Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe confidente

rabiscado pela Gaffe, em 16.01.15

D..gif

Conheço a D. há alguns anos. Com ela estabeleci uma relação de intimidade fria, distante e repleta de reservas, mas que não impede que goste muito dela, da sua exuberância, da leviandade e da ambição desmesurada que a torna tola e esgrouviada.  
Costuma encontrar-me no corredor e enfia-me num canto qualquer para me narrar as suas mais díspares e mirabolantes aventuras. De tailleur irrepreensível e cabelo espigado, a pequena D., para além de fanática por dietas e legislação, tem um filho adolescente que encontrei por duas ou três vezes pendurado na mãe a lambuzar-lhe o decote.  
Hoje pescou-me logo manhã cedo.  
- O meu filho disse-me que beijou um rapaz!  
Não gosto de confidências deste teor. Evito-as sempre que posso, porque sei que cedo ou tarde se tornam embaraçosas para os envolvidos, sobretudo para os que por inadvertência me cochicham inconfessáveis penas e lamentos.  
Procurei manter a distância do secreto e segredado beijo que descuidado, imberbe e imaturo, foi resultado apenas do que ter quinze anos faz fazer. Uma amostra, uma prova, um provar e um ensaio.  
- Claro que sim! - Resmunga a mãe. - O que me preocupou imenso foi o lugar onde o beijo aconteceu. É lá lugar para tal?!
Quero saber. Não fosse encontrar gente nos recantos que são meus.  
- No cemitério!

 
Agora entendo as lápides partidas.

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


2 rabiscos

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 17.01.2015 às 20:28

que raio de sítio para um beijo...
Imagem de perfil

De Gaffe a 18.01.2015 às 13:34

Depende muito das campas...
:)

Comentar post




Por força maior, os V. comentários podem ficar sem resposta imediata. Grata pela Vossa presença.


  Pesquisar no Blog