebem, sorriem e limpam discretamente o ranho que ficou preso na base Dior ou na barba bem cuidada, se se deparam com a recusa do pirralho, acabam a pensar que uma chapada seria bem merecida, o grande malcriado, birrento e mimado do cachopo.

Reservemo-nos para receber beijinhos cordiais de quem mais nos convém.

 

Convinha não violentar as criancinhas que são o melhor do mundo. As crianças e os pespontos perfeitos que elas conseguem fazer nas nossas carteiras Louis Vuitton.

  

Beijinhos aos pespontos.

 

Foto - Tony Armstrong Jones - 1957

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


33 rabiscos

Imagem de perfil

De amarquesademarvila a 18.10.2018 às 12:19

Eu só não limpo a base Dior porque não uso!
E sempre fui a criança birrenta que não gosta de dar beijos... ainda sou, apesar da idade!
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 13:25

Eu, pelo contrário, andava a lambuzar tudo o que se mexia (agora tenho uma "lambuzada" selectiva).
Ainda me lembro da minha pobre cadela que sofreu imenso com o meu assédio. Deus a tenha que a bicha merece de tanto sofrer.
Imagem de perfil

De amarquesademarvila a 18.10.2018 às 16:03

A cadela também lambuzo, coitada! Assim como o meu marido e filhas... mas fico-me por aqui!!! 😬 O resto da malta basta-me um aceno de mãos! Os amigos do peito, gosto de abraçar. Adoro abraços das minhas pessoas! 😁
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 16:07

Por mim, que sou uma cabra, basta um sorriso aberto dedicado aos estranhos.
Os mais íntimos são absolutamente asfixiados pelo meu entusiasmo.
:)))
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 19.10.2018 às 00:05

Eu também sou dessa casta .
Nada como limpar a cara mesmo à frente de quem ma lambuzava. Um must da boa educação. A Bobone tinha um treco. A minha mãe também teve alguns que não lhe serviram de nada.

"Alguns" anos depois , continuo a fazer o mesmo embora de forma mais discreta.
Anda uma ' ssoa a besuntar - se com as Dior desta vida para acabar tudo cheio de baba peçonhenta...blhec.

; )
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.10.2018 às 09:37

Minha querida, há umas "dior" na vida que são apenas e só baba peçonhenta. É tudo uma questão de marketing.
;)
Imagem de perfil

De Quarentona a 18.10.2018 às 12:45

Ahahahahahahahah :D
Essa dos pespontos matou-me! Realmente, tanto problema infantil para se preocuparem e resolver, mas não, os beijos é que são perigosos, traumatizam as crianças e os avós :D
Não há pachorra...
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 13:16

Temos os debates que merecemos.
Uma completa perda de tempo debater manigâncias - que podem eventualmente ter importância, mas que fazem parecer que andamos a jogar à macaca no recreio da indiferença e de uma preocupação selectiva.
Sem imagem de perfil

De Cuca, a Pirata a 18.10.2018 às 13:24

És fantástica!!!
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 13:25

"Quem diz, é quem é".
Sem imagem de perfil

De Flor a 21.10.2018 às 09:14

Eu vou mesmo a boleia da Cuca pirata para te dizer: caramba, moça, és fantástica!
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.10.2018 às 13:05

:)
Exageradas!

(Obrigada)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2018 às 13:40

Viva, ainda bem que a Gaffe continua a escrever !
Já a polémica da maria leal não soube qual foi, é o que dá achar-me superior a essas cenas e fazer tudo por tudo para ignorar o que se passa nas redes.
Bem haja pelos seus posts.

WW
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 13:47

:)
Obrigada, meu caro.

Repare que o protagonizado pela Maria Leal, não acontece apenas nas redes socais. É muito Casa dos Segredos.
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 18.10.2018 às 15:21

Gaffe, nota-se logo que tem muito jeito para crianças!
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 16:10

Ninguém tem, meu querido, ninguém tem.
Vai-se andando às apalpadelas, como diz o Cardeal.
Imagem de perfil

De Genny a 18.10.2018 às 15:38

óh caramba! Tenho que colocar uma máscara à minha filha para se afastar do avô beijoqueiro não vá a cachopa ficar traumatizada e lá se vão os pespontos perfeitos
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 16:09

Minha querida,
Os pespontos serão ainda mais perfeitos - como se tal fosse possível -, depois de um ou outro traumatismo.
Imagem de perfil

De Terminatora a 18.10.2018 às 18:49

Óh Óh

Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 20:03

Minha machadinha?
Imagem de perfil

De Terminatora a 18.10.2018 às 20:04

Não.. isso é Ha.. Ha..Ha...
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 22:16

:)
Pois é!
Nunca fui grande coisa no que diz respeito ao cancioneiro infantil.
Sem imagem de perfil

De Isa a 18.10.2018 às 18:59

Li mais esse desassunto, confesso que muito distraída pela imagem que o acompanhava - a do indivíduo que esclareceu a sociedade para o que se apresentava mesmo à frente dos nossos narizes, e nós .. nada, e suas consequências aquando das rodas curtas já em idade de fazerem mais disparates, nomeadamente o não sei quê dos telemóveis.( Lá está, distraí-me).
É que o elemento não só emanava uma aura assaz curiosa de superlativo intelecto, como é portador de um olhar inquietante ( talvez por desespero de não ter sido ouvido mais cedo), e parece que gosta de BDSM.

Um amoroso, portanto.

Mais um.
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.10.2018 às 20:01

Mais um.
A verdade é que também o ouvi mal. Apanhei partes. As moles. Tive de recuperar da surpresa de o ver ali tão convicto e tão convencido, longo cabelo ao vento, rodas marujas no olhar.
Mas dizem que é um "rapaz culto" ... BDSM. Não interessa nada, mas dá p'rós trocos no fb.

Acredito que tenha apenas sido uma terrível e infeliz forma de expressar uma teoria. Não é nova. Foi pessimamente debitada.
Imagem de perfil

De Corvo a 19.10.2018 às 10:34

Já a minha neta, a fazer quinze anos e que mora comigo desde que a mãe teve o brilhante rasgo de iluminismo de se divorciar, - pela segunda vez, - não corre o risco traumático provocado pelo avô. Não corre ela nem eu.
O que ela quer é distância e eu afastamento.
Ainda quando se aproxima mais é quando me apresenta roupa dela para passar a ferro e pedir-me para lhe fazer arroz doce. Também não se afasta muito quando tem de ir lá para os eventos dela, mas afasta-se logo de seguida quando lhe passo os vinte euritos para a mão.
Ultimamente tem havido uma proximidade maior, facilmente explicável por ter resolvido, - a exemplo da Quarentona - Dar banho àquela coisa que segundo parece também serve para fazer chamadas e receber mensagens, na água da sanita.
Daí eu pensar que tanto esforço dedicatório por parte dela merece uma recompensa, mas talvez só para o Natal porque segundo informações dela aquilo anda pelos oitocentos dele.
De resto nunca dei que se sentisse traumatizada pelo que quer que fosse.
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.10.2018 às 12:32

São os chamados "conflitos de gerações" ...
Desculpam imensa coisa.
Imagem de perfil

De Quarentona a 22.10.2018 às 15:06

Não lhe chamaria propriamente "dar banho", muito pelo contrário...
Imagem de perfil

De A-lupa-de-alguem a 19.10.2018 às 11:39

Lembro-me de quando era pequena, a minha mãe obrigava-me a dar beijinhos a toda a gente, cheguei a ter dar beijinhos a velhotas de bigode, não gostava nada. hoje em dia nunca obrigo o meu filho a dar beijinhos, é ele que sabe se dá ou não!
Mas este assunto, preenche blogues, jornais, redes sociais, noticias...
Imagem de perfil

De Gaffe a 19.10.2018 às 12:28

Exactamente.
Creio mesmo que o pobre professor - completa e barbaramente trucidado nas redes sociais - se referia a estas específicas situações (de contrário, é parvo). Foi péssima, foi quase imbecil, a forma como se expressou.

Já cansa tanta parvoeira escrita sobre o assunto. .

Comentar post


Pág. 1/2



foto do autor